Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16310
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Loucura e Obsessão: entre psiquiatria e espiritismo no Sanatório Espírita de Uberaba-MG (1933-1970)
Other Titles: Madness and Obsession: between psychiatry and spiritualism in Spiritist Sanatorium Uberaba-MG (1933-1970)
metadata.dc.creator: Ribeiro, Raphael Alberto
metadata.dc.contributor.advisor1: Machado, Maria Clara Tomaz
metadata.dc.contributor.referee1: Almeida, Anna Beatriz de Sá
metadata.dc.contributor.referee2: Ribeiro Júnior, Florisvaldo Paulo
metadata.dc.contributor.referee3: Abreu, Jean Luiz Neves
metadata.dc.contributor.referee4: Isaia, Artur César
metadata.dc.description.resumo: Após uma década da lei que humaniza os tratamentos psiquiátricos, obrigando as instituições não deixar trancafiados aqueles que são portadores de transtornos mentais, a discussão em torno desta temática ainda tem encontrado um riquíssimo campo de discussão. Este trabalho tem como objetivo investigar o processo de institucionalização da loucura na cidade de Uberaba-MG por uma instituição espírita. Para os adeptos da doutrina kardecista a doença mental é ocasionada por uma obsessão, ou seja, a influência de um ou vários espíritos no encarnado, aquele que apresenta o distúrbio. O ineditismo desta pesquisa é o fato do psiquiatra ter sido espírita e adotar, segundo os kardecistas defendem, uma terapia alternativa. Inácio Ferreira (1904-1988), que residia na cidade de Uberaba, formado em 1930 pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, trabalhou toda sua carreira médica nesta instituição e sua trajetória foi marcada por conflitos entre os oficiais católicos e a comunidade psiquiátrica. Estudar uma instituição espírita que se destacou na assistência aos portadores de transtornos mentais desde o início da década de 1930, tendo uma forte vinculação espírita nos possibilita refletir acerca das práticas assistencialistas locais, os discursos produzidos que funcionaram como justificativas para a institucionalização daquele tido como anormal e, fundamentalmente, repensar o processo de legitimação da religião kardecista. O Sanatório Espírita de Uberaba era sustentado pela comunidade, por meios de donativos arrecadados pelos militantes espíritas. A sua eficácia mostra a conivência deste projeto assistencial com os interesses da cidade. A prática da caridade, materializada na gerência da casa manicomial, contribuía para promover, de certo modo, o espiritismo na cidade e região. A investigação da trajetória do Sanatório Espírita de Uberaba permite pensar a confluência das vertentes de pensamento no Brasil, relacionando-os com as representações do universo simbólico dos adeptos kardecistas, associados às práticas do tratamento da loucura, a fim de aludir ao processo histórico, delineados por grupos sociais, causadores de tantas injustiças e desmandos com os portadores de transtornos mentais.
Abstract: After a decade of law that humanizes the psychiatric treatment, forcing institutions not let those who are locked mental disorders, the discussion of this issue has yet found a rich field of discussion. This study aims to investigate the process of institutionalization of madness in Uberaba-MG by an institution spiritualist. For fans of the doctrine Kardecist mental illness is caused by an obsession, ie the influence of one or more spirits in the flesh, he who has the disorder. The novelty of this research is the fact that the psychiatrist was spiritualist and adopt, according to Kardecists advocate, an alternative therapy. Ignatius Ferreira (1904-1988), who resided in the city of Tuticorin, formed in 1930 from the Faculty of Medicine of Rio de Janeiro, worked his entire medical career in this institution and its history was marked by conflicts between Catholic officials and the psychiatric community. Studying an institution spiritualist who stood out in assistance to people with mental disorders since the early 1930s, having a strong linkage spirit enables us to reflect on the local welfare practices, discourses produced that functioned as justifications for the institutionalization of that considered \" abnormal \"and fundamentally rethink the process of legitimation of religion Kardecist. The Spiritist Sanatorium Uberaba was supported by the community, by means of donations collected by militant spirit. Its effectiveness shows the connivance of this care project with the interests of the city. The practice of charity, embodied in the management of asylum home, helped to promote a sense, spiritualism in the city and region. The investigation of the trajectory of Spiritist Sanatorium Uberaba to suggest the confluence of the strands of thought in Brazil, linking them with the representations of the symbolic universe of supporters Kardecists practices associated with the treatment of madness in order to allude to the historical process, outlined by social groups, causing many injustices and excesses with mental disorders.
Keywords: História social
Loucura
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em História
Citation: RIBEIRO, Raphael Alberto. Madness and Obsession: between psychiatry and spiritualism in Spiritist Sanatorium Uberaba-MG (1933-1970). 2013. 199 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16310
Issue Date: 4-Mar-2013
Appears in Collections:TESE - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Raphael Alberto.pdf11.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.