Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15865
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeito do tratamento multiprofissional sobre a relação da estabilidade de membrana de eritrócitos com variáveis sanguíneas em adolescentes obesos
metadata.dc.creator: Huss, Juliana Carla da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Cheik, Nádia Carla
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Nilson Penha
metadata.dc.contributor.referee1: Dâmaso, Ana Raimundo
metadata.dc.contributor.referee2: Madurro, Ana Graci Brito
metadata.dc.description.resumo: A ingestão de excesso de energia e o sedentarismo são condições associadas ao desenvolvimento de obesidade e de resistência à ação da insulina. A origem desta resistência é explicada por várias teorias, que compreendem a teoria da resistência de membrana, segundo a qual um teor excessivo de colesterol seria um fator determinante de alterações no comportamento dessa barreira celular, particularmente na transdução de sinais hormonais. Essas alterações no comportamento de membrana seriam resultantes do excesso de oferta de colesterol e ocorreriam em todas as células do organismo humano, com maior impacto sobre os miócitos, que são responsáveis por um expressivo consumo da glicose do sangue. A composição e o comportamento da membrana dos eritrócitos também sofre a influência dos níveis sanguíneos de colesterol e glicose, de tal forma que essas células constituem um modelo minimamente invasivo para estudo do comportamento de membranas em situações de quebra da homeostase da energia, como ocorre na obesidade. A estabilidade osmótica do eritrócito constitui uma propriedade representativa do comportamento da membrana dessa célula. Ela pode ser convenientemente estudada pela análise da curva sigmoidal de dependência da absorvância de luz da hemoglobina liberada na lise sob gradiente de hipotonicidade. Essa curva pode ser ajustada à equação de Boltzmann, com a determinação da concentração salina no ponto de meia transição (H50) e da variação na concentração de sal necessária para promover a transição de lise (dX). As variáveis H50 e dX apresentam relações inversa e direta, respectivamente, com a estabilidade osmótica dos eritrócitos. A razão dX/H50 constitui uma variável combinada que guarda uma relação direta com a estabilidade de membrana de eritrócitos. No presente estudo, a estabilidade de eritrócitos foi avaliada antes e depois de um programa de atividades que compreendia orientação nutricional e psicológica, além de quatro sessões semanais de exercícios resistidos e aeróbios, com duração de até 30 minutos cada sessão, durante cinco meses, em uma população constituída de 44 adolescentes (16 do sexo masculino e 28 do sexo feminino). Para entender as inter-relações do comportamento de eritrócitos com variáveis sujeitas a mudanças durante o programa de treinamento instituído, também foram avaliados parâmetros antropométricos, hematológicos, bioquímicos sanguíneos, hormonais e alguns biomarcadores da função de órgãos e tecidos. O estudo finalizou com 21 adolescentes, 8 do sexo masculino e 13 do sexo feminino. Ao final do programa de treinamento, houve declínio de todas as variáveis antropométricas consideradas (massa corporal, índice de massa corporal, circunferência abdominal e teor de gordura); aumento de algumas das variáveis hematológicas consideradas [hemoglobina (Hb), hematócrito (Ht), volume corpuscular médio (VCM) e distribuição da largura das células vermelhas (RDW)]; diminuição da lipidemia (colesterol total, VLDL-C e triglicérides); elevação dos níveis sanguíneos de creatinina e sódio e diminuição dos níveis de potássio; elevação das concentrações sanguíneas de bilirrubina total e direta e diminuição da atividade de γ-glutamil-transferase (γGT); diminuição dos níveis do hormônio estimulante da tireóide (TSH) e elevação dos níveis de tiroxina livre (FT4) e do hormônio folículoestimulante (FSH); e aumento da estabilidade de eritrócitos. Um tratamento transversal das correlações existentes entre as variáveis de estabilidade e cada uma das variáveis analisadas no estudo mostrou que: 1) os valores de H50 se elevaram com aumento de hemoglobina, hemoglobina corpuscular média (HCM), volume corpuscular médio (VCM), sódio e hormônio luteinizante (LH), e diminuíram com o aumento nos níveis de hemoglobina glicada (Hb1C); 2) os valores de dX diminuíram com aumento de RBC, Hb, HCM, CHCM, VLDL-C, Tg, ureia, creatinina, pótássio e cortisol, e aumentaram com aumento de RDW; 3) os valores de dX/H50 mantiveram o mesmo padrão das correlações de dX, exceto para os níveis de ureia e creatinina. Esses resultados sugerem que o aumento na estabilidade de eritrócitos após o programa de treinamento foi dirigido pelo aumento no RDW, já que este foi a único parâmetro que mostrou uma relação direta com dX/H50, e talvez pela diminuição nos níveis de Hb1C, que foi o único parâmetro que apresentou uma relação inversa com H50, embora o declínio de Hb1C após o programa de treinamento não tenha sido estatisticamente significante.
Abstract: The intake of energy excess and sedentary lifestyle are conditions associated with the development of obesity and resistance to insulin action. The origin of this resistance is tentatively explained by several theories, which include the theory of membrane resistance, whereby an excessive content of cholesterol would be a determinant of changes in the behavior of this cellular barrier, particularly in the transduction of hormonal signals. These changes in the membrane behavior would result from the excess supply of cholesterol and would occur in all cells of the human organism, with the greatest impact on myocytes, which are responsible for a significant consumption of glucose from the blood. The composition and behavior of the erythrocyte membrane is also influenced blood levels of cholesterol and glucose, such that these cells constitute a minimally invasive model to study the behavior of membranes in situations of energy homeostasis break, as occurs in obesity. The osmotic stability of the erythrocyte represents a representative property of the behavior of the cell membrane. It can be conveniently studied by analyzing the sigmoidal curve of the dependence of light absorbance of hemoglobin released in the lysis produced by a hypotonicity gradient. This curve can be adjusted to the Boltzmann equation, with determination of the salt concentration in the point of half transition (H50) and the variation in the concentration of salt required to promote the lysis transition (dX). The variables H50 and dX present inverse and direct relationships, respectively, with the osmotic stability of erythrocytes. The reason dX/H50 is a combined variable that presents a direct relation with the stability of erythrocyte membrane. In this study, the stability of erythrocytes was assessed before and after an activity program that included nutritional and psychological counseling, as well as four weekly sessions of aerobic and resistance exercises, lasting 30 minutes each session, for five months, in a population consisting of 44 adolescents (16 males and 28 females). To understand the interrelationships of the behavior of erythrocytes with variables subject to change during the training program established, were also evaluated anthropometric, hematological, biochemical, hormonal, and some biomarkers of organs and tissues integrity. The study ended with 21 adolescents (8 males and 13 females). At the end of the program of training, there was a decrease in all anthropometric variables considered (body mass, body mass index, waist circumference and fat content); an increase of some of the hematological variables [hemoglobin (Hb), hematocrit (Ht), mean corpuscular volume (MCV) and distribution width of red blood cells (RDW)]; a reduction in blood lipids (total cholesterol, VLDL-C and triglycerides); elevation in the blood levels of creatinine and sodium and decrease in the potassium levels; elevation in the blood concentrations of total and direct bilirubin and decreased activity of γ-glutamyl transferase (γGT); decreased levels of thyroid stimulating hormone (TSH) and elevated levels of free thyroxine (FT4) and follicle- stimulating hormone (FSH); and increased stability of erythrocytes. A cross-sectional treatment of the correlations between the variables of stability and each of the variables analyzed in the study showed that: 1) the values of H50 increased with increase in hemoglobin, mean corpuscular hemoglobin (MCH), mean corpuscular volume (MCV), sodium and luteinizing hormone (LH) and decreased with increasing levels of glycated hemoglobin (Hb1C); 2) the values of dX decreased with increase in RBC, Hb, MCH, MCHC, VLDL-C, Tg, urea, creatinine, potassium and cortisol, and increased with increase in RDW; 3) the values of dX/H50 maintained the same pattern of dX correlations, except for urea and creatinine levels. These results suggest that the increased stability of erythrocytes after the training program was driven by an increase in RDW, since this was the only parameter that showed a direct relationship with dX/H50, and perhaps by decreasing levels of Hb1C, which was the only parameter that showed an inverse relationship with H50, although the decline in Hb1C after the training program was not statistically significant.
Keywords: Bioquímica
Membranas (Biologia)
Obesidade
Exercício
Eritrócitos
Estabilidade
Obesity
Exercise
Erythrocytes
Stability
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Genética e Bioquímica
Citation: HUSS, Juliana Carla da Costa. Efeito do tratamento multiprofissional sobre a relação da estabilidade de membrana de eritrócitos com variáveis sanguíneas em adolescentes obesos. 2012. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15865
Issue Date: 31-Jul-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Genética e Bioquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoTratamentoMultiprofissional.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.