Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16981
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Influência do tipo de contato oclusal, técnica restauradora e ciclagem mecânica em pré-molares superiores com lesões cervicais não cariosas
Author: Machado, Alexandre Coelho
First Advisor: Soares, Paulo Vinicius
First member of the Committee: Soares, Carlos José
Second member of the Committee: Pordeus, Isabela Almeida
Summary: As lesões cervicais não cariosas (LCNCs) são descritas como a perda de tecido dentário próximo à junção amelo cementária (JAC). A variação do local e da incidência das forças oclusais promovidas por contatos promovem diferença no padrão de tensão e deformação próximo desta região. O procedimento restaurador das LCNCs é parte do manejo destas lesões, entretanto, não existe protocolo estabelecido sobre qual técnica restauradora é a mais indicada. O objetivo deste estudo é analisar o efeito de diferentes carregamentos oclusais, do envelhecimento mecânico e da técnica restauradora de LCNCs no padrão de distribuição de tensão e deformação de pré-molares superiores. O estudo foi conduzido utilizando o método de elementos finitos 3D (MEF) e teste de extensometria. Quatorze modelos tridimensionais elásticos foram gerados, com propriedades ortotrópicas e isotrópicas: Hígido (HI), Lesão cervical não cariosa não restaurada (NR), LCNC restaurada com ionômero de vidro (IV), LCNC restaurada com resina fluida (RF) LCNC restaurada com resina composta (RC), LCNC restaurada com dissilicato de lítio (DL); e LCNC restaurada com núcleo de preenchimento em resina composta e fragmento cerâmico de 0,05mm de dissilicato de lítio (RC+DL). Carregamento compressivo de 150N foi aplicado, sendo: axial (CA) e outro a 45º ao longo eixo do dente na vertente triturante da cúspide palatina (CO). A restrição de deslocamento foi realizada na base e lateral de osso cortical e medular. Para o teste de extensometria, dois extensômetros foram colados: o primeiro 2 mm acima da JAC; e o segundo 2mm abaixo da JAC. 30 amostras hígidas foram submetidas em uma máquina de ensaio mecânico, sendo carregadas conforme no MEF. Em seguida, foi realizada a fadiga mecânica destas amostras (200 000 ciclos de 50N, a 2 Hertz). Ao final do envelhecimento, as amostras hígidas eram novamente submetidas ao teste de extensometria. Em seguida, nestas mesmas amostras, simulou-se com ponta diamantada #3118 LCNC com dimensão de 2,5 mm de abertura e profundidade. Os grupos amostrais foram preparados conforme executado no método de elementos finitos (n=5) e realizada a mensuração da deformação previamente e posteriormente à segunda etapa do envelhecimento mecânico (200 000 ciclos de 50N, a 2 Hertz). Como resultado, para Von Mises, o modelo NR associado com carga oblíqua apresentou maiores valores de tensão. Em relação ao material restaurador, RC e RC+DL apresentaram comportamento biomecânico similar ao modelo Hígido. Para o critério de Tensão Máxima Principal, IV e RF apresentaram maior acumulo de tensão de tração ao fundo da lesão; enquanto DL apresentou tensão de compressão na parede gengival para CA. Analisando a deformação, o carregamento oblíquo após a fadiga apresentou elevado valores no material. RC e RC+DL mostraram valores próximos ao do hígido. Ao analisar os resultados do extensômetro radicular, após a restauração, IV apresentou maior deformação para o carregamento axial. Os resultados da deformação adquiridos por MEF e pelo teste de extensometria foram equivalentes para ambas às regiões. Este estudo permite concluir que a técnica restauradora com resina composta ou núcleo de preenchimento em resina composta combinado com fragmento cerâmico promoveu comportamento biomecânico similar ao hígido.
Abstract: A non-carious cervical lesion (NCCL) is the loss of dental structure on cementum-enamel junction (CEJ) cervical region caused by stress, biocorrosion and attrition. The variation of occlusal loads promotes different stress and strain pattern on CEJ. The NCCL restorative process is part of management of the lesion; however, there is no fixed restorative protocol. The propose of this study was evaluate the effect of occlusal loading direction, cyclic load aging and the restorative technique of the NCCL on stress distribution and strain pattern in maxillary. The investigation was conducted by using 3D finite element analysis (FEA) and strain-gauge test. Fourteen 3D-FEA, orthotropic/isotropic and elastic models were generated: Sound tooth (SO), Non-carious cervical lesions not restored (NR), Glass ionomer (GI), Flowable resin (FR), Composite Resin (CR), Lithium disilicate (LD) and Composite resin core + 0,5mm Lithium disilicate (CR+LD). A compressive static load of 150N was applied: axially (AL) and 45° angle to the long axis on the palatine cusp (OL). The displacement was conducet on the base and the lateral of cortical an medular bone. For the Strain gauge test, two strain gauges were bonded in teeth: 2mm above the enamel/cementum junction and the ohter 2mm under the enamel/cementum juntciton. 30 sound samples were submitted in a mechanical testing machine, being load as the FEA. After that, the mechanical fatigue of these samples was performed (200 to 000 cycles 50N, 2 Hz). At the end of aging, sound teeth samples were retested by the strain gauge test. Then, on these same samples were simulated a NCCL with dimensions of 2.5 mm width and depth with # 3118 burn. The sample groups were prepared as implemented in the finite element analysis (n = 5) and made the measurement of strain prior and posterior to the second stage of mechanical aging (200 000 cycles of 50N, 2 Hertz). The specimens were mounted in a mechanical testing machine and submitted to mechanical load (200 000 cycles, 50N). After the aging, the specimens were again submitted to the strain gauge test. As result, Equivalent Stress (Von Mises) showed that the NCCL associated with oblique loading presented higher stress values. For both loads, CR and CR+LD showed biomechanical behavior closer to SO. For Maximum Principal Criteria, GI and FR presented higher tensile stress on the bootton of the lesion; and DL showed compressive stress on gingival wall. For strain gauge test, OL after the fatigue showed the highest strain values on the materials. CR and CR+DL presented the strain pattern closer to SO. The results of the strain obtained by FEA and the strain gauge test were equivalent for both regions. Analyzing the strain gauge on dentin, after restored, just GI showed higher strain for axial load. It can be conclude that CR and CR+LD promoted similar biomechanical behavior compared to SO; and AL concentrate lower stress and strain than oblique load.
Keywords: Lesões cervicais não cariosas
Elementos finitos
Materiais Restauradores
Fadiga mecânica
Teste de extensometria
Cyclic Load
Finite elements analysis
Non-carious cervical lesions
Restorative Materials
Strain-gauge test
Oclusão (Odontologia)
Extensômetro
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Quote: MACHADO, Alexandre Coelho. Influência do tipo de contato oclusal, técnica restauradora e ciclagem mecânica em pré-molares superiores com lesões cervicais não cariosas. 2014. 110 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16981
Date of defense: 19-Mar-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InfluenciaTipoContato.pdf3.8 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
InfluenciaTipoContato_Ficha.pdf9.56 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.