Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17011
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Influência da técnica restauradora na distribuição de tensões, resistência à fratura e deformação de cúspides de pré-molares tratados endodonticamente
metadata.dc.creator: Soares, Paulo Vinicius
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Carlos José
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Araújo, Cleudmar Amaral de
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Gomide, Henner Alberto
metadata.dc.contributor.referee1: Paulillo, Luis Alexandre Maffei Sartini
metadata.dc.contributor.referee2: Quagliatto, Paulo Sérgio
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho teve por objetivo avaliar a resistência à fratura, deformação de cúspide e distribuição de tensões de pré-molares superiores humanos tratados endodonticamente, com preparos cavitários para restaurações diretas e indiretas restaurados com amálgama, resina composta, resina laboratorial e cerâmica, e ainda correlacionar os resultados destas três metodologias. Foram selecionados 70 pré-molares superiores humanos hígidos com dimensões semelhantes, que foram inseridos em resina de poliestireno, simulando o ligamento periodontal. Os dentes receberam tratamento endodôntico e foram divididos aleatoriamente em 7 grupos (n=10): H (controle) dentes hígidos; PD - dentes com preparo tipo mesio-ocluso-distal (MOD) para restaurações diretas; PI - dentes com preparo tipo MOD para restaurações indiretas; AM - dentes com preparos MOD, restaurados com amálgama; RCD - dentes com preparos MOD, restaurados com resina composta; RCI - dentes com preparos MOD restaurados com resina laboratorial; CE - dentes com preparos MOD restaurados com cerâmica reforçada. Os corpos-de-prova foram submetidos a carregamento axial de compressão em máquina de ensaio mecânico com velocidade de 0,5 mm/minuto até a fratura. O padrão de fratura foi classificado em 4 tipos. Os dados de resistência à fratura foram obtidos em Kgf, submetidos à análise de variância empregando ANOVA e teste de Tukey (p<0,05). Para o ensaio de extensometria, 21 dentes a serem empregados no estudo de resistência à fratura com padrão dimensional médio das amostras foram selecionados (n=3). Dois extensômetros foram fixados paralelos ao longo eixo do dente nas faces vestibular e lingual do dente e as amostras foram submetidas a carregamento axial de compressão contínuo até 150N em velocidade de 0,5 mm/minuto. Foram obtidos valores de microdeformação (&#956;S) da cúspide vestibular, lingual e de forma cumulativa. Os dados obtidos com aplicação máxima de 150N para análise da associação da cúspide vestibular e palatina submetidos à análise de variância e teste de Dunnet (p<0,05). Para análise pelo método de elementos finitos foram gerados 7 modelos numéricos correspondentes a cada grupo experimental que foram analisados em software Ansys 7.1, empregando critério de von Mises para análise da distribuição de tensões. Os valores de resistência a fratura foram: H- 114,7 ± 23,60A; RCD- 94,3 ± 20,61B; RCI- 93,0 ± 18,40B; CE- 78,7 ±13,11C; AM- 41,5 ± 16,38D; PD- 38,7 ± 15,11D; PI- 22,9 ± 14,21E. Os valores de resistência de microdeformação foram: PI-636,20A; PD- 529,87A; AM- 462,72; RCI- 144,99B; RCD- 102,01B; H- 59,15B e CE- 56,74B. A análise por elementos finitos, mostrou que a remoção de estrutura dental e o tipo de material restaurador alteraram o padrão de distribuição de tensões dos modelos numéricos. Pode-se concluir que dentes com menor remoção de estrutura e presença de restaurações adesiva apresentaram maiores valores de resistência à fratura. O padrão de fratura dos dentes com restaurações em resina indireta, em amálgama e não-restaurados foram fraturas catastróficas; no entanto, dentes hígidos e restaurados com cerâmica apresentaram padrão de fratura menos severos. O tipo de preparo e material restaurador influencia diretamente na deformação de cúspides e distribuição de tensões. As restaurações adesivas apresentaram maior similaridade com o comportamento biomecânico dos dentes hígidos, reforçando a estrutura dental, enquanto que as restaurações em amálgama apresentaram comportamento mais similar aos dentes não restaurados.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the fracture resistance, cuspal deformation and stress distribution of endodontically treated maxillary premolar, with direct and indirect MOD preparation and restored with amalgam, composite resin, laboratorial resin and ceramic, and to correlate these methodologies. Seventy human maxillary premolar with similar dimensions were selected and insert in polystyrene resin, simulating the periodontal ligament. The teeth received endodontic treatment and were divided in 7 groups (n=10): H - (control) sound teeth; PD - teeth with preparation mesio-ocluso-distal type (MOD) for direct restorations; PI - teeth with MOD preparation for indirect restorations; AM - teeth with MOD preparation, restored with amalgam; RCD - teeth with MOD preparation, restored with composite resin; RCI - teeth with MOD preparation restored with laboratorial resin; CE - teeth with MOD preparation restored with ceramics. The mechanical test had been submitted the axial of compression-load at 0.5mm/minute until the fracture. The fracture patterns was classified in 4 types. The data of fracture resistance was obtained in Kgf, submitted to the analysis of variance using one-way ANOVA and Tukey´s test (p<0.05). For the cuspal deformation test, 21 teeth used in previous study of resistance to the fracture with average dimensional standard of the samples had been selected (n=3). Two strain gauges were fixed parallel to the long axis of the tooth on the face buccal and palatine of the tooth. The mechanical test had been submitted the axial of compression at 0.5mm/minute continuous until 150N. Data obtained with maximum application of 150N for analysis of the association of buccal and palatine cusp submitted to the variance analysis and test of Dunnet (p<0.05). For analysis for the finite element method, 7 corresponding numerical models had been generated 2D that had been analyzed in software Ansys 7,1; using criterion of von Mises for analysis of the distribution of tensions. Fracture resistance values were: H- 114,7 ± 23,60A; RCD- 94,3 ± 20,61B; RCI- 93,0 ± 18,40B; CE- 78,7 ±13,11C; AM- 41,5 ± 16,38D; PD- 38,7 ± 15,11D; PI- 22,9 ± 14,21E. Cusp deformation results were: PI-636,20A; PD- 529,87A; AM- 462,72; RCI- 144,99B; RCD- 102,01B; H- 59,15B e CE- 56,74B. Finite elements analysis showed that the removal of structure and the type of restorative materials had modified the standard of distribution of tensions of the numerical models. Teeth with loss removal of structure and presence of adhesive restorations presented high values of fracture resistance, teeth with indirect resin restorations, amalgam and non-restored they presented catastrophic type of fracture; however, sound and restored teeth with ceramics presented less severe fracture. The type of preparation and restorative material directly influences in the cuspal deformation and stress distribution. The adhesive restorations had presented greater similarity with the biomechanic behavior of sound teeth, strengthening the dental structure, while that the amalgam restorations had presented more similar behavior to teeth nonrestored.
Keywords: Resistência à fratura
Elementos finitos
Extensometria
Pré-molares
Técnica restauradora
Biomecânica
Obturações (Odontologia)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: SOARES, Paulo Vinicius. Influência da técnica restauradora na distribuição de tensões, resistência à fratura e deformação de cúspides de pré-molares tratados endodonticamente. 2006. 130 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/17011
Issue Date: 5-Jan-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PVSoaresDISSPRT.pdf2.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.