Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15534
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorPinheiro, Jorge Luiz Abrantes
dc.date.accessioned2016-06-22T18:42:44Z-
dc.date.available2011-04-25
dc.date.available2016-06-22T18:42:44Z-
dc.date.issued2010-08-26
dc.identifier.citationPINHEIRO, Jorge Luiz Abrantes. A evolução do altruísmo e do senso moral. 2010. 123 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15534-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectNaturalismopor
dc.subjectÉtica modernapor
dc.subjectAltruísmopor
dc.subjectDarwinismo socialpor
dc.subjectEvolucionismo - Filosofiapor
dc.subjectAltruísmopor
dc.subjectAltruísmo biológicopor
dc.subjectSenso moralpor
dc.subjectDarwinismopor
dc.subjectAltruismeng
dc.subjectBiological altruismeng
dc.subjectMoral senseeng
dc.subjectNaturalismeng
dc.subjectDarwinismeng
dc.titleA evolução do altruísmo e do senso moralpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Bonella, Alcino Eduardo
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728789P4por
dc.contributor.referee1Almada, Leonardo Ferreira
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4744294U8por
dc.contributor.referee2Birchal, Telma de Souza
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761169J4por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4258418J2por
dc.description.degreenameMestre em Filosofiapor
dc.description.resumoO presente trabalho trata do esforço empreendido por cientistas e filósofos naturalistas para explicar o altruísmo e o senso moral por meio de uma abordagem evolucionista. Nos últimos dois séculos essa abordagem encontrou sérias dificuldades para explicar o altruísmo, pois o núcleo impulsionador da evolução que é seleção natural, entendido como a luta pela vida , sempre pareceu negar a possibilidade da evolução dos comportamentos altruístas. Os biólogos, então, para explicar o comportamento altruísta, lançaram mão de algumas estratégias teóricas como a seleção de grupo, seleção de parentesco e altruísmo recíproco apoiado no dilema do prisioneiro. Embora, existam muitas evidências de que essas estratégias teóricas esclarecem muitos dos comportamentos altruístas em animais, não está tão claro que expliquem esse mesmo comportamento em seres humanos. A explicação do senso moral pela abordagem evolutiva também enfrenta dificuldades. Desde Darwin muitos biólogos, psicólogos, antropólogos e filósofos tentam encontrar uma maneira de explicar como o senso moral pode ter evoluído por meio da seleção natural.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Filosofiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIApor
dc.publisher.departmentCiências Humanaspor
dc.publisher.initialsUFUpor
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Jorge.pdf936.64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.