Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15785
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Resistência a antimicrobianos em Staphylococcus aureus
Author: Faria, Rafael César Bolleli
First Advisor: Bonetti, Ana Maria
First member of the Committee: Vieira, Carlos Ueira
Second member of the Committee: Teixeira, David Nascimento Silva
Summary: Staphylococcus aureus resistentes a múltiplos antibióticos representam um grande problema no controle das infecções hospitalares. O perfil de resistência a antimicrobianos de isolados de S. aureus presentes em cateteres vasculares central de pacientes internados em leitos do centro de terapia intensiva do Hospital Escola da Universidade Federal do Triângulo Mineiro foi avaliado por meio de testes antimicrobianos, pelos quais foi possível detectar um elevado nível de resistência à penicilina (94,7%) e ampicilina (86,8%), considerando-se somente as amostras que possuíam resistência, além de uma cepa resistente à vancomicina. A avaliação da resistência à oxacilina foi confirmada por PCR através da presença do gene mecA. A associação dos resultados obtidos no teste fenotípico com a presença do gene mecA, considerado um método de referência, foi confirmada através da Tabela de Contingência e do Teste de Χ2 com correção de Yates. Em 49 amostras avaliadas, 23 apresentaram resistência à oxacilina, sendo possível detectar a presença do gene de resistência mecA em 21 amostras. O teste de tipagem molecular por RAPD permitiu a separação dos grupos fenotípicos em dois padrões diferentes de agrupamento, os que possuíam resistência e os sensíveis aos antimicrobianos, com uma dissimilaridade de 73,3%. Há maior similaridade genética entre grupos que apresentam o mesmo tipo de resistência, confirmando assim as análises fenotípicas. Marcadores moleculares para detecção de resistência à oxacilina, como o gene mecA, foram mais sensíveis que os marcadores fenotípicos.
Abstract: Multiple antibiotic resistant Staphylococcus aureus represent a big problem in the control of hospital infections. Resistance pattern of isolated S. aureus presented in central vascular catheter of patients interned in the Intensive Therapy Center of the School Hospital of the Universidade Federal do Triângulo Mineiro was evaluated by antimicrobial tests, in which it was possible to detect high level of resistance to penicillin (94.7%) and ampicillin (86.8%), only considering the samples that presented resistance, beyond one strain that presented resistance to vancomycin. The oxacillin resistance evaluation was confirmed by PCR with the presence of the gene mecA. The association of the results obtained in the phenotypic test with the presence of the gene mecA, considered the reference method, was confirmed through the Table of Contingency and the Test of Χ2 with Yates correction. In 49 isolates evaluated, 23 were resistant to oxacillin, being possible to detect the mecA gene in 21 samples. The test of molecular screening by RAPD allowed the separation of the phenotypic groups in two different grouping patterns, the ones that presented resistance to antimicrobials and the sensible ones, with a dissimilarity of 73,3%. There is a higher genetic similarity between groups that present the same type of resistance, thus confirming the phenotypic analyses. Molecular markers for detection of resistance to oxacillin, like the gene mecA, were more sensitive than the phenotypic markers.
Keywords: Staphylococcus aureus
Resistência antimicrobiana
Gene mecA
RAPD
Antimicrobial resistance
MecA gene
Genética bacteriana
Bactérias patogênicas
Microorganismos - Efeitos de drogas
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Genética e Bioquímica
Quote: FARIA, Rafael César Bolleli. Resistência a antimicrobianos em Staphylococcus aureus. 2008. 48 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15785
Date of defense: 28-Feb-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Genética e Bioquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rafael Cesar.pdf353.31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.