Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15811
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Análise de biomarcadores salivares e plasmáticos após realização de um esforço submáximo em mulheres com hipotireoidismo subclínico tratadas com L-tiroxina sódica
Author: Lamounier, Romeu Paulo Martins Silva
First Advisor: Espindola, Foued Salmen
First coorientator: Resende, Elmiro Santos
Summary: CAPÍTULO I: Vários estudos associam o hipotireoidismo subclínico a fatores de risco para doença aterosclerótica, mas poucos correlacionam este distúrbio à diminuição da tolerância ao esforço físico e sua relação com os biomarcadores salivares. Neste contexto, a reposição hormonal com o emprego da L-tiroxina no tratamento destes pacientes permanece controvertida. O exercício induz o aumento no recrutamento de unidades motoras e alterações bioquímicas nos sistemas corporais que modificam a composição de alguns componentes do sangue e saliva, entre outros fluidos corporais. Essas alterações podem ser usadas como indicadores da resposta fisiológica dos vários sistemas. A análise de componentes salivares, tais como, eletrólitos, proteína total e atividade da a-amilase para detectar o limiar salivar (LAsa), e atividade elétrica do músculo para detectar o limiar eletromiográfico (EMGlan) podem representar uma alternativa não invasiva na determinação da intensidade de exercício correspondente ao limiar anaeróbio (LAN). CAPÍTULO II: Pacientes com hipotireoidismo subclínico tratados com L-tiroxina sódica realizaram teste de esforço físico em ciclo ergômetro. Selecionou-se oito voluntários do sexo feminino com idade 51,8±4,9 anos, com níveis hormonais de TSH acima de 4,4mU/dl e T3 total e T4 livre no plasma com níveis normais. Os voluntários não apresentavam sinais clínicos de hipotireoidismo. Investigouse as possíveis alterações causadas pelo tratamento com L-tiroxina e exercício físico através das concentrações de lactato sangüíneo, proteína total, IgA e óxido nítrico (NO) salivares, atividade da alfa-amilase salivar e tolerância ao esforço. Monitorou-se os níveis de TSH e FT4, sendo o de TSH antes 7,12±9,59 e após o tratamento 1,0±1,7 m&#956;/dL (p<0,05) e FT4 antes 0,95±0,15 após o tratamento 1,00±0,38 m&#956;/dL. Os valores de lactato e proteína foram mais elevados (p<0,05) quando comparados antes e após a administração de L-tiroxina na realização do teste de esforço. O deslocamento para direita do ponto de limiar de lactato sanguineo, proteína total salivar e o aumento de um estágio no teste incremental refletiram uma maior adaptação ao exercício após o tratamento. Além dos níveis de lactato sanguineo e da proteína total salivar a concentração de NO salivar, também foram mais altos após o teste de esforço quando os voluntários foram tratados com L-tiroxina (p<0,05). Os valores de atividade da alfa-amilase e de concentração de IgA antes e após o teste de esforço não foram diferentes (p<0,05) em relação ao tratamento com L-tiroxina. Alguns dos biomarcadores salivares analisados neste estudo não sofreram alterações que indicassem uma melhor adaptação após o exercício. Porém, o tratamento com L-tiroxina promoveu alterações do NO salivar e do limiar anaeróbico no teste de esforço físico progressivo tanto quando avaliado pela mensuração do lactato sanguíneo e proteína total salivar. Estes dados sugerem que a reposição de L-tiroxina aumenta a tolerância ao esforço físico.
Abstract: Patients with subclinical hypothyroidism treated with sodium L-thyroxine realized test of physical effort in cycle ergometer to investigate the alterations in the concentrations of blood lactate; total protein, immunoglobulin A, nitric oxide, alpha-amylase activity, present in the saliva; and tolerance to the physical effort. We selected eight female volunteers aged 51.8 ± 4.9 years, TSH > 4.4 mU/dL, total T3 and free T4 in the plasma and without clinical signs of hypothyroidism. The values of blood lactate and salivary total protein was more raised (p<0.05) when compared before and after the administration of L-thyroxine in the realization of the effort test. The displacement for right of the point of threshold of blood lactate, salivary total protein and the increase of a stage of training in the incremental test reflected a greater adaptation to the exercise after the treatment. The values of blood lactate, salivary total protein and salivary nitric oxide, before and after the test, was greater when the volunteers was treatment with L-thyroxine (p<0.05). The values of salivary alpha-amylase activity and concentration of salivary immunoglobulin A, after and before the effort test, hadn t difference (p<0.05) in relation to the treatment with L-thyroxine. Some of biomarkers analyzed in this study had not alterations that indicated one better adaptation after the exercise. However, the treatment with L-thyroxine showed alterations of the salivary nitric oxide and the anaerobic threshold in the test of physical effort when evaluated by the measure of blood lactate and salivary total protein. These data showed that the replacement of L-thyroxine increases the tolerance to the physical effort.
Keywords: L-Tiroxina
Exercício
Lactato
Saliva
IgA
Óxido nítrico
Amilase
Hypothyroidism
L-Thyroxine
Exercise
Lactate
Imunoglobulina A
Nitric oxide
Amylase
Hipotireoidismo
Tiroxina
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Genética e Bioquímica
Quote: LAMOUNIER, Romeu Paulo Martins Silva. Análise de biomarcadores salivares e plasmáticos após realização de um esforço submáximo em mulheres com hipotireoidismo subclínico tratadas com L-tiroxina sódica. 2007. 57 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15811
Date of defense: 28-Feb-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Genética e Bioquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
aromeu.pdf425.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.