Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16886
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeitos da radioterapia na microestrutura do osso cortical : avaliação histológica em coelhos
metadata.dc.creator: Rabelo, Gustavo Davi
metadata.dc.contributor.advisor1: Dechichi, Paula
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Beletti, Marcelo Emílio
metadata.dc.contributor.referee1: Travençolo, Bruno Augusto Nassif
metadata.dc.description.resumo: A radioterapia representa um recurso bem estabelecido para o tratamento do câncer de cabeça e pescoço, no entanto, nessa região, afeta diretamente o osso, que é submetido a altas doses de radiação durante o tratamento. O tecido ósseo quando irradiado apresenta alterações importantes em sua morfologia e constituição. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radioterapia no tecido ósseo cortical de tíbia, quantificando matriz óssea e lacunas de osteócitos vazias, além de analisar a microestrutura da rede de canais ósseos. No estudo, foram utilizados 14 coelhos fêmeas, separados em dois grupos iguais: Controle e Teste. O grupo teste recebeu dose única de 15 Gy de radiação cobalto-60 na região da tíbia, bilateralmente. Após 75 dias, os animais foram sacrificados e segmentos de 1 cm da tíbia foram removidos, fixados em formol 10%, desmineralizados em EDTA e processados para inclusão em parafina. Os cortes foram corados em HE e as imagens histológicas foram digitalizadas. As imagens foram analisadas por algoritmos desenvolvidos em ambiente de programação SCILAB. Utilizando o método de segmentação interativa obteve-se a porcentagem de matriz óssea, área e perímetro dos canais ósseos e lacunaridade. Para obtenção da porcentagem de osteócitos e lacunas vazias utilizou-se o método de contagem de elementos. Os resultados mostraram diferença estatística significante na porcentagem de matriz óssea (p=0.0003) entre o grupo não irradiado (96.71%) e irradiado (94.25%). Também, houve diferença significante nas médias da área (p=0.0173) e perímetro (p=0.0437) dos canais, e seus respectivos desviospadrão (Área p=0.0072 e Perímetro p=0.0039). A lacunaridade também apresentou diferença significante (p=0.014), entre os grupos não irradiado (16.48) e irradiado (13.80). Não houve diferença estatística significante na porcentagem de lacunas vazias (p=0.3177). De acordo com os resultados pode-se concluir que a radioterapia provoca redução da matriz óssea e altera a arquitetura da rede de canais ósseos, tornando-a mais heterogênea e menos organizada.
Abstract: Radiotherapy is a well established treatment resource for head and neck cancer, however, can directly affect the bone, which receive high doses of radiation during treatment. The bone tissue when irradiated shows important alterations in their morphology and constitution. The aim of this study was evaluate the effects of radiotherapy in cortical bone of tibia, with quantification of bone matrix and empty osteocytes lacunae, also, with analysis of bone microstructure. Fourteen female rabbits were used, divided into two equal groups: Control and Test. The test group received single dose of 15 Gy cobalt-60 radiation in tibia, bilaterally. After 75 days the animals were sacrificed and 1 cm segment of the tibia were removed, fixed in 10% formalin, decalcified in EDTA and processed for embedding in paraffin. The sections were stained with HE and histologic images were digitized. Images were analyzed through developed algorithms, using SCILAB mathematical environment. Using interactive segmentation was obtained the percentage of bone matrix, area and perimeter of the bone channels and lacunarity. For the percentage of osteocytes and empty lacunae, we used the method of elements counting. The results showed significant difference in percentage of bone by area (p = 0.0003) between the control (96.71%) and irradiated (94.25%) groups. Also, there was significant difference in area (p = 0.0173) and perimeter (p = 0.0437) of the channels and their respective standard deviations (area and perimeter p = 0.0072 p = 0.0039). The lacunarity also showed significant difference (p = 0.014) among the control (16.48) and irradiated (13.80) groups. There was no significant difference in percentage of empty osteocyte lacunae (p = 0.3177). According to results of this study, the radiotherapy causes reduction of bone matrix and modifies the architecture of bone channels network, making it more heterogeneous and less organized.
Keywords: Osso
Lacunaridade
Bone
Radiotherapy
Lacunarity
Radioterapia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: RABELO, Gustavo Davi. Efeitos da radioterapia na microestrutura do osso cortical : avaliação histológica em coelhos. 2009. 41 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16886
Issue Date: 19-Jun-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis.pdf319.66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.