Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16340
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Para além das fronteiras: culturas e experiências de trabalhadores latino-americanos: Uberlândia, 1990/2007
metadata.dc.creator: Peres, Maria Gisele
metadata.dc.contributor.advisor1: Calvo, Célia Rocha
metadata.dc.contributor.referee1: Cruz, Heloisa de Faria
metadata.dc.contributor.referee2: Vasconcelos, Regina Ilka Vieira
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem como ponto central a reflexão acerca das experiências e vivências de trabalhadores latino-americanos (não-brasileiros) em nosso país, mais especificamente na cidade de Uberlândia-MG. São trabalhadores que vieram do Peru, Chile, Argentina, Equador e Uruguai e trabalham principalmente com a produção e/ou venda de artesanatos. Investigo os significados sociais, as tensões presentes nas relações estabelecidas por eles em suas trajetórias, memórias e culturas, as disputas pelos espaços da cidade, a luta pelo direito ao trabalho e pelo respeito à suas diferenças. Com a intenção de compreender a dinâmica social vivida por esses sujeitos, procurei refletir sobre a maneira como produzem e transformam os espaços da cidade por meio de seus trabalhos e das relações constituídas. Além disso, analiso as relações que eles constituem, desde a saída de seus países, como uma das maneiras que lhes possibilitam conseguir trabalho, moradia e continuar suas andanças e/ou permanecer. Interessa destacar que a principal preocupação esteve em torno de questões ligadas ao fazer-se desses sujeitos sociais, por isso a importância dada a seus modos de viver e trabalhar, à maneira como concebem seus viveres e o sentido que atribuem a seus trabalhos. Entre as diversas possibilidades de análise que as fontes abriram, para além daquilo que desejava interrogar ao iniciar a pesquisa, aponto a problemática da produção de artesanatos que, ao mesmo tempo em que impulsiona suas andanças, lhes possibilitam resistir e burlar leis excludentes que os colocam como ilegais . Dentre as fontes utilizadas estão as narrativas orais produzidas com os trabalhadores, o Estatuto do Estrangeiro, o Jornal Correio de Uberlândia, fotografias publicadas nesse jornal e outras produzidas por mim, o que tornou possível refletir sobre o que significa a presença desses sujeitos na cidade de Uberlândia, como o poder público e a sociedade em geral os vêem, como essas pessoas se apresentam, qual o significado do viver de modo itinerante e quais os limites e possibilidades deste viver.
Abstract: This research has as central point of reflection concerning the experiences of Latin American workers (not-Brazilians) in our country, more specifically in the city of Uberlândia-MG. They are workers who had come from Peru, Chile, Argentina, Equator and Uruguay and work mainly producing and/or selling handicrafts. I investigate the social meanings, the tensions gifts in the relations established for them in its trajectories, memories and cultures, the disputes for the spaces of the city, the fight for the right to the work and the respect to its differences. Attempting to understand the social dynamics lived by these citizens, I tried to reflect on the manner such they produce and they transform the spaces of the city by means of their works and constituted relations. Moreover, I analyze the relations that they constitute, since the exit of their countries, as one way to make possible to them to obtain work, housing and to continue their journeys and/or to remain. It is noteworthy that the main concern questions was around themselves growing as human being of these social citizens, therefore the given importance to their ways of living and working, to the way as they conceive their life and the meaning attributed to themselves works. Among a variety of possibilities of analysis that the sources had opened, as well as what I desired to interrogate on research beginning, I point the problematic one of handicrafts production, which stimulates their journeys, besides make possible to them resisting and evading excluding laws that place them as illegal . Among used sources there are oral narratives produced with the workers, the Foreigner s Statute, the Periodical Correio de Uberlândia, photographs published in this newspaper and others produced by me, became possible to reflect on what means the presence of these citizens in the city of Uberlândia, how they ve seen by public power and the society in general, how these workers present themselves, which is the meaning of their itinerant way of life and which are the limits and possibilities of this life.
Keywords: Trabalhadores
Culturas
Memórias
Experiências
Workers
Cultures
Memories
Experiences
História social
Trabalhadores estrangeiros Uberlândia (MG)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: PERES, Maria Gisele. Para além das fronteiras: culturas e experiências de trabalhadores latino-americanos: Uberlândia, 1990/2007. 2008. 148 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16340
Issue Date: 27-Jun-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Gisele.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.