Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16425
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: "De trem pra Montes Claros": representações do sertão norte-mineiro nas canções do Grupo Raízes (1973-1983)
Author: Durães, Mary Aparecida de Alencar
First Advisor: Paranhos, Adalberto de Paula
First member of the Committee: Ribeiro Júnior, Florisvaldo Paulo
Second member of the Committee: Alencar, Maria Amélia Garcia
Summary: Nesta pesquisa, analisam-se as representações do sertão norte-mineiro nas canções do Grupo Raízes produzidas entre 1973 e 1983. Percorre-se a trajetória musical e social do grupo, que se fez no entre-lugar campo-cidade, expressando representações imagéticas Norte de Minas. O grupo levou sua música regionalista a várias cidades do Brasil e lançou seu primeiro LP em São Paulo, cidade onde nasceu. Seus participantes eram estudantes paulistas, nordestinos e norte-mineiros que fizeram questão de enfatizar nas canções aspectos da cultura popular norte-mineira, como rezas, assombrações, lendas, causos, banditismo social, folias de reis e congadas. Dada a diversidade cultural do sertão, este trabalho endossa também um estudo dessa categoria e de suas representações. Por meio da análise dos elementos sertão, representação e canção, abordaram-se aspectos da vida do sertanejo, suas experiências, resistências e conflitos. Procurou-se entender um pouco do que foi o sertão pensado e vivido no Norte de Minas. Este trabalho teve como base uma pesquisa que envolveu estudo bibliográfico e sonoro-documental, realização de entrevistas, análise de imagens e fotografias. Foi uma pesquisa alicerçada na História Cultural, delineando práticas culturais, representações sociais, identidades, experiências sociais, modos de ser, de expressar e de viver. A partir do estudo, foi possível concluir que o Grupo Raízes cantou o sertão mineiro e suas identidades, e produziu uma música engajada com a proposta de cantar quem somos . Nesse universo musical, o grupo se destacou por entrar no campo da música popular brasileira, transitando entre o rural e o urbano, o pop e o regional, cantando com poesia e sensibilidade o sertão norte-mineiro.
Abstract: This research analyzes representations of the backlands (sertão) in the northern part of the state of Minas Gerais, Brazil in the songs of the band Grupo Raizes produced between 1973 and 1983. It deals with the musical and social trajectory of the group, situated between the city and the country, expressing representations of the Northern Minas sertão. This band made regional music and enjoyed success in various Brazilian cities, releasing their first LP in São Paulo, the city in which the group was formed. Its members were students from São Paulo, the Northeast and the north of Minas, and concentrated in their songs on aspects of the culture of the north of Minas, including prayers, apparitions, legends, yarns, social banditry, and various aspects of popular religious and social festivals,. Given the cultural diversity of the sertão, this thesis also engages in a study of the concept of the sertão and its representations. Through an analysis of the elements sertão, representation and song, it approaches aspects of the life of the inhabitants of the sertão, their experiences, resistance and conflicts. It aims to understand how the sertão was thought and lived in the North of the state of Minas Gerais. This study is based on a bibliographic and musical research, involving interviews, analysis of images and photographs. It is a study in cultural history, delineating cultural practices, social representations, identities, social experiences, modes of being, of expressing and living. From this research it was possible to conclude that the Grupo Raizes sang the sertão of the north of Minas Gerais and its identities and made music engaged with the purpose of singing who we are . In this musical universe, the group distinguished itself in the field of popular Brazilian music, moving between the rural and the urban, pop music and the regional, singing poetically and with sensibility the sertão the North of Minas.
Keywords: Grupo raízes
Norte de Minas
Sertão
Representação
North of Minas
Backlands (sertão)
Representation
História social
Música e sociedade - Brasil
Música popular -Brasil - História e crítica
Música popular - Minas Gerais
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em História
Quote: DURÃES, Mary Aparecida de Alencar. "De trem pra Montes Claros": representações do sertão norte-mineiro nas canções do Grupo Raízes (1973-1983). 2010. 138 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16425
Date of defense: 25-Feb-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf2.41 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.