Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16441
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSilva, Eduardo Rodrigues da-
dc.date.accessioned2016-06-22T18:45:56Z-
dc.date.available2013-03-28-
dc.date.available2016-06-22T18:45:56Z-
dc.date.issued2013-02-28-
dc.identifier.citationSILVA, Eduardo Rodrigues da. Histórias, memórias e viveres de trabalhadores em São Francisco/MG (1970-2010). 2013. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16441-
dc.description.abstractIn this research, the memories of games are the starting point to get to what really interests us, that is, the people of the city of San Francisco, MG, with their lives, their memories, their stories and their understanding of the lived reality. In São Francisco, the memories and stories of these people, full of social experiences lived in the city, are not incorporated or registered in the books or newspapers that \"tell\" the story taken as official in the city. In these productions, the São Francisco River, it‟s navigation, urban interventions and political and economic history are highlighted, ignoring the socio-cultural practices of the residents. These dominant and candied versions disqualify social processes experienced by people transform the Rio into a character, agent of a founding myth, giving it just economic values. Therefore, worried about bringing other stories and another city other than that already established by the dominant memory, I consider the meanings sought by other historical actors printed on the city of São Francisco, emphasizing their social experiences and their differentiated memories, not seeing them only as statistics, numbers or graphs, but as people active in the production process of the city. In this movement, I seek to value and, at the same time, to produce other memories and stories that allow reflection on the social value assigned to Rio São Francisco and also to the life in São Francisco, through the prism of historical subjects that built it. In facing this challenge, we are committed to open space for other versions in order to draw attention to what is not evident.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCidadepor
dc.subjectMemóriaspor
dc.subjectHistóriaspor
dc.subjectViverespor
dc.subjectRio São Franciscopor
dc.subjectCityeng
dc.subjectMemorieseng
dc.subjectStorieseng
dc.subjectLiveseng
dc.subjectHistória socialpor
dc.subjectTrabalhadores - São Francisco (MG) - Históriapor
dc.subjectSão Francisco (MG) - Usos e costumespor
dc.subjectSão Francisco (MG) - Históriapor
dc.titleHistórias, memórias e viveres de trabalhadores em São Francisco/MG (1970-2010)por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Calvo, Célia Rocha-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4767517D3por
dc.contributor.referee1Rodrigues, Rejane Meireles Amaral-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4730249P9por
dc.contributor.referee2Morais, Sérgio Paulo-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4771589U1por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4270503A7por
dc.description.degreenameMestre em Históriapor
dc.description.resumoNesta pesquisa, as memórias sobre brincadeiras são o ponto de partida para se chegar ao que realmente nos interessa, isto é, aos sujeitos da cidade de São Francisco, MG, com seus viveres, suas lembranças, suas histórias e seu entendimento sobre a realidade vivida. Em São Francisco, as memórias e histórias dessas pessoas, carregadas de experiências sociais vividas na cidade, não se encontram inseridas ou registradas nos livros ou jornais que contam a história tida como oficial da cidade. Nessas produções, o Rio São Francisco, a navegação, as intervenções urbanas e a história política e econômica são destacadas, desconsiderando as práticas socioculturais dos moradores. Essas versões dominantes e cristalizadas desqualificam os processos sociais vividos pelas pessoas, transformam o Rio em personagem, agente de um mito fundador, atribuindo a ele apenas valores econômicos. Então, preocupado em trazer outras histórias e outra cidade diferente daquela já consolidada pela memória dominante, busquei considerar os significados imprimidos por outros agentes históricos sobre a cidade de São Francisco, enfatizando suas experiências sociais e as suas diferenciadas memórias, não os enxergando apenas como estatísticas, números ou gráficos, mas como pessoas ativas no processo de produção da cidade. Nesse movimento, busco valorizar e, ao mesmo tempo, produzir outras memórias e histórias que permitem refletir sobre o valor social atribuído ao Rio São Francisco e também aos viveres em São Francisco, sob o prisma dos sujeitos históricos que os constroem. Ao enfrentar esse desafio, assumimos o compromisso de abrir espaços para outras versões no intuito de chamar a atenção para o que não é evidenciado.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Históriapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIApor
dc.publisher.departmentCiências Humanaspor
dc.publisher.initialsUFUpor
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EduardoRodrigues.pdf2.43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.