Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16973
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação comparativa da relação cabeça da mandíbula/fossa mandibular em indivíduos assintomáticos e sintomáticos, nas posições de relação cêntrica e máxima intercuspidação, por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico
metadata.dc.creator: Lelis, Éverton Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes Neto, Alfredo Júlio
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Almeida, Guilherme de Araújo
metadata.dc.contributor.referee1: Prado, Célio Jesus do
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Maria Alves Garcia Santos
metadata.dc.description.resumo: Este estudo teve por objetivo comparar a relação cabeça da mandíbula/fossa mandibular em indivíduos assintomáticos e sintomáticos em posições de relação cêntrica (RC) e máxima intercuspidação (MI), por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). Quarenta voluntários jovens (18 a 25 anos) participaram do estudo, compondo um grupo de vinte indivíduos assintomáticos e um grupo de vinte indivíduos de sintomáticos, de acordo com o instrumento critérios de diagnóstico para pesquisa das disfunções temporomandibulares - RDC/TMD. Cada participante foi submetido a duas tomografias, uma tomografia em MI e outra em RC. As medidas dos espaços articulares foram realizadas em cortes lateral e frontal das articulações temporomandibulares, e os dados coletados foram analisados estatisticamente por meio do teste U de Mann-Whitney ao nível de 5% de significância. Para os grupos assintomáticos e sintomáticos, não houve diferenças estatisticamente significantes entre RC e MI. Além disso, não houve diferenças estatisticamente significantes quando comparadas as medições do grupo assintomáticos com o sintomáticos, em posições de MI e RC. A comparação dos espaços articulares entre lados direito e esquerdo dos indivíduos também não apresentou diferenças significantes, tanto para MI quanto para RC. Considerando a metodologia utilizada e as características da amostra, foi possível verificar discrepâncias de pequena magnitude na maioria das mensurações, porém não foram estatisticamente significantes intra e inter-grupos.
Abstract: This study quantitatively evaluated the discrepancies in the condyle/mandibular fossa relationship between centric relation (CR) and maximum intercuspation (MI) in symptomatic and asymptomatic subjects using cone-beam computed tomography (CBCT). Fourty young volunteers (aged 18 to 25 years) were distributed equally into symptomatic and asymptomatic groups according to the research diagnostic criteria for temporomandibular disorders (RDC/TMD). They were submitted to one tomographic scan in MI and one in CR. Measurements were performed on lateral and frontal cuts of the patients temporomandibular joints, and the data collected were compared using Mann Whitney U test at a significance level of 5%. For symptomatic and asymptomatic groups, there were no statistically significant differences between CR and MI measurements. Also, there were no significant differences in the correspondent measurements, when compared between symptomatic and asymptomatic groups, for both mandibular positions. The comparison between left and right sides of subjects also showed no significant differences in both positions (MI, CR). The measurements in young subjects with practically intact dentitions using cone-beam computed tomography did not demonstrate differences between centric relation and maximum intercuspation, independently of the group. The comparison between condylar position of symptomatic and asymptomatic subjects were also similar. Considering the methodology used and the characteristics of the sample, very small discrepancies were found in most measurements, and were not statistically significant intra and intergroups.
Keywords: Oclusão
Articulação temporomandibular
Disfunção termporomandibular
Tomografia computadorizada volumétrica
Occlusion
Temporomandobular dijorder
Cone beam computed tomography
Temporomandibular joint
Odontologia - Tomografia Computadorizada Volumétrica
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: LELIS, éverton Ribeiro. Avaliação comparativa da relação cabeça da mandíbula/fossa mandibular em indivíduos assintomáticos e sintomáticos, nas posições de relação cêntrica e máxima intercuspidação, por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico. 2012. 158 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16973
Issue Date: 28-Feb-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Everton Ribeiro.pdf2.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.