Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15713
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Caracterização Cariotípica de espécies de peixes do gênero Astyanax: uma contribuição para a análise da biodiversidade do grupo
metadata.dc.creator: Torres-mariano, Alessandra Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Morelli, Sandra
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Bonetti, Ana Maria
metadata.dc.contributor.referee1: Redondo, Rodrigo Aparecido Fernandes
metadata.dc.contributor.referee2: Spano, Mario Antonio
metadata.dc.contributor.referee3: Bertollo, Luiz Antônio Carlos
metadata.dc.contributor.referee4: Santos, Isabel Cristina Martins dos
metadata.dc.description.resumo: Astyanax constitui um gênero numeroso da família Characidae, encontrado desde a Argentina até a fronteira do México com os Estados Unidos. Nesse gênero já foram descritas quase 100 espécies, porém existem dificuldades na identificação delas por apresentarem morfologias muito similares. Nesse sentido a citogenética tem sido uma excelente ferramenta citotaxonômica. A espécie Astyanax bockmanni, anteriormente chamada de A. eigenmanniorum, foi descrita recentemente e está distribuída em riachos do Alto Paraná, nas regiões centro-oeste, sudeste e sul do Brasil. Ela apresenta 2n = 50 cromossomos na maioria das populações estudadas, porém na população do Córrego dos Caetano (bacia do Rio Araguari), o número diplóide encontrado foi 2n=48, com a presença de um ou dois cromossomos supranumerários metacêntricos grandes em fêmeas. No presente trabalho, essa população foi analisada com o intuito de localizar os genes ribossômicos 5S e 18S, além de caracterizar a heterocromatina que forma o cromossomo B. As regiões organizadoras de nucléolos impregnadas com nitrato de Prata (AgNORs) nessa população são múltiplas e a hibridação in situ fluorescente (FISH) destacou seis cromossomos. A sonda 5S localizou sítios pericentroméricos em um par de cromossomos metacêntricos e teloméricos em um par de acrocêntricos. Astyanax scabripinnis foi considerado um complexo de espécies, depois de serem analisados morfológica e citogeneticamente. Esse complexo é composto por 15 espécies, incluíndo A. paranae. Dentro desse grupo, o número cromossômico varia entre 2n=46, 2n=48 e 2n=50, com muitas populações apresentando cromossomos supranumerários. As regiões organizadoras de nucléolos (NOR) são, na maioria das vezes, múltiplas tanto em análises de AgNORs como por FISH, com sonda de DNAr 18S. No presente estudo, foram analisados os cariótipos de três populações de Astyanax sp gr A. paranae, provenientes do Córrego dos Caetano, Córrego Quilombo e de um açude formado por uma nascente que deságua no Córrego dos Caentano, pertencentes à bacia do Rio Araguari. O número de cromossomos nas 3 populações é 2n=50, embora com variações nas fórmulas cariotípica. A análise dos cromossomos após coloração com os fluorocromos CMA3 e DAPI, AgNOR, assim como dos sítios de DNAr 5S e 18S por FISH, permitiram localizar os genes ribossomais nos cromossomos, determinar o seu número e estabelecer algumas particularidades em relação às populações estudadas. As características cromossômicas específicas de cada população estão provavelmente correlacionadas com o isolamento geográfico existente entre as mesmas.
Abstract: A cytogenetic study was conducted on an Astyanax eigenmanniorum population from the Caetano Stream (18° 44' 56" S/ 048° 18' 39" W) - in Uberlândia, MG, Brazil - showing a modal diploid number of 48 chromosomes in the standard male and female karyotypes. However, in several specimens it was also possible to observe metaphases with one or two B chromosomes, increasing the diploid number to 49 or 50 chromosomes, respectively. The supernumerary chromosomes were totally heterochromatic and highlighted after C-banding. The silver-stained nucleolus organizing regions (AgNORs) were located in at least five chromosomes of the standard karyotype, thus characterizing a multiple NOR system in the species. This is the first occurrence of an A. eigenmanniorum population with 2n = 48 chromosomes, bearing supernumerary chromosomes.
Keywords: Peixe - Genética
Astyanax (Peixe) - Genética
Peixe - Genética
Astyanax (Peixe) - Genética
Characidae
Astyanax eigenmanniorum
Supernumerary chromosome
Heterochromatin
Nucleolus organizing regions (NORs)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Genética e Bioquímica
Citation: TORRES-MARIANO, Alessandra Ribeiro. Caracterização Cariotípica de espécies de peixes do gênero Astyanax: uma contribuição para a análise da biodiversidade do grupo. 2010. 77 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15713
Issue Date: 28-Jan-2010
Appears in Collections:TESE - Genética e Bioquímica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Alessandra.pdf4.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.