Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16977
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise progressiva da deformação e temperatura na superfície radicular geradas durante tratamento endodôntico e reabilitação de caninos superiores
metadata.dc.creator: Amade, Euridsse Sulemane
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Carlos José
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Simamoto, Veridiana Resende Novais
metadata.dc.contributor.referee1: Fernandes Neto, Alfredo Júlio
metadata.dc.contributor.referee2: Sousa Neto, Manoel Damiao de
metadata.dc.description.resumo: Em dentes desvitalizados, há frequentemente falta de preocupação dos profissionais em relação ao potencial deletério da transmissão de calor e deformação na dentina, ligamento periodontal e osso alveolar gerado pela terapia endodôntica e reabilitação com retentores intra-radiculares. O objetivo deste estudo in vitro foi investigar de forma progressiva a deformação e a variação de temperatura geradas durante a realização do tratamento endodôntico e reabilitação com diferentes tipos de retentores intra-radiculares. Para esta análise experimental, vinte e um caninos superiores foram selecionados e divididos em 3 grupos experimentais (n = 7), de acordo com os três tipos de retentores em estudo: PFV, pré-fabricado reforçado com fibra de vidro; NMF, Núcleo metálico fundido em liga de NiCr; MET, retentor pré-fabricado metálico rosqueável. Todos os dentes foram seccionados de modo que permanecesse um remanescente radicular de 17,0 mm de comprimento. As amostras sofreram determinado preparo para permitir a fixação de 2 extensômetros na superfície distal e 2 termopares tipo J na superfície mesial da raiz em 2 regiões distintas: 2,0 mm (região cervical) e 10,0 mm (região apical) abaixo do limite cervical. As amostras foram fixadas em aparato desenhado especificamente para este estudo, possibilitando a mensuração, em tempo real, da deformação e da variação da temperatura durante os seguintes procedimentos: (1) Instrumentação; (2) Irrigação final e secagem; (3) Obturação; (4) Alívio imediato; (5) Preparo do espaço para retentor; (6) Moldagem para NMF; (7) Prova dos retentores; (8) Cimentação adesiva; (9) Fotoativação do cimento. Os valores de deformação foram primeiramente submetidos à Análise de variância fatorial 2-way ANOVA (3X2) seguido pelo teste Tukey HSD (=0,05) e novamente submetidos à Análise de variância fatorial One-Way ANOVA seguido pelo teste Tukey HSD (=0,05). A obturação do canal radicular resultou em valores significativamente altos de deformação na região cervical e o preparo do espaço para retentor na região apical. O intervalo da variação de temperatura alcançada durante o preparo do espaço para retentor foi à alteração mais alarmante (4,0 14,9°C), acima do nível crítico (10°C), mesmo na presença de constante irrigação. A deformação apical produzida nesta mesma etapa foi a maior em todo o processo de reabilitação avaliado: 473,9; 438,1; e 313,0 μS para os grupos PFV, NMF e MET respectivamente. A fotoativação resultou em variação de temperatura na região apical em todos os grupos experimentais, porém seus valores foram abaixo do nível crítico. Pode-se concluir que a maioria dos procedimentos avaliados apresentaram valores baixos de aumento de temperatura e deformação em ambas as regiões cervical e apical, exceto a obturação, o alívio imediato, o preparo do espaço para retentor e a fotoativação do cimento resinoso. O pino metálico pré-fabricado resultou em maiores valores de deformação durante as etapas de prova e cimentação do retentor. O preparo do espaço para retentor constitui etapa crítica e precauções devem ser tomadas para evitar danos mecânicos e biológicos ao dente e as estruturas de suporte adjacentes.
Abstract: In root filled teeth, the lake of knowledge about potential deleterious of temperature rise and amount of strain generated during endodontic treatment and posterior rehabilitation with different types of intra-radicular posts is common. The produced heat and strain is dissipated on dentin structure, periodontal ligament and alveolar bone. The aim of this in vitro study was to investigate the effects of endodontic treatment and different post systems rehabilitation on the strain and temperature rise in two different root dentin regions. For this experimental investigation, twenty one extracted human canines teeth were sectioned 17 mm from their apex and divided into three groups (n = 7): cast post-and-core, fiber glass post and prefabricated steel post. All teeth were prepared for strain-gage and temperature rise measurement, attaching two strain gages on distal and two thermocouples on mesial root surfaces 2 mm and 10 mm from the crown cervical region. The samples were fixed in a specific apparatus developed for this study and strain and temperature rise were recorded during the following procedures: (1) root canal preparation, (2) Final rinse and drying, (3) obturation process, (4) canal relief, (5) post-space preparation, (6) Post modeling, (7) post trying, and (8) Resin cement curing process (9) Resin cement light curing process. Data were analyzed by oneway to compare both study factors among different procedures and two-way analysis of variance to compare post systems and root region, followed by the Tukey s HSD test ( = 0.05). Obturation process resulted in significantly higher strain values on cervical root region and the post-space preparation on the apical root region. The temperature rise reached in post-space preparation procedure was the most dangerous alteration (4.0 14.9°C), exceeding the critical values (10°C) even with water irrigation. The apical deformation produced in post-space preparation was the highest of the entire rehabilitation process: 473.9, 438.1 and 313.0 μS for fiber glass post, cast post and core and prefabricated steel post respectively. The resin cement light-curing resulted in significantly higher temperature on cervical region for all groups. Within the limitations of this study the following conclusions could be drawn: most evaluated procedures produced low temperature rise and strain values on cervical and apical root surface region, except obturation process, canal relief, post-space preparation and resin cement light-curing phase. Prefabricated steel post, inserted actively, resulted in high strain during the post trying and post cementation. Post-space preparation is a critical procedure and cautions must be taken to improve damage to the surrounding tissues.
Keywords: Tratamento endodôntico
Temperatura
Deformação
Extensometria
Retentores intra-radiculares
Root filled teeth
Temperature
Deformation
Strain gauge test
Intraradicular posts
Endodontia - Tratamento
Trautatismo dentário
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: AMADE, Euridsse Sulemane. Análise progressiva da deformação e temperatura na superfície radicular geradas durante tratamento endodôntico e reabilitação de caninos superiores. 2011. 138 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16977
Issue Date: 21-Dec-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseProgressivaDeformacao.pdf4.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.