Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16948
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeito da anodização com CaP em superfícies de titânio sobre a resposta de osteoblastos
metadata.dc.creator: Oliveira, Natássia Cristina Martins
metadata.dc.contributor.advisor1: Dechichi, Paula
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Moura, Camilla Christian Gomes
metadata.dc.contributor.referee1: Souza, Maria Aparecida de
metadata.dc.contributor.referee2: Crema, Virgínia Oliveira
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo foi investigar a influência da anodização com incorporação de CaP em superfícies de titânio no processo de osteogênese in vitro. Para tanto, osteoblastos humanos da linhagem hFOB 1.19 foram plaqueados sobre discos de titânio comercialmente puro (8x4 mm) com três tratamentos de superfície (n=21 discos/grupo): usinado (Screw®), ataque ácido (Porous®) e anodizado com incorporação de CaP (Vulcano®). Após 3, 7 e 14 dias de cultura, os seguintes parâmetros foram avaliados: viabilidade celular (MTT); expressão dos genes Runx2, fosfatase alcalina (ALP) e sialoproteína óssea (BSP) (RT-PCR em tempo real); e dosagem dos fatores de crescimento BMP-2 e TGF-&#946;1 (ELISA). A associação entre a secreção de fatores de crescimento e a expressão de Runx2, bem como entre a expressão deste fator de transcrição com a expressão de ALP/BSP também foi avaliada. Os resultados referentes à viabilidade celular mostraram um maior número de células viáveis para as superfícies rugosas, especialmente para Porous e Vulcano aos 7 dias (p=0,005) e para Porous aos 14 dias (p<0,001). A expressão dos genes Runx2, ALP e BSP foi significativa para todas as superfícies aos 7 dias (p<0,05), mas com maior indução para Porous e Vulcano. Independente do tipo de superfície, uma forte correlação positiva foi observada entre as expressões de Runx2 e ALP/BSP (p<0,0001). A secreção dos fatores de crescimento não foi significativamente afetada pelo tratamento de superfície em nenhum tempo experimental (p>0,05). Vulcano modulou significativamente a correlação entre a secreção de TGF-&#946;1 e a expressão de Runx2 (p<0,05), o que não ocorreu para BMP-2 nem para as outras superfícies avaliadas. A incorporação de CaP favoreceu os parâmetros biológicos avaliados no período de 7 dias, mas de maneira similar às superfícies que sofreram apenas ataque ácido. Os resultados do presente estudo suportam as observações de que a rugosidade pode ter um papel mais importante na determinação da resposta celular do que a composição da superfície.
Abstract: The aim of this study was to investigate the influence of anodization with CaP incorporation on titanium surfaces in the process of osteogenesis in vitro. For this, human fetal osteoblasts (hFOB 1.19) were seeded over commercially pure titanium disks (8x4 mm) with three surface treatments (n= 21 disks/group): machined (Screw®), acid etching (Porous®) and anodized with calcium phosphate (CaP) incorporation (Vulcano®). After 3, 7 and 14 days of culture, the following parameters were evaluated: cell viability (MTT); gene expression of Runx2, alkaline phosphatase (ALP) and bone sialoprotein (BSP) (Real time RT-PCR); and quantification of BMP-2 e TGF-&#946;1 (ELISA). The association between growth factors secretion and Runx2 expression, as well as between this transcription factor with ALP/BSP expressions was also evaluated. Results concerning cell viability showed a greater number of viable cells for rough surfaces, especially for Porous and Vulcano at 7 days (p=0.005) and for Porous at 14 days (p<0.001). There were significant differences regarding gene expression of Runx2, ALP and BSP for all surfaces at 7 days (p<0.05), but with greater fold induction for Porous and Vulcano. Regardless of the surface treatment, a strong positive correlation was observed between Runx2 and ALP/BSP expressions (p<0.0001). Growth factors secretion was not significantly affected by surface treatment in any experimental period (p> 0.05). Vulcano modulated significantly the correlation between the TGF-&#946;1 secretion and Runx2 expression (p<0.05), which did not happen for BMP-2 or for other surfaces studied. The CaP incorporation favored the biological parameters evaluated at 7 days, but in a manner similar to the acid etched surfaces. The results presented here support the observations that surface roughness may play a more important role in determining cellular response than surface composition does.
Keywords: Osteoblastos
Superfícies de implante
Expressão gênica
Fatores de crescimento
Osseointegração
Osteoblast
Implant surface
Gene expression
Growth factors
Osseointegration
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: OLIVEIRA, Natássia Cristina Martins. Efeito da anodização com CaP em superfícies de titânio sobre a resposta de osteoblastos. 2012. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16948
Issue Date: 27-Feb-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.