Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16873
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeito da altura do remanescente coronário, do tipo de reconstrução interna e do tipo de coroa restauradora na deformação e resistência à fratura de dentes anteriores tratados endodonticamente
metadata.dc.creator: Silva, Natércia Rezende da
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Carlos José
metadata.dc.contributor.referee1: Neves, Flávio Domingues das
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Luís Roberto Marcondes
metadata.dc.description.resumo: A restauração de dentes tratados endodonticamente é importante aspecto na prática odontológica e envolve inúmeras opções de tratamento com complexidade variáveis. O objetivo deste estudo foi avaliar a deformação, resistência e padrão de fratura de dentes anteriores tratados endodonticamente em função do tipo de reconstrução corono-radicular e da presença de férola, restaurados com coroas metálicas e cerâmicas reforçadas com alumina. 180 raízes de incisivos bovinos foram tratadas endodonticamente, divididas em 2 grupos (n=90) e preparadas com férola (Fe) e sem férola (NFe). Cada grupo foi subdividido em 3 subgrupos (n=30). Os dentes foram reconstruídos com núcleo metálico fundido em NiCr (NMF); pino de fibra de vidro cônico liso (PFv) e preenchimento coronário com resina composta e pino de fibra de vidro associado a reforço coronário de fibra de vidro(PFvRc). Metade das amostras (n=15) de cada subgrupo foi restaurada com coroas metálicas (Cm) e metade restaurada com cerâmica aluminizada (Cc). Teste de carga estática compressiva foi realizado em 5 espécimes até a carga de 100N para mensurar a deformação radicular nas superfícies vestibular e proximal seguido de carregamento contínuo até a falha (trinca sem fratura completa) em todos os espécimes. Os dados foram analisados usando ANOVA em 3 níveis e teste de Tukey (p=0.05) O padrão de fratura foi classificado em 5 categorias, baseado no grau de dano à estrutura dentária e procedimento restaurador. A análise estatística demonstrou que a resistência à fratura e a deformação vestibular e proximal são influenciadas pelos fatores e suas interações. O fator férola não influenciou significativamente os valores de resistência à fratura e deformação vestibular para os grupos Cc independente da reconstrução corono-radicular. A Cm associada a Fe resulta em deformação estatisticamente inferior e maior resistência à fratura que NFe, independente do tipo de sistema de reconstrução corono-radicular. NMF demonstrou significativamente menor deformação que PFv e PFvRc quando empregado coroa metálica. Na presença de férola, o sistema de reconstrução coronoradicular não refletiu em diferença significante de comportamento biomecânico independente do tipo de coroa. Os grupos FeCm produziram fraturas que envolveram o terço coronário e médio da raiz, por outro lado nos grupos NFeCm predominou fraturas que envolveram o núcleo de preenchimento e terço coronário da raiz. Os grupos Cc não apresentaram variação no padrão de fratura. O comportamento biomecânico de dentes anteriores tratados endodonticamente restaurados com Cc independe do tipo de reconstrução corono-radicular. A presença da férola melhora o comportamento mecânico dos dentes restaurados com Cm independente do tipo de reconstrução radicular. Na ausência da férula a interação do NMF com Cm resultou em melhor desempenho biomecânico.
Abstract: The endodontically treated teeth restoration is important aspect in dental practice and involves many treatment options with varying complexity. The aim of this study was to evaluate the strain, fracture resistance and failure mode of endodontically treated teeth depending of the post and core type, the ferrule presence, restored with metallic or ceramics reinforced with alumina crowns. 180 bovine incisors root were endodontically treated, divided into 2 groups (n = 90), prepared with ferrule (Fe) and without ferrule (NFe). Each group was divided into 3 subgroups (n = 30). The teeth were reconstructed with NiCr cast post and core (MFN); glass fiber post tapered smooth (PFv) and composite resin core and glass fiber post associated with fiber glass reforcore (PFvRc). Half of the samples (n = 15) of each subgroup has been restored with metallic crowns (Cm) and the other half restored with alumina ceramic (Cc). Compressive static load test was performed in 5 specimens to the load of 100N to measure the strain on the buccal and mesial root surfaces followed by continuous loading to failure (crack without complete fracture) in all specimens. Data were analyzed using 3 way-ANOVA and Tukey test (p =. 05). The failure mode was classified into 5 categories, based on the degree of damage to the structure and dental restorative procedure. Statistical analysis showed that the fracture resistance and buccal and proximal strain are influenced by factors and their interactions. The ferrule factor did not significantly influence the values of fracture resistance and buccal strain for groups Cc independent of the post and core reconstruction. The Cm associated with Fe results in significantly lower strain and higher fracture resistance that to NFe, regardless of the type of system post and core reconstruction. NMF showed significantly lower strain that PFv and PFvRc when employed metallic crown. In the ferrule presence, the post and core reconstruction system did not reflect in a significant difference in biomechanical behaviour independent of the crown type. The FeCm groups produced fractures involving the radicular coronary and medial third on other hand in NFeCm groups predominated fractures involving the core and radicular coronary third. The Cc groups have similar failure mode distribution. The biomechanical behavior of endodontically treated teeth restored with Cc independent of the post and core reconstruction type. The ferrule presence improves the mechanical behavior of the teeth restored with Cm independent of the post and core reconstruction type. In the ferrule absence the interaction of MFN with Cm resulted in better biomechanical performance.
Keywords: Altura do remanescente coronário
Tipos de reconstrução interna e de coroa restauradora
Deformação e resistência à fratura
Dentes anteriores tratados endodonticamente
Height of the remaining coronary
Type of internal reconstruction and of crown restoration
Deformation and fracture resistance
Endodontically treated anterior teeth
Materiais dentários
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: SILVA, Natércia Rezende da. Efeito da altura do remanescente coronário, do tipo de reconstrução interna e do tipo de coroa restauradora na deformação e resistência à fratura de dentes anteriores tratados endodonticamente. 2008. 98 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16873
Issue Date: 7-Feb-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
aNatercia.pdf6.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.