Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16849
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Influência do tipo de material de moldagem e do tempo para vazamento do molde na estabilidade dimensional dos modelos de gesso
metadata.dc.creator: Gonçalves, Fabiana Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Mota, Adérito Soares da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Soares, Carlos José
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Marlete Ribeiro da
metadata.dc.contributor.referee2: Lopes, Lawrence Gonzaga
metadata.dc.description.resumo: O aumento no tempo decorrido entre o ato de moldagem e o vazamento do molde nos moldes de elastômeros pode ser causa de alterações dimensionais dos modelos de trabalho, com consequente má adaptação das restaurações protéticas. Este trabalho se propôs a avaliar, in-vitro , a influência de diferentes materiais elastoméricos e do tempo decorrido para vazamento do molde na alteração dimensional linear dos modelos, por meio de um método que simula as condições encontradas na prática clínica. Quatro materiais elastoméricos, polissulfeto (Permlastic), poliéter (Impregum F), silicone por condensação (Zetaplus/Oranwash) e silicone por adição (Adsil), foram utilizados para reproduzir um modelo do arco superior humano, onde 1 molar e 1 pré-molar receberam preparos cavitários para confecção de prótese fixa. Foram estabelecidos 6 pontos de referência em cada dente e a partir desses pontos analisadas 4 distâncias: mésio/distal (MD), vestíbulo/palatina (VP), cérvico/oclusal (CO) do pré-molar e, distância interpilar (Int) entre a distal do pré-molar e mesial do molar. Foram obtidos 120 moldes (n=10) pela técnica de reembasamento, armazenados pelos tempos de 30min, 2h e 12h e vazados com gesso tipo IV. As medidas nos modelos foram avaliadas por três examinadores em microscópio comparador. Os dados obtidos para as distâncias VP, CO e Int foram submetidos à análise de variância fatorial (4x3) e teste de Tukey. Já os dados obtidos para a distância MD foram submetidos aos testes não paramétricos Kruskal-Wallis e teste de Dunn. Para todos os testes foi utilizado o nível de confiança 5% (a=.05). A interação material x tempo de armazenagem apresentou-se estatisticamente significante (p<0.05) para as distâncias VP e CO. Quando avaliados para o mesmo tempo, os materiais apresentaram alterações dimensionais estatisticamente significantes entre si. O tempo de armazenamento do molde influenciou na fidelidade dimensional dos modelos. Os diferentes materiais apresentaram diferentes comportamentos dimensionais quando avaliados em um mesmo período de tempo. O tempo decorrido entre a moldagem e a obtenção do modelo de gesso não deve ser negligenciado pelo cirurgião dentista.
Abstract: A delay in pouring elastomeric impressions may be the cause of cast dimensional alterations, resulting in a bad adaptation of the restorative prosthetic. This study aims to evaluate, in-vitro , the influence of differents elastomeric materials and the time passed to pour the cast on its dimensional alteration, by means of a method which simulates the conditions found in the clinical practice. Four elastomers, polysulphide (Permlastic), polyether (Impregum F), condensantion silicone (Zetaplus/Oranwash) and addition silicone (Adsil), were used to reproduce an upper cast in which a molar and premolar were previously prepared to receive a fixed prosthesis. Six reference points were stablished on each tooth and four distances between these points were analysed: mesiodistal (MD), vestibulopalatine (VP), cevicoocclusal (CO) premolar and interdental (Int) distance, between the distal of the premolar and the mesial of the molar. Were obtained 120 impressions (n=10) by the relining technique, stored for 30min, 2h and 12h and poured with type IV gypsum. The measurements were evaluated by three examiners by using a measuring microscope. The data obtained for the VP, CO and Int distances were subjected to variance analysis (4x3) and Tukey test. The data obtained for the MD distance were subjected to non-parametric tests Kuskal-Wallis and Dunn. For all the tests, a 5% reliance level was used. The interaction material x storage time was statistically significant (p<0.05) for the VP and /co distances. When evaluated for the same time, the materials showed statistically significant dimensional alterations between themselves. The time gone between the impression and the cast pouring influenced on its dimensional accuracy. The various materials presented different dimensional behaviours when evaluated at the same period of time. The time gone between the impression and the cast pouring mustn t be neglected by the dentist.
Keywords: Materiais de moldagem
Elastômeros
Alteração dimensional
Impression materials
Elastomers
Dimensional alteration
Materiais dentários
Moldagem dentária
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: GONÇALVES, Fabiana Santos. Influência do tipo de material de moldagem e do tempo para vazamento do molde na estabilidade dimensional dos modelos de gesso. 2008. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16849
Issue Date: 20-Feb-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fabiana S.pdf3.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.