Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17012
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Neoplasias epiteliais de glândulas salivares em crianças e adolescentes: estudo retrospectivo da casuística do Instituto Nacional do Câncer no período de 1996 a 2006
Author: Elneser, Nadim Elneser
First Advisor: Loyola, Adriano Mota
First member of the Committee: Lima, Roberto Rego Monteiro de Araujo
Second member of the Committee: Cardoso, Sergio Vitorino
Summary: Dados sobre epidemiologia, comportamento biológico e tratamento dos tumores de glândulas salivares em crianças e adolescentes têm sido descritos na literatura. Todavia, a experiência relatada ainda é pequena, em função da raridade destas lesões. Muitos dos estudos referidos restringem-se a relatos isolados de casos. Paralelamente, informações sobre a experiência brasileira com estas lesões ainda é bastante precária. Neste sentido, objetivamos no presente trabalho estudar uma série de casos de neoplasias epiteliais de glândulas salivares proveniente do Instituto Nacional de Câncer-INCA/MS-RJ, órgão de referência para estudos epidemiológicos, diagnóstico e tratamento do câncer no Brasil. Para tanto, foi levantada uma amostra de neoplasias acometendo pacientes em idade pediátrica e hebiátrica (0 a 18 anos) no intervalo de 10 anos (julho de 1996 a junho de 2006). Foram estudados os dados sócio-demográficos dos pacientes, clínico-patológico, tratamento, seguimento dos pacientes e prognóstico das lesões. Para todos os casos as informações foram coletadas a partir dos registros dos prontuários médicos, laudos histopatológicos e laudos por imagem obtidos dentro e fora do INCA. Um total de 42 casos foi encontrado entre 1127 casos de neoplasias de glândulas salivares registrados no INCA. Destes, 21 (50%) representavam tumores benignos e 21 (50%) malignos. O sexo feminino foi prevalente, com uma proporção F:M de 1,8:1. A maioria dos casos ocorreu na glândula parótida (57,2%). Os tumores benignos e malignos mais freqüentes foram, respectivamente, adenomas pleomórficos (50,0% da amostra total) e carcinomas mucoepidermóides (38,1%). Um maior número de lesões benignas acometeu glândulas maiores (55,9%). Para glândulas menores, prevaleceram as lesões malignas (75,0%). Além disso, a idade pediátrica apresentou-se com maior risco de desenvolver neoplasias malignas quando comparado aos adolescentes. A maioria dos tumores manifestou-se clinicamente como nódulos assintomáticos (71,4%). Não houve diferenças significativas no tempo de evolução entre as lesões benignas e malignas quando foram consideradas a sintomatologia, dimensão e localização dos tumores. O tempo de seguimento variou de dois a 40 meses. Neste período, recidivas foram observadas em dois adenomas pleomórficos (9,5%) e dois carcinomas mucoepidermóides (9,5%); um carcinoma adenóide cístico (4,8%) produziu metástases pulmonares. Parestesia e paralisia representaram as intercorrências pós-cirúrgicas mais freqüentes entre os tumores benignos e malignos, respectivamente. A Síndrome de Frey foi vista apenas nos pacientes com lesões malignas. Dos achados, concluímos que as neoplasias de glândulas salivares em crianças e adolescentes são raras, manifestando-se como nódulos assintomáticos preferencialmente em glândulas maiores e em pacientes do sexo feminino. Há maior probabilidade de ocorrência de doenças malignas neste grupo etário, tornando-se marcante na idade pediátrica e em glândulas menores. O AP e o CME foram as lesões mais freqüentes. Nas faixas etárias estudadas, as recidivas e metástases foram incomuns. Nenhum paciente foi a óbito durante o período de observação, o que está associado ao prognóstico mais favorável para as lesões nesta faixa etária.
Abstract: The biological behavior of salivary gland neoplasms in children and adolescents has motivated many scientific investigations in other countries. However, there is a relative lack of information on these cases in Brazil. The aim of the present work was to describe demographic, clinical and therapeutic data of the pediatric and hebiatric patients with salivary gland tumors from the Brazilian National Institute of Cancer (INCA), the governmental reference for malignant neoplasms in the country. All of the benign and malignant salivary gland epithelial neoplasms registered in the digital database of the Pathology Department of INCA throughout 1996 to 2006 were retrieved, resulting in an initial sample of 1127 cases. Then, those proceeding from patients under 18-years-old were submitted to histopathological review according to the new WHO criteria for diagnostic confirmation and classification. Information regarding sex, ethnic background and age of the patient, as well as size, evolution, staging, site, histological diagnosis and treatment of the lesion was recovered from their medical files. Forty-two patients diagnosed in the pediatric age were found, resulting in an overall frequency of 3.7% from the entire sample. There were 21 benign (50% of the pediatric cohort) and 21 malignant lesions (50%). Female patients were prevalent, in a proportion of 1.7:1 with male subjects. The majority of the cases were found in the parotid gland (25 cases, 59.5%), followed by the submandibular (9, 26.8%) and minor salivary glands (8, 19.5%). The prevalent benign and malignant tumors were pleomorphic adenoma (21 samples, 51.2% of the pediatric group) and mucoepidermoid carcinoma (16 cases, 36.5%), the fallow up goes from two to 91 months. In conclusion, very few salivary gland neoplasms were found in children and adolescents. The major salivary glands are most affected in these cases. Patients in the second decade of life are more frequently affected, but there is a noteworthy prevalence of malignant lesions in the first decade. Pleomorphic adenoma was the most common lesion, and mucoepidermoid carcinoma was the most frequent malignancy. Surgery was the main therapeutic procedure employed in this population. No recurrences or deaths were observed, suggesting a favorable prognosis for epithelial salivary gland neoplasms in children and adolescents.
Keywords: Crianças e adolescentes
Aspectos clínicos
Adenoma pleomórfico
Carcinoma mucoepidermoide
Glândulas salivares - Tumores
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Quote: ELNESER, Nadim Elneser. Neoplasias epiteliais de glândulas salivares em crianças e adolescentes: estudo retrospectivo da casuística do Instituto Nacional do Câncer no período de 1996 a 2006. 2007. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17012
Date of defense: 2-Mar-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NEElneserDISSPRT.pdf589 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.