Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16294
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Dimensões políticas e sociais de um entretenimento audiovisual lucrativo: os Simpsons e as construções imagéticas sobre o Brasil
Author: Almeida, Alessandro de
First Advisor: Almeida, Antônio de
First member of the Committee: Lopreato, Christina da Silva Roquette
Second member of the Committee: Alem, Joao Marcos
Third member of the Committee: Caleiro, Regina Célia Lima
Fourth member of the Committee: Vergueiro, Waldomiro de Castro Santos
Summary: Embora as séries ficcionais animadas tenham sido alvo de análises pelos pesquisadores, estudos históricos sobre os desenhos animados da TV são ainda incipientes. Alem disso, se os pesquisadores investigaram os seriados animados, não foi com a intenção de discutir sua relação com as imagens de Brasil e de brasileiros veiculados na TV e na Internet. Por essas razões, o objeto de estudo desta tese é a discussão sobre as dimensões sócio-histórico-políticas em Os Simpsons , paródia satírica lucrativa sobre uma família de classe média americana cujos episódios povoaram as telinhas do Brasil e de outros países por mais de duas décadas. Portanto, o corpus desta investigação são alguns dos capítulos da série, em especial O Feitiço de Lisa, durante o qual a família ficcional viaja ao Brasil. Com o objetivo de trazer à luz as representações de Brasil das últimas décadas, esta pesquisa utiliza a fala dos internautas da qual emerge a construção de seu discurso crítico sobre Os Simpsons e nosso país. A Internet, lugar para revelar o Brasil e suas relações com a produção americana de séries ficcionais, é também usada, não apenas como tentativa para definir linguagem simpsonizada e discutir a (re)significação da imagem do Brasil como criada pelos internautas, mas também para repensar os conceitos de família, infância, criminalidade, violência, sexualidade em programas infantis e o descaso pelos símbolos identitários do Brasil, sempre tratados de modo negativo e denigritório, na busca por maiores níveis de audiência e dinheiro, estas, categorias também selecionadas para se desenvolver esta investigação. Também, a antropofagia, categoria muito utilizada em (con)textos literários brasileiros no começo do século XX, foi o suporte da análise da percepção dos internautas e telespectadores sobre a referida série, como geradora de atitudes e comportamentos que ajudam a reconstruir realidades, via mídia de massa, mesmo se inspiradas por Os Simpsons, principalmente a partir da crítica revelada no episódio O feitiço de Lisa . O texto, por um lado, atesta a capacidade dos brasileiros, com o uso de tecnologias comunicativas, de reagir contra o retrato satírico-negativo do Brasil e dos brasileiros e, por outro, de promover a retomada dessa imagem, mesmo fazendo uso daquela linguagem simpsonizada . A pesquisa leva à conclusão de que os brasileiros, internautas e telespectadores, nem sempre assistem aos episódios de Os Simpsons passivamente, mas reagem criticamente, posicionando-se contrários às insinuações depreciativas em relação à cultura, sociedade, história, ao folclore, ao próprio povo brasileiro e ao Brasil, e tentam resgatar as imagens do Brasil e dos brasileiros veiculadas na série Os Simpsons, principalmente as exploradas no episódio O Feitiço de Lisa. E, no entanto, o texto evidencia que certas imagens de Brasil e dos brasileiros representadas no desenho animado expressam a problemática realidade do Brasil e, por isso, tornaramse uma preocupação e outro aspecto significante a serem considerados nesta tese. Por essas razões, essas imagens de Brasil se tornam a razão de o investigador levantar questões pertinentes e sugerir veementemente reflexões e discussões sérias sobre esse assunto.
Abstract: Although animated sitcom fiction has always been the focus of researchers analysis, historical studies about animated series aired on TV are still scarce. Moreover, whether researchers have investigated animated sitcoms, it was not with the intention of discussing their relation to the images of Brazil and Brazilians conveyed both on TV and the Internet. Because of that the object of study of this thesis is the discussion of socio-historical-political dimensions in The Simpsons , a profitable animated sitcom and a satirical parody of a working class American lifestyle family, whose episodes have been aired on Brazil and all over the world s TV channels for more than two decades. Therefore, the corpus of this investigation is some of the series episodes, notably Blame it on Lisa during which the fictional family travels to Brazil. With the objective of bringing to light the representations of Brazil in the last decades the research makes use of the internauts speech acts of which emerge their critical discourse construction of the The Simpsons. The Internet, an interesting locus to reveal Brazil and its relation to the American production of series, is also used not only in an attempt to define simpsonized language and discuss the (re)signification of Brazil s imagery as created by the internauts, but also to put to question concepts such as family, childhood, criminality, violence, sexuality in children s programs and the lampooning of Brazilian identity symbols, always treated in an unflattering or negative light, in the search for larger audiences (Top 30 ratings) and for money, categories also selected for the development of this work. Still, anthropophagy, a category largely used in Brazilian literary (con)texts in the beginning of the XX century, supported the analysis of internauts and actual viewers perception of the series as a point of departure for helping engender behavior and attitudes that can help rebuild realities, via massive media, even if inspired by The Simpsons, and mainly based upon criticism revealed by the episode Blame it in Lisa. On the one hand, the text attests the capacity of Brazilians, by means of using communicative technologies, for reacting against the negative satirical portrait of Brazil and Brazilians and on the other, for rescuing this image, even if utilizing that simpsonized language . Research leads to the conclusion that Brazilian internauts and actual viewers do not watch The Simpsons passively but stand up against the unflattering insinuations in relation to Brazilian culture, society, history, folklore, Brazil and the Brazilian people, and try to rescue those images conveyed by the sitcom episodes, especially the ones in Blame it on Lisa . And yet, the text evidences that certain images of Brazil and Brazilians represented in the animated sitcom expresses the troublesome reality of truthfully and because of that they have become one of the thesis concerns and another significant aspect to be considered. Such images are the reason for the investigator s raising relevant questions and his strongly suggesting accurate reflection and discussion on such a matter.
Keywords: Desenho animado
Imagens
Recepção
Ressignificações
Brasil
Brasileiros
Os Simpsons
Dimensões políticas e sociais
Animated sitcom (series)
Imagery
Reception
Resignification
Brazil
Brazilians
The Simpsons
Social (historical) and political dimensions
História social
Desenho animado - Aspectos sociais
Desenho animado - Aspectos políticos
Desenho animado - História
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em História
Quote: ALMEIDA, Alessandro de. Dimensões políticas e sociais de um entretenimento audiovisual lucrativo: os Simpsons e as construções imagéticas sobre o Brasil. 2011. 255 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/16294
Date of defense: 12-Jul-2011
Appears in Collections:TESE - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese A.pdf3.15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.