Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16665
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Infecções hospitalares por Enterobacteriaceae produtora de β-lactamase de amplo espectro (ESBL): ocorrência e preditores de mortalidade em um hospital universitário mineiro
metadata.dc.creator: Moreira, Ana Paula Amâncio
metadata.dc.contributor.advisor1: Gontijo Filho, Paulo Pinto
metadata.dc.contributor.referee1: Bonetti, Valéria
metadata.dc.contributor.referee2: Montelli, Augusto Cezar
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A emergência de bactérias resistentes aos antibióticos na etiologia de infecções é mais expressiva em hospitais de países em desenvolvimento, devido à falta de recursos humanos e financeiros, inexistência frequente de diagnóstico microbiológico resultando em terapia antimicrobiana empírica inadequada. Objetivos: Avaliar a ocorrência de infecções hospitalares por amostras de Enterobacteriaceae produtoras de ESBL entre aquelas resistentes às cefalosporinas de terceira geração, bem como identificar preditores de mortalidade hospitalar entre esses pacientes. Material e Métodos: Foi realizado um estudo de coorte prospectivo para analisar os preditores de mortalidade em pacientes com infecções hospitalares por amostras de Enterobacteriaceae produtoras de ESBL, internados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), no período de junho de 2009 a março de 2010. A vigilância epidemiológica ativa foi realizada por visitas regulares ao laboratório do HC-UFU para detecção de amostras resistentes às cefalosporinas de terceira geração, produtoras ou não de ESBL. A identificação das amostras, o teste de susceptibilidade aos antimicrobianos e o teste fenotípico de ESBL foram realizados através do sistema automatizado Vitek® 2. Os dados demográficos, clínicos e os demais fatores de risco foram obtidos dos prontuários dos pacientes e avaliados por análises estatísticas uni e multivariada. A curva de sobrevivência foi preparada usando a estimativa de Kaplan-Meier para comparar a mortalidade hospitalar (30 dias) nos grupos ESBL e não ESBL. A investigação foi aprovada pelo comitê de ética da UFU. Resultados: No total, foram detectados 184 (10,3%) pacientes com infecção hospitalar por Enterobacteriaceae resistente às cefalosporinas de terceira geração, na sua maioria (65,2%) causadas por amostras produtoras de ESBL, pertencentes às espécies K. pneumoniae (67,5%) e E. coli (31,6%). As infecções mais frequentes por essas bactérias foram as do trato urinário (39,1%) e corrente sanguínea (31,6%) e a taxa de mortalidade hospitalar foi significativamente maior no grupo ESBL. Os fatores prognósticos independentes para a mortalidade hospitalar foram: neoplasia (OR 7,86 IC 95% 2,25-27,49, P = 0,001) e tratamento antimicrobiano empírico inadequado (OR 2,92, IC 95% 1,13-7,52, P = 0,02). Conclusões: As infecções hospitalares por amostras de Enterobacteriaceae resistentes à cefalosporinas de terceira geração neste hospital são endêmicas, representados na sua maioria por amostras de K. pneumoniae e E. coli produtoras de ESBL. Neoplasia e terapia antimicrobiana empírica inadequada foram fatores prognósticos independentes para a mortalidade hospitalar. No total, a mortalidade observada nesse grupo foi alta e significativamente maior do que o grupo não ESBL.
Abstract: Introduction: The emergence of resistant bacteria in the etiology of infections in hospitals is more significant in developing countries due to lack of human and financial resources, lack of microbiological diagnosis resulting in inadequate empirical antimicrobial therapy. Objectives: This study aimed to evaluate the occurrence of nosocomial infections ESBL-producing Enterobacteriaceae among third-generation cephalosporin-resistant isolates and to identify predictors of hospital mortality among these patients. Methods: We conducted a prospective cohort study to analyze predictors of mortality in patients with nosocomial infections by ESBL-producing Enterobacteriaceae from June 2009 to March 2010 at Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). The active surveillance was carried out by regular visits to the laboratory of HC-UFU for detection of third generation cephalosporins resistant, ESBL-producing or non ESBL-producing. The identification of samples, antibiotic susceptibility test and ESBL phenotypic test were performed using the automated system Vitek ® 2. Demographic and clinical data and other risk factors were obtained from patient charts and evaluated by univariate and multivariate statistical analysis. Survival curves were prepared using Kaplan-Meier estimation to compare the hospital mortality (30 days) between ESBL and non-ESBL infections. The study was approved by the Ethics Committee. Results: Overall, 184 (10.3%) patients were diagnosed with nosocomial infection by third generation cephalosporin resistant Enterobacteriaceae, mostly (65.2%) caused by ESBL producing strains, belonging to the species K. pneumoniae (67.5%) and E. coli (31.6%). The most frequent infections with these microorganisms were the urinary tract (39.1%) and bloodstream (31.6%) and hospital mortality rate was significantly higher in the ESBL group. Variables that independently predict death by multivariate analysis consist of malignancies (OR 7.86; 95% CI 2.25-27.49; P= 0.001) and inappropriate empirical therapy (OR 2.92; 95% CI 1.13-7.52; P= 0.02). Conclusion: Hospital infections by third generation cephalosporin resistant Enterobacteriaceae are endemic in this hospital, mostly represented by samples of ESBL producing K. pneumoniae and E. coli. Malignancies and inappropriate empirical therapy were independent prognostic factors for hospital mortality. Overall, the observed mortality in this group was high and significantly higher than non-ESBL group.
Keywords: ESBL
Enterobacteriaceae
Mortalidade hospitalar
Hospital mortality
Enterobactérias
Infecção hospitalar
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA::IMUNOLOGIA APLICADA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Citation: MOREIRA, Ana Paula Amâncio. Infecções hospitalares por Enterobacteriaceae produtora de β-lactamase de amplo espectro (ESBL): ocorrência e preditores de mortalidade em um hospital universitário mineiro. 2011. 52 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16665
Issue Date: 1-Mar-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Ana Paula.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.