Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16405
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Pensando a guerra do Paraguai: representações simbólicas
metadata.dc.creator: Barroso, Giane Aparecida
metadata.dc.contributor.advisor1: Lopreato, Christina da Silva Roquette
metadata.dc.contributor.referee1: Lopes, Fábio Henrique
metadata.dc.contributor.referee2: Seixas, Jacy Alves de
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação problematiza as elaborações discursivas de alguns estudiosos da Guerra do Paraguai (1864 1870) a partir de duas representações simbólicas: o Paraguai e Francisco Solano López. Os autores selecionados para esta pesquisa tratam o Paraguai, desde o período da colonização e/ou a partir da sua independência (1811), e Solano López, presidente paraguaio (1862 1870), com um acento diferencial, mas com perspectivas dessemelhantes; isso possibilita confrontar os diferentes discursos para perceber as divergências, as convergências e os complementos. Neste sentido, há uma tentativa de dialogar com os autores e fazer com que dialoguem entre si para que o estatuto de verdade, almejado nos discursos através da coerência e das convicções de seus argumentos, possa ser ressaltado e questionado. Portanto, o objetivo proposto neste trabalho é analisar criticamente as singulares construções imagéticas que permitiram divergentes configurações do Paraguai e de Solano López enquanto representações importantes. Este é um dos caminhos possíveis para se pensar o conflito de meados do século XIX e para se compreender alguns argumentos explicativos que resultaram em uma múltipla e intrigante interpretação de um mesmo fato histórico: a Guerra do Paraguai.
Abstract: This essay raises issues about studies elaborated by some scholars in Paraguay s war (1864 1870) from two symbological characters: Paraguay and Francisco Solano Lopez. The selected authors for this research treat Paraguay, since the period of colonization and/or from its independence (1811), and Solano Lopez, paraguayan president (1862 1870), with special focus, but with no similar perspectives; this enables to confront the different issues to notice the divergences, the convergences and the compliments. This way, there is an effort to dialogue with the other authors and make them dialogue among themselves so that the statute of the truth, pursued in the studies through the coherence and conviction of the arguments, can be emphasized and inquired. Therefore, the aim proposed in this work is to critically analyze the single image buildings, which allowed divergent configurations about Paraguay and Solano Lopez as important characters. This is one of the possible ways to think about the conflict in the middle of the 19th century and to understand some explaining arguments that turned out in a multiple and intriguing interpretation of the same historical fact: Paraguay s War.
Keywords: Guerra do Paraguai
Representações simbólicas
Construções imagéticas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: BARROSO, Giane Aparecida. Pensando a guerra do Paraguai: representações simbólicas. 2005. 131 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2005.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16405
Issue Date: 27-Oct-2005
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GBarrosoDISSPRT.pdf758.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.