Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16988
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Síntese, caracterização de nanopartículas de óxido de zinco e avaliação histológica de sua biocompatibilidade por meio de implantes intra-ósseos em cobaias Guinea-Pig
metadata.dc.creator: Oliveira, Mariana Carneiro Pereira de
metadata.dc.contributor.advisor1: Sousa, Cássio José Alves de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Dantas, Noelio Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Carlos José
metadata.dc.contributor.referee2: Sousa Neto, Manoel Damiao de
metadata.dc.description.resumo: As investigações a cerca da nanotecnologia e o desenvolvimento de novos materiais para aplicações diversas é fato comprovado pela literatura. Verificase ainda, nos dias atuais, a falta de consenso entre os pesquisadores sobre qual o material ideal para ser utilizado como obturador endodôntico. Assim, o presente trabalho realizou a síntese, caracterização e a avaliação histológica de nanocristais de óxido de zinco, por meio de testes biológicos, segundo critérios estabelecidos pela Federação Dentária Internacional. A composição química e o grau de pureza do material foram verificados por meio de espectroscopia Micro-Raman (Raman) e sua estrutura espacial, fase e tamanho médio por meio da difratograma de raios X (DRX). Os nanocristais de óxido de zinco foram obtidos através da transformação do complexo tetraminzinco em um pó de coloração branca de óxido de zinco, em pH 8,5 a 800 C. Este pó, provavelmente amorfo, foi mantido à temperaturas elevadas de 5000C por duas horas objetivando a sua cristalização. Foram utilizadas 10 cobaias ( Guinea Pig ) divididas em períodos experimentais de 30 e 90 dias. Foram realizados dois implantes intra-ósseos em cada animal, na região entre a sínfise mandibular e dentes incisivos. Para acondicionar os materiais testados, foram utilizados copos de Teflon, tendo suas laterais como controle. Decorridos os períodos experimentais, os animais foram sacrificados e os espécimes preparados para o exame histológico de rotina. Após analise pelo espectro Micro-Raman e o difratograma de Raio X visualizamos que os nanocristais de óxido de zinco apresentaram-se com um tamanho médio de 21nm, estrutura hexagonal, não sendo observada a presença de impurezas ou outros compostos misturados. A reação tecidual aos nanocristais de Óxido de Zinco apresentou-se predominantemente de intensidade ausente/suave, caracterizando o material como biocompatível no modelo teste, segundo os protocolos da FDI e ANSI/ADA.
Abstract: Investigations about nanotechnology and the development of new materials for various applications is the fact evidenced by literature. There is, today, the lack of consensus among researchers about what the ideal material to be used as endodontic filling. Thus, the present study evaluated the synthesis, characterization and histological evaluation of zinc oxide nanocrystals through biological tests, according to criteria established by the International Dental Federation. The chemical composition and purity of the material were verified by Micro-Raman spectroscopy (Raman) and their spatial structure, phase and average of the particle size by X-ray diffraction (XRD). Ten guinea pigs (\"Guinea Pig\"), divided into experimental periods of 30 and 90 days, were used. Two intra-osseous implants were performed in each animal in the region between the mandibular symphysis, and incisors. To pack the materials tested, Teflon cups were used with their side as a control. After the experimental periods, animals were sacrificed and specimens were prepared for the routine histological examination. The nanocrystals of zinc oxide presented with a size of 21nm, hexagonal structure, not observed the presence of impurities. Tissue reaction to zinc oxide nanocrystals showed predominantly absent/mild intensity, characterized the material as biocompatible in the model test, according to the protocols of the FDI and ANSI/ADA.
Keywords: Biocompatibilidade
Endodontia
Nanocristais de óxido de zinco
Nanobiotecnologia
Biocompatibility
Endodontics
Zinc oxide nanocrystals
Nanobiotechnology
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: OLIVEIRA, Mariana Carneiro Pereira de. Síntese, caracterização de nanopartículas de óxido de zinco e avaliação histológica de sua biocompatibilidade por meio de implantes intra-ósseos em cobaias Guinea-Pig. 2011. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16988
Issue Date: 20-Jul-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SinteseCaracterizacaoNanoparticulas.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.