Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16579
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Efeito da infusão de Artemisia annua cultivada em solo com aplicação de silicato de cálcio e magnésio sobre o controle de Toxoplasma gondii in vitro
Author: Rostkowska, Cristina
First Advisor: Mineo, Jose Roberto
First coorientator: Silva, Deise Aparecida de Oliveira
Second coorientator: Korndorfer, Gaspar Henrique
First member of the Committee: Cardoso, Margareth Leitao Gennari
Second member of the Committee: Lana, Regina Maria Quintao
Third member of the Committee: Silva, Neide Maria da
Fourth member of the Committee: Freitas, Raquel Alves de
Summary: A toxoplasmose é uma zoonose importante devido à capacidade de seu agente causal, Toxoplasma gondii, de infectar um grande número de vertebrados e ser associada com infecção congênita ou doença oportunista em pacientes imunocomprometidos. O tratamento tradicional mostra efeitos adversos levando à pesquisa de compostos de baixa toxicidade como a artemisinina, seus derivados e a infusão da planta Artemisia annua. A utilização de silício no solo de culturas de A. annua e seu papel no conteúdo de artemisinina ainda não foram estudados. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos do silício sobre a fisiologia da planta A. annua e o papel da infusão destas plantas sobre o controle da infecção de T. gondii em cultura celular. Foi utilizado o delineamento inteiramente ao acaso (DIC), no qual A. annua foi plantada em solo com aplicação de cinco diferentes dosagens de silicato de cálcio/magnésio (0, 200, 400, 800 e 1600 kg ha-1), em cinco repetições e mantida em casa de vegetação. A análise de macronutrientes foliares mostrou um aumento significativo apenas para o nitrogênio, na presença da maior dosagem de silicato no solo. As quantidades de micronutrientes e silício foliares bem como a altura da planta não foram significativamente alteradas em quaisquer dosagens de silicato no solo. A aplicação de 400 kg ha-1 de silicato induziu a maior área de tricomas glandulares totais que foi associada com os tricomas glandulares intactos, como observado por microscopia eletrônica de varredura, e com o mais alto conteúdo de artemisinina nas folhas e na infusão da planta, como determinado por cromatografia em camada fina (TLC) e cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC), respectivamente. Os tratamentos de células HeLa, simultaneamente ou após a infecção por T. gondii, com infusão de A. annua cultivada sem ou com silicato (400 kg ha-1) aplicado ao solo, induziram decréscimo dependente da dose na proliferação parasitária, como também verificado para o tratamento das células com artemisinina pura. Em conclusão, o uso de silício teve efeito positivo sobre as áreas de tricomas glandulares e seu conteúdo de artemisinina, mas este resultado não foi associado com melhor eficácia da infusão de A. annua sobre a replicação intracelular de T. gondii. Estes resultados sugerem que outros componentes além da artemisinina poderiam contribuir para este efeito, como os flavonóides presentes nas folhas de A. annua que podem atuar em sinergismo com a artemisinina e melhorar a sua eficácia.
Abstract: Toxoplasmosis is an important zoonotic disease due to ability of its causal agent, Toxoplasma gondii, to infect large number of vertebrates and to be associated with congenital infection or opportunistic disease in immunosuppressed patients. As the traditional treatment has shown adverse effects, low-toxicity compounds including artemisinin and its derivatives have been researched, as well Artemisina annua tea infusion. The use of silicon in the soil of A. annua crops and its role on artemisinin content has not been studied yet. This study aimed to investigate the effects of silicon on A. annua plant physiology and the role of the tea infusion obtained from these plants in the control of T. gondii infection in cell culture. The experimental design was a completely randomized design (CRD), in which A. annua was planted in the soil with five different doses of calcium/magnesium silicate (0, 200, 400, 800 and 1600 kg ha-1) and five replications, and maintained in a greenhouse. Analysis of foliar macronutrients showed a significant increase only for nitrogen, in the presence of the highest dose of silicate in the soil. The foliar micronutrient and Si concentrations as well the plant height were not significantly changed with any silicate doses in the soil. The use of 400 kg ha-1 of silicate induced the highest total glandular trichome area that was also associated with the intact glandular trichomes, as observed by scanning electron microscopy, and with the highest artemisinin content in plant leaves and tea infusion, as determined by thin layer chromatography (TLC) and high performance liquid chromatography (HPLC), respectively. HeLa cell treatments along with or after T. gondii infection, with infusion of A. annua grown in the soil without or with silicate (400 kg ha-1), induced a decrease of parasite proliferation in a dose-dependent manner, as also seen for cell treatment with pure artemisinin. In conclusion, the use of silicon had positive effect on the glandular trichome areas and artemisinin contents, but this outcome was not associated with a better efficacy of A. annua tea infusion on T. gondii replication. These findings suggest that other components rather than artemisinin could be contributing to this effect, such as flavonoids present in its leaves, which may act in synergism with the artemisinin and improve its efficacy.
Keywords: Toxoplasma gondii
Artemisia annua
Artemisinina
Silício
Alternativas Fitoterápicas
Artemisinin
Silicon
Herbal alternatives
Parasitologia
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA::IMUNOLOGIA APLICADA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Quote: ROSTKOWSKA, Cristina. Efeito da infusão de Artemisia annua cultivada em solo com aplicação de silicato de cálcio e magnésio sobre o controle de Toxoplasma gondii in vitro. 2012. 73 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16579
Date of defense: 24-Aug-2012
Appears in Collections:TESE - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf3.89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.