Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16649
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Epidemiologia de pneumonias associadas à ventilação mecânica por Pseudomonas aeruginosa em pacientes internados na unidade de terapia intensiva de adultos de um hospital universitário brasileiro
Author: Barbaresco, Luiz Fernando
First Advisor: Melo, Geraldo Batista de
First coorientator: Gontijo Filho, Paulo Pinto
First member of the Committee: Borges, Lizandra Ferreira de Almeida e
Second member of the Committee: Uzeda, Milton de
Summary: Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) é a infecção hospitalar mais frequente em unidades de terapia intensiva e Pseudomonas aeruginosa é o principal agente etiológico. O objetivo do estudo foi realizar um estudo epidemiológico de PAVs por Pseudomonas aeruginosa, com ênfase em aspectos na sua natureza endêmica e epidêmica, etiologia, via de transmissão, fatores predisponentes associados, fontes ambientais como reservatório e o prognóstico, numa unidade de terapia intensiva mista de adultos. O modelo de estudo foi caso (paciente com PAV por Pseudomonas aeruginosa) Vs controle (pacientes sem PAV), no período de setembro de 2008 à agosto de 2009. O diagnóstico foi realizado com base em critérios clínicos, radiológicos e microbiológicos (contagem de 106 UFC/mL de aspirado traqueal). As amostras de mãos dos profissionais de saúde (técnica de impressão), colonização de orofaringe dos pacientes (coleta com swab), superfícies (coleta de área demarcada), ar (exposição de placa), água de torneira e ralo de pias (coleta com swab) foram cultivadas em agar pseudomonas. Os isolados foram identificados por testes fenotípicos e os perfis de susceptibilidade aos antimicrobianos foram definidos através da técnica de difusão em gel (CLSI). Pseudomonas aeruginosa foi o agente etiológico de PAV predominante (38%) no período de investigação, com uma frequencia elevada de amostras multiresistentes. Os fatores de risco independentes para o desenvolvimento de PAV foram: traqueostomia, uso de 03 antimicrobianos e a colonização prévia da mucosa de orofaringe. Verificou-se um surto polimicrobiano durante a investigação, causado por amostras susceptíveis e multiresistentes aos antimicrobianos, com evidência de transmissão pelas mãos dos profissionais de saúde. A mortalidade hospitalar nos pacientes com PAV foi de 36,84%, com prognóstico pior (62,50% Vs 18,18%, P 0,05) naqueles infectados por isolados multiresistentes. A importância de fontes ambientais, principalmente de água como fonte/reservatório deste microrganismo não foi confirmada. Os resultados sugerem que o paciente colonizado, em uso de vários antimicrobianos e as mãos contaminadas de profissionais de saúde foram os principais aspectos epidemiológicos a serem destacados.
Abstract: Ventilator-associated pneumonia (VAP) is the most common nosocomial infection in intensive care units and Pseudomonas aeruginosa is the main agent. The aim of the study was the epidemiology of VAP by Pseudomonas aeruginosa, with emphasis on areas in its endemic and epidemic nature, etiology, mode of transmission, predisposing factors associated environmental sources such as reservoir and prognosis in an intensive care unit mixed adults. The present study was case (patient with VAP due to Pseudomonas aeruginosa) vs control (patients without VAP) in the period September 2008 to August 2009. The diagnosis was made based on clinical, radiological and microbiological (counts 106 CFU / ml in tracheal aspirate). The samples from the hands of health professionals (printing technique), colonization of the oropharynx of patients (swab collection), surfaces (samples marked area) air (exposure of plates) and tap water and drain of sinks (swab collection ) were grown on agar pseudomonas. Isolates were identified by phenotypic tests and profiles of antimicrobial susceptibility were defined through the technique of gel diffusion (CLSI). Pseudomonas aeruginosa is the causative agent predominant in the VAP (38%) in the period of investigation, with a high frequency of multiresistant samples. The independent risk factors for the development of VAP were: tracheostomy, use 03 antimicrobials and prior mucosal colonization of the oropharynx. There was an outbreak during the investigation, caused by strains susceptible and multiresistant to antimicrobials, with evidence of transmission by the hands of health professionals. The hospital mortality in patients with VAP was 36.84%, with worse prognosis (62.50% Vs 18.18%, P 0.05) in those infected with multiresistant strains. The importance of environmental sources, mainly water as a source / reservoir of this microorganism has not been confirmed. Our results suggest that patients colonized in the use of various antimicrobials and the contaminated hands of health care workers were the main epidemiological aspects to be highlighted.
Keywords: Pneumonia associada à ventilação mecânica
Pseudomonas aeruginosa
Unidade de terapia intensiva
Epidemiologia
Pneumonia associated with mechanical ventilation
Pseudomonas aeruginosa
Intensive care unit
Epidemiology
Infecção hospitalar
Pneumonia - Epidemiologia
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA::IMUNOLOGIA APLICADA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Quote: BARBARESCO, Luiz Fernando. Epidemiologia de pneumonias associadas à ventilação mecânica por Pseudomonas aeruginosa em pacientes internados na unidade de terapia intensiva de adultos de um hospital universitário brasileiro. 2010. 58 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16649
Date of defense: 25-Mar-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
luiz.pdf872.51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.