Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16830
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Instalação de coroas implantadas distais para modificação da classificação de pacientes classe I para classe III de Kennedy
metadata.dc.creator: Zancopé, Karla
metadata.dc.contributor.advisor1: Neves, Flávio Domingues das
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Carlos José
metadata.dc.contributor.referee2: Davi, Letícia Resende
metadata.dc.contributor.referee3: Riesco, Marta Gonzalez
metadata.dc.contributor.referee4: Bernardes, Sérgio Rocha
metadata.dc.description.resumo: A perda de elementos dentários causa desarmonia no aparelho estomatognático, principalmente quando essas perdas ocorrem bilateralmente na região posterior da mandíbula. Para esses casos, as Próteses Parciais Removíveis de Extremidade Livre (PPREL) são as mais amplamente utilizadas, uma vez que possuem baixo custo de execução e não necessitam de procedimentos cirúrgicos para sua realização. Contudo, esse tipo de prótese é a que possui pior prognóstico, uma vez que durante a mastigação ocorre movimento de intrusão da prótese em direção ao rebordo e ao assoalho de boca, com consequente reabsorção óssea e perda da estabilidade e suporte da prótese. Para resolver essa questão, desde o início dos anos 90 é proposto a colocação de um implante na região mais posterior possível da mandíbula para servir como anteparo à PPREL. Porém, a literatura não descreve qual seria o melhor intermediário a ser utilizado; tampouco qual é o impacto do tratamento proposto para o dente pilar da PPREL. O objetivo desse trabalho foi avaliar o impacto da instalação de implante distal para suportar ou reter PPREL em pacientes classe I de Kennedy. Primeiramente, foi realizada revisão sistemática sobre o assunto, para avaliar a literatura recente. Em seguida, foi realizado estudo empregando Fotoelasticidade de Transmissão Plana para avaliar distribuição de tensões ao redor do dente pilar e implante para compreender a influência do tipo de conexão do implante (interna ou externa) e do tipo de dispositivo sobre implante (coroa ou attachment) para suportar uma PPR. Finalmente, avaliou-se a distribuição de tensões, por meio de Análise de Elementos Finitos, ao redor do dente e de diferentes tamanhos de implante distal para suportar uma PPREL associado a coroa metálica sobre implante. De acordo com os resultados obtidos no presente estudo, pode-se concluir que esta possibilidade de tratamento pode gerar benefícios para a satisfação dos pacientes, melhorando a capacidade mastigatória, sem danos para a taxa de sobrevivência dos implantes. Coroas metálicas associadas a implantes do tipo cone Morse demonstraram melhor comportamento biomecânico. De acordo com aanálise de elementos finitos, neste tipo de prótese, um menor comprimento do implante utilizado para modificar a classificação do paciente classe I de Kennedy para classe III não alterou o gradiente de tensões. Há falta de estudos clínicos sobre o uso de implantes distais associados a PPR, considerando a taxa de sobrevivência dos dentes pilares.
Abstract: The teeth loss causes disharmony in the stomatognathic system, especially when it occurs bilaterally in the posterior mandible. In these cases, free-end removable partial dentures (FERPD) are the most widely used, because it has low cost and do not require any surgical procedures. However, this type of prosthesis have the worst prognosis, since there is an intrusion movement of the FERPD into the ridge and mouth floor that occurs during mastication. To solve this problem, since the early 90\'s it has been proposed the insertion of an implant in the extreme posterior region of the mandible serving as a stop for the FERPD. However, the literature review does not describe what is the best abutment recommended in this case; nor what is the impact of the treatment proposed for the RPD abutment tooth. The aim of this study was to evaluate the impact of the placement of distal implants to support or retain a FERPD in Kennedy class I patients. First, a systematic review on the subject was performed to evaluate the recent literature. Second, a photoelastic study to evaluate patterns of stress distribution around the implant and abutment tooth to analyze the influence of the implant connection type (internal or external) and the prosthetic implant device (crown or attachment) to support a RPD. Finally, the stress distribution were evaluated around the abutment tooth and in different sizes of implants to support a FERPD associated with a metallic crown, using the Finit Element Analysis. According to the results obtained in the present study, it was concluded that the analyzed treatment benefits the patients satisfaction and chewing ability, without decreasing the survival rate of implants; metallic crowns associated with Morse taper implants demonstrated better biomechanical behavior. Shorter length of the implant did not alter the patern of stress. There is still a lack of clinical studies on the use of distal implants associated with a FERPD, considering the survival rate of the abutment teeth.
Keywords: Prótese parcial removível
Implantes dentários
Biomecânica
Removable partial dentures
Dental implants
Biomechanics
Prótese dentária parcial removível
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Citation: ZANCOPÉ, Karla. Instalação de coroas implantadas distais para modificação da classificação de pacientes classe I para classe III de Kennedy. 2014. 62 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16830
Issue Date: 21-Jul-2014
Appears in Collections:TESE - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InstalacaoCoroasImplantadas.pdf645.71 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.