Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15535
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O que é e o que poderia ser: um estudo sobre o conceito de razão de Herbert Marcuse (1936-1955)
metadata.dc.creator: Silva, Juliano César da
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Rafael Cordeiro
metadata.dc.contributor.referee1: Gomide, Ana Paula de ávila
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Robespierre de
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho pretende investigar o conceito de razão no pensamento de Marcuse no período compreendido entre 1936 e 1955. Ele principia por mostrar que, nos textos mais relevantes da década de 1930, esse conceito já desempenha o papel central na construção teórico-crítica do filósofo. Na apreciação de obras da década seguinte, evidencia que a razão recebe um novo contorno pelo aparecimento do termo razão tecnológica , o que parece ser uma ruptura com o sentido tradicional do conceito. Finalmente, ele toma a obra Eros e civilização, demonstrando o que Marcuse entende por razão libidinal e como esse termo é uma tentativa de se manter fiel aos princípios originários da Teoria Crítica. Este trabalho pretende mostrar também que ao conceito de razão sempre estão relacionados outros, como os de liberdade e felicidade, e que por ele se pode entender como o autor criticou o Iluminismo e a ordem social vigente sem deixar de ser um teórico da revolução e um defensor da inseparabilidade entre teoria e prática.
Abstract: This work purposes to investigate the concept of reason in Marcuse‟s thought in the period between 1936 and 1955. It begins by showing that, in most relevant texts of the 1930s, this concept already plays a central role in theoretical-critical project of philosopher. In assessing works of the next decade, it reveals that the reason receive a new outline by the appearance of the term "technological reason", which seems to be a break with the traditional sense of the concept. Finally, it takes the work Eros and civilization demonstrating what Marcuse meant by "libidinal reason" and how this term is an attempt to remain faithful to the original principles of the Critical Theory. This work aims to show also that others concepts always are related of reason one, such as freedom and happiness, and that makes it possible to comprehend how the author criticized the Enlightenment and the prevailing social order while he has been a theorist of revolution and a defender of the union between theory and practice.
Keywords: Teoria crítica
Marcuse
Razão
Liberdade
Felicidade
Critical theory
Marcuse
Reason
Freedom
Happiness
Marcuse, Herbert, 1898-1979 - Crítica e interpretação
Filosofia alemã - Séc. XX
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Filosofia
Citation: SILVA, Juliano César da. O que é e o que poderia ser: um estudo sobre o conceito de razão de Herbert Marcuse (1936-1955). 2010. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15535
Issue Date: 16-Apr-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Juliano.pdf772.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.