Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16444
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Entre lutas, normas e preconceitos: pessoas com deficiência e os (des)caminhos da inclusão social - Uberlândia - 2000 à 2010
metadata.dc.creator: Silva, Eliete Antônia da
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida, Antônio de
metadata.dc.contributor.referee1: Alem, Joao Marcos
metadata.dc.contributor.referee2: Barcelos, Tânia Maia
metadata.dc.description.resumo: Este estudo pretende discutir algumas dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência e as formas buscadas por elas para enfrentar essa situação, tendo como referência empírica a cidade de Uberlândia MG. Nesse sentido, a utilização do conceito de habitus, como desenvolvido por Bourdieu, foi de grande importância para o trabalho por proporcionar um ponto de vista que contribui para a análise das particularidades de uma identidade social e o que possibilita a elaboração dessa identidade, podendo ser ora consciente, ora inconsciente. Daí a sua importância para se compreender como os indivíduos fazem suas opções ao preferir algumas coisas e não outras, incluindo, aí, as visões ou valores associados aos deficientes. Nessa linha de reflexão, uma das preocupações aqui presente foi a de analisar como esses habitus se perpetuaram ou foram alterados ao longo do tempo coberto por esta pesquisa e como as pessoas com deficiência lidam com as representações depreciativas cunhadas sobre elas, como as percebem, as sentem, absorvendo-as ou rejeitando-as. Para isso, experiências vivenciadas por esses sujeitos, sejam aquelas de acomodação, associadas aos sentimentos de perdas, derrotas ou fracassos; ou, por outro lado, as que expressam diferenciadas formas de resistência, alcançando, ou, ao menos, criando expectativas de conquistas, todas foram de muita relevância para o que se pretende com este trabalho. Por isso, a preocupação de abranger, na análise, as relações sociais e de poder, o imaginário social e suas representações, as ações individuais e coletivas (conscientes e inconscientes) das pessoas com deficiência e daquelas que as cercam, com destaque especial, neste caso, para a população da cidade de Uberlândia/MG. Ao lidar com valores da sociedade contemporânea, não há como deixar de considerar o seu caráter efêmero, a sua fluidez, a valorização em demasia da competitividade e da vida material, atributos esses que contribuem fortemente para a segregação e para o estranhamento. Diante disso, uma indagação torna-se inevitável: face a essa cultura que promove o esgarçamento das relações entre o eu e o outro , quais políticas públicas têm sido adotadas objetivando a inclusão social do deficiente e até que ponto essas medidas oficiais têm alcançado resultados positivos no enfrentamento desse problema?
Abstract: This study discusses some behavioral traits, present in people with disabilities in society and, with reference to empirical Uberlândia - MG. In this sense, the concept of habitus, as Bourdieu reformulated, provides a point of view that contributes to the analysis of the particularities of a social identity, which enables the development of this identity, which can be sometimes conscious, sometimes unconscious. Hence its importance for understanding how individuals make their choices to choose some things and not others, including here, visions or values associated with the disabled. Analyze how these are perpetuated habitus or have changed over time covered by this research and how people with disabilities deal with minted disparaging representations about them, as you see, feel them, absorbing them or rejecting them? For this, experiences of these individuals, are those of accommodation, associated with feelings of loss, setbacks or failures, or, on the other hand, expressing different forms of resistance, reaching, or at least creating expectations of achievement, all will be of much relevance to what is intended with this work. Cover, analysis, and social relations of power, the social imaginary and its representations, the individual and collective actions (conscious and unconscious) of disabled people and those around them, with special emphasis in this case for the people of Uberlândia / MG. When dealing with values of contemporary society, it is impossible not to consider its ephemeral nature, its fluidity, enhancement of competitiveness and too much of the material life, those attributes that contribute heavily to the segregation and estrangement. Given the fraying of the relationship between \"self\" and \"other,\" which measures the extent of social inclusion facing people with disabilities?
Keywords: Pessoas com deficiência
Identidade social
Inclusão social
People with disabilities
Social identity
Social inclusion
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: SILVA, Eliete Antônia da. Entre lutas, normas e preconceitos: pessoas com deficiência e os (des)caminhos da inclusão social - Uberlândia - 2000 à 2010. 2012. 140 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16444
Issue Date: 20-Dec-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElieteAntonia.pdf3.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.