Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17062
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Psicologia escolar e deficiência mental: um olhar bioecológico sobre a inclusão
metadata.dc.creator: Amazonas, Mariângela Mello Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Dechichi, Claudia
metadata.dc.contributor.referee1: Vectore, Celia
metadata.dc.contributor.referee2: Neves, Marisa Maria Brito da Justa
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve como objetivo compreender aspectos da prática profissional de psicólogos escolares e sua relação com o processo de inclusão escolar da pessoa com deficiência mental, adotando como referencial teórico a Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano, tendo também por apoio aspectos da perspectiva crítica em Psicologia Escolar. O trabalho inicia-se por revisão teórica sobre a história da Psicologia Escolar no Brasil, a concepção histórica da deficiência mental no Brasil, aspectos da história da educação da pessoa com deficiência e sobre a atuação do psicólogo escolar em relação ao atendimento da pessoa com deficiência mental. Em seguida apresenta os resultados do estudo desenvolvido dentro de uma abordagem qualitativa de investigação científica, envolvendo a participação de sete psicólogas escolares que atuam ou atuaram com crianças com deficiência mental em escolas regulares e em escolas especiais de uma cidade de médio porte de Minas Gerais. Foram realizadas entrevistas reflexivas individuais semi-estruturadas com as psicólogas através de roteiro pré-estabelecido. As entrevistas foram submetidas à análise categorial de acordo com a Grounded Theory. Através de um olhar bioecológico, analisamos e discutimos a pesquisa, compreendendo o psicólogo escolar e a criança com deficiência mental inseridos em uma sociedade complexa, estruturada através de inter-relações dinâmicas dentro de um processo sócio-histórico-cultural. O trabalho encontra diversas conclusões relativas às concepções e práticas das profissionais entrevistadas acerca da inserção escolar da pessoa com deficiência mental, destacando-se que, em primeiro lugar, ainda existe uma considerável dificuldade na compreensão do papel do psicólogo escolar dentro da instituição escolar, tanto por parte dos profissionais da escola, como pelas próprias psicólogas; segundo, é possível constatar que existe uma individualização no atendimento realizado, marcado pela carência de inter-relação entre as ações implementadas, circunscritas a determinados espaços e isoladas em relação a sua abrangência, comprometendo a ocorrência de uma inserção ecológica adequada para o aluno; terceiro, a prática das profissionais corrobora a postura integracionista e excludente da escola regular, quando legitimam uma intervenção psicológica norteada pela ênfase na adequação do aluno às expectativas de um sistema oficial de ensino, o qual é sustentado por uma ideologia educacional baseada em uma compreensão médica do fenômeno da deficiência mental.
Abstract: This research aimed to investigate issues related to scholar psychologists' professional practices and its relationship to the process of mental deficient person scholar inclusion. As a theoretical reference, it is adopted the Human Development Bioecological Theory, also having support on aspects of the critical perspective on Scholar Psychology. The study starts with a theoretical review on Scholar Psychology history in Brazil, the historical conceptions on mental deficiency in Brazil, some issues on the education of the deficient person, and on the scholar psychologist action related to the attendance of mental deficient person. Next, we presented the results of our research, developed within a qualitative approach to scientific investigation, involving the participation of seven scholar psychologists that work or have worked on mental deficient children in regular schools and/or in special schools in a mid size city in Minas Gerais state. Reflexive semi-structured individual interviews with the psychologists were carried out by means of a pre-established guide. The interviews were submitted to a category analyzes according to the Grounded Theory. By means of a bioecological view, the research was analyzed and discussed having in mind the scholar psychologist and the child bearing mental deficiency as parts of a complex society, structures through dynamic inter-relations within a socio-historical-cultural process. The research reached several conclusions, related to the interviewed professionals concepts and practices concerning the mental deficient person scholar insertion, remarkably that: first, there is still a considerable difficulty in making it clear the role of the psychologist within the scholar institution, both by the school s professionals and the psychologists themselves; second, it is possible to realize that the attendance performed had an individualized feature, marked by a lack of inter-relation between the actions done, restricted to given spaces and isolated in its width, affecting the possibility for an adequate ecological insertion of the student; third, the interviewed professionals practices confirm the integrationist and excluding position of the regular school, as they legitimate a psychological intervention driven by an emphasis on the student adaptation to the expectations of the educational official system, which is supported by an educational ideology based on a medical conception of the mental deficiency phenomenon.
Keywords: Psicologia aplicada
Psicologia escolar
Inclusão em educação
Deficientes mentais
Psicólogo escolar
Inclusão
Deficiência mental
Scholar psychologists
Inclusion
Mental deficiency
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citation: AMAZONAS, Mariângela Mello Pereira. Psicologia escolar e deficiência mental: um olhar bioecológico sobre a inclusão. 2008. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17062
Issue Date: 12-Oct-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mariangela.pdf825.07 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.