Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16469
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Entre conquistas e disputas: trajetórias e experiências de luta das mulheres das camadas populares na cidade (Uberlândia/MG anos de 1980-1990)
metadata.dc.creator: Amâncio, Kerley Cristina Braz
metadata.dc.contributor.advisor1: Vasconcelos, Regina Ilka Vieira
metadata.dc.contributor.referee1: Peixoto, Maria do Rosário Cunha
metadata.dc.contributor.referee2: Barbosa, Marta Emísia Jacinto
metadata.dc.description.resumo: A partir do trabalho com os jornais Correio de Uberlândia, Participação e a Coleção do Centro de Documentação Popular (CDP) do Centro de Documentação e Pesquisa em História da Universidade Federal de Uberlândia (CDHIS-UFU), buscamos investigar a participação das mulheres das camadas populares na organização e na articulação de movimentos sociais na cidade, na luta por espaços de poder e direito, por reconhecimento social. O recorte temporal contempla as décadas de 1980-1990, quando da explosão de movimentos sociais populares de várias vertentes; da mudança na sociedade civil com a Constituição de 1988 e a institucionalização das falas desses trabalhadores e trabalhadoras, por meio de agências e órgãos governamentais, o que para nós modifica o saber / fazer da história desses grupos. A pesquisa dedicou-se a investigar a formação e a constituição do movimento de mulheres em Uberlândia, assim como as disputas engendradas por estas outras mulheres na busca por mais visibilidade às suas necessidades no contexto da cidade, a fim de produzir uma reflexão sobre a relação entre popular , cidade e direitos , problematizando a construção do espaço público por estes novos personagens mulheres pobres e negras. A busca do que estava por trás das falas silenciadas ou ocultas destes sujeitos tornou-se imprescindível para abordar seu cotidiano, suas práticas, seus modos de experimentação / vivência do acontecer social, território fecundo de formação política destes sujeitos ditos como vencidos , assim como de tomada de consciência para a elaboração de movimentos outros e de transformação social. A partir da História Social, pretendemos refletir sobre a relação das mulheres pobres e negras com o dito movimento de mulheres organizado da cidade, nos meios de comunicação jornais impressos, atentando para as disputas em torno da construção da memória e da história. Fundamentados nas proposições de Edward P. Thompson sobre o conceito de experiência, aproximamo-nos do cotidiano desses sujeitos históricos, bem como de suas formas de resistência e mudança do acontecer social e, consequentemente, da história.
Abstract: From the work with resources such Jornal Correio Newspaper‟s, Participação Newspaper‟s and the Popular Documents Collection (CDP) of the Center for Research and Documentation in History of the Federal University of Uberlândia (UFU-CDHIS), we seek to investigate the participation of the popular women in the organization / coordination of movements in relation to the women\'s movement of the city, in the struggle for positions of power and law, social recognition layers. The time frame chosen contemplates the decades of 1980-1990, when the explosion of popular social movements strands; change in civil society with the 1988 Constitution and the institutionalization of these speeches workers, through agencies and government bodies, which deprives us of many knowledge / history. In this sense, we propose to analyze the formation and constitution of the women\'s movement in the city of Uberlândia, as well as disputes engendered by these other women the search for more visibility to their needs in the context of the city, in order to produce a reflection on the relationship folk / city / rights , questioning about the construction of public space for these new characters poor black women, through social relationships established between them and the women\'s movement in Uberlândia. Along the way, the silenced or hidden these subjects by dominant groups speeches have become indispensable for arguing about their daily lives, their practices, their modes of experimentation / experience of social happening, which for us constitute fertile territory for political education of these subjects sayings such as losers , as well as awareness for development of other movements and social transformation. Thus, through the dialogue with the Social History intend to reflect on the relationship of poor black women said the women\'s movement organized city, in the media newspapers, attending to disputes over the construction of memory / history. Howeve, based on the propositions of Edward P. Thompson on the concept of experience, we want to engage in polemics about the daily life of these historical subjects, as well as their forms of resistance and social change happen and hence the story.
Keywords: Movimentos sociais e movimento de mulheres
Cidade e imprensa
Cotidiano e formação política
Social moviments and women of movement
City and press
Everyday politic formation
Movimentos sociais Uberlândia (MG)
Mulheres - Uberlândia (MG)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: AMÂNCIO, Kerley Cristina Braz. Entre conquistas e disputas: trajetórias e experiências de luta das mulheres das camadas populares na cidade (Uberlândia/MG anos de 1980-1990). 2014. 148 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16469
Issue Date: 28-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EntreConquistasDisputas.pdf2.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.