Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16970
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Diferentes cimentos e retentores intrarradiculares na distribuição de tensões frente à simulação de ensaio de tração universal de coroas unitárias: análise tridimensional por elementos finitos
metadata.dc.creator: Queiroz, Cristhiane Leão de
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos Filho, Paulo César de Freitas
metadata.dc.contributor.referee1: Noritomi, Pedro Yoshito
metadata.dc.contributor.referee2: Barreto, Bruno de Castro Ferreira
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar os diferentes cimentos e retentores intrarradiculares na distribuição de tensões frente à simulação de ensaio de tração universal de coroas unitárias por meio de análise 3D por elementos finitos. Um incisivo central superior hígido foi digitalizado em um scanner de contato 3D (Modela, Roland) e os arquivos do tipo *.stl foram exportados para o programa CAD Rhinoceros-3D. Obteve-se o modelo 3D do dente hígido, a partir do qual foi feita a simplificação da coroa e construído, na incisal desta, um dispositivo de tração no formato de um disco. Além disso, foram gerados 12 modelos restaurados de acordo com os fatores em estudo: pino de fibra de vidro (PFV), núcleo moldado e fundido (NMF), coroa cerâmica (CC), coroa metálica (CM), Rely X ARC (ARC), Rely X U100 (U100) e fosfato de zinco (FZ). Os modelos foram exportados, a partir de arquivos *.step, para o programa de elementos finitos (ANSYS Workbench 14.0), no qual inseriu-se as propriedades mecânicas e definiu-se a malha e as condições de contorno. Foi simulada a aplicação de uma força de tração no valor de 800 N perpendicular à superfície inferior do dispositivo da incisal e no longo eixo do dente. Os resultados foram analisados pelo critério de tensão máxima principal. Concluiu-se que nos modelos com NMF, houve concentração de tensões na CM e no NMF, enquanto que naqueles restaurados com CC, concentraram tensões prioritariamente na coroa. Além disso, quanto aos cimentos em modelos com NMF, foi possível observar maior concentração de tensões de tração na interface incisal entre a coroa e a porção extrarradicular e na interface cervical entre a coroa e a dentina radicular. O ARC apresentou menor concentração de tensões de tração nessas regiões comparada ao U100 e FZ. Para modelos com NMF e ARC, a concentração de tensões de tração na interface incisal entre a coroa e a porção extrarradicular foi maior para CM do que para CC. Entre os modelos com PFV, houve semelhança na distribuição de tensões.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the different luting agents and posts on the stresses distribution according to universal tensile test simulation of crowns using finite element three dimensional analysis. A sound maxillary central incisor were scanned using a three dimensional contact scanner (Modela, Roland) and the *.stl files were exported to CAD Rhinoceros-3D software. It was obtained the three dimensional sound model, from this it was simplified the crown and constructed a tensile disk device on incisal. Moreover, 12 restored models were generated according to studied factors: fiberglass post (FGP), cast post and core (CPC), ceramic crown (CC), metal crown (MC), Rely X ARC (ARC), Rely X Unicem (Unicem) and zinc phosphate (ZP). The models were exported using *.step files, to finite element analysis software (ANSYS Workbench 14.0) to perform the mechanical properties insertion, meshing and boundary conditions appliance. An 800 N load was applied under of the disk device area, along the tooth axis. The results were analyzed via maximum principal stress. It was concluded that in CPC models, there was stress concentration in MC and CPC, whereas in models restored with CC, stress concentrated priority in the crown. Furthermore, according to all luting agent, there was higher tensile stress concentration in incisal interface between crown and core and cervical interface between crown and dentin root. ARC presented lower tensile stress concentration in these regions than Unicem and ZP. The tensile stress concentration in incisal interface between crown and core was higher for MC than CC, in models with CPC and ARC. There was similar stress distribution between models with FGP.
Keywords: Materiais dentários
Análise tridimensional por elementos finitos
Distribuição de tensões
Simulação de tração de coroas
Cimentos
Retentores intrarradiculares
Finite element three dimensional analysis
Stress distribution
Crowns tensile test simulation
Luting agents
Posts
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: QUEIROZ, Cristhiane Leão de. Diferentes cimentos e retentores intrarradiculares na distribuição de tensões frente à simulação de ensaio de tração universal de coroas unitárias: análise tridimensional por elementos finitos. 2013. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16970
Issue Date: 27-Feb-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cristhiane Leao.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.