Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16875
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação da força máxima no limite de escoamento do implante cônico interno (3,5mm) comparado aos implantes hexágono externo regular e estreito
metadata.dc.creator: Dietrich, Lia
metadata.dc.contributor.advisor1: Neves, Flávio Domingues das
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Araújo, Cleudmar Amaral de
metadata.dc.contributor.referee1: Mota, Adérito Soares da
metadata.dc.contributor.referee2: Sartori, Ivete Aparecida de Mattias
metadata.dc.description.resumo: O propósito desse trabalho foi comparar a força máxima no limite de escoamento (Fle) do implante cone morse de 3,3 mm em condição que simula reabsorção óssea acentuada e em condições de normalidade e ainda comparar a Fle de implantes cone morse com implantes hexágonos externo regular e estreito, em condições simulando reabsorção óssea acentuada. Quatro grupos de implantes cilíndricos (n=10) foram utilizados nesse trabalho: HER, junção hexagonal externa e regular (3,75 mm diâmetro); HEE, junção hexagonal externo e estreito (3,3 mm); CM1, junção cônica interna (3,5 mm); sendo que nesses três grupos os implantes foram inseridos com uma exposição de 4 mm até a plataforma; e no grupo CM2, junção cônica interna (3,5 mm), o implante foi inserido totalmente no dispositivo, simulando o posicionamento preconizado pelo fabricante. A força máxima foi avaliada por meio do ensaio de flexão, com força aplicada perpendicular ao longo do eixo do implante, em maquina de ensaio mecânico. A partir dos gráficos gerados foi determinada a força (N) correspondente ao limite de escoamento (Fle). Os dados analisados estatisticamente empregando Análise de Variância de valor único e teste de Tuhey s B (P<0,05) mostram que os grupos HER e CM1 apresentam Fle estatisticamente maiores que HEE, e que o grupo CM2 apresentou Fle estatisticamente maior que CM1. O menos diâmetro do sistema cone morse não resultou na redução da Fle em relação ao implante hexagonal externo regular, porém a redução de 0,45 mm no diâmetro dos implantes com conexão hexagonal externa reduziu significativamente a Fle. O aumento da exposição do implante cone morse resultou em redução significativa da Fle.
Keywords: Avaliação da força máxima
Limite do escoamento do implante cônico interno (3,5mm)
Implantes hexágono externo regular e estreito
Implantes dentários
Prótese dentária
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: DIETRICH, Lia. Avaliação da força máxima no limite de escoamento do implante cônico interno (3,5mm) comparado aos implantes hexágono externo regular e estreito. 2008. 106 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16875
Issue Date: 28-Feb-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
aLia.pdf2.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.