Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15526
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O conceito de estetização da política em Walter Benjamin : a mídia e o estado em tempos de barbárie
metadata.dc.creator: Vieira, Gabriel do Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: Guido, Humberto Aparecido de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Souza, Antônio Alvimar
metadata.dc.contributor.referee2: Danelon, Márcio
metadata.dc.description.resumo: Este estudo situa suas reflexões com maior ênfase no segundo período da trajetória filosófica de Walter Benjamin, identificada por Rochlitz como uma fase em que seus escritos colocamse mais incisivamente a serviço do engajamento político. Procuramos destacar de sua teoria estética da arte o percurso de sua análise sobre a estetização da política e a politização da arte. A pretensão é não satisfazer apenas com os escambos que a estetização da política e da vida provocaram nos países capitalistas industrializados, mas vislumbrar as possibilidades de emancipação dos indivíduos. Dessa forma o caminho trilhado passa por uma reflexão sobre a filosofia de Walter Benjamin e análise do processo de destruição da aura das artes descrito em seu ensaio A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica de1936. Afastando-se de uma ordem cultual essa arte emancipada afirma seu valor de exposição e provoca uma nova percepção estética, de natureza coletiva e muito mais sintonizada com as exigências da sociedade massificada pelos processos de urbanização e industrialização. Vivendo em um tempo onde reina a barbárie da guerra e do totalitarismo político, Walter Benjamin procura imprimir, em sua análise, uma perspectiva dialética no sentido de suscitar uma intervenção revolucionária das massas politizadas por meio do cinema e o teatro épico e da arte de vanguarda amplamente reproduzidas. Objetiva-se, ainda, demonstrar a prevalência da estetização da política ancorada na forte interferência da mídia na vida social e política das sociedades democráticas de capitalismo de mercado, caracterizando-se por uma verdadeira estetização da vida.
Abstract: This study points out its reflections with bigger emphasis in as the period of the philosophical trajectory of Walter Benjamin, identified for Rochlitz as a phase where its writings more incisively place the service of the enrollment politician. We look for to detach of its aesthetic theory of the art the passage of its analysis on the of the politics and the politicalization of the art. The pretension is not to satisfy only with the trades that the aesthetical of the politics and the life they had provoked in the industrialized capitalist countries, but to glimpse the possibilities of emancipation of the individuals. Of this form the trod way passes for a reflection on the philosophy of Walter Benjamin and analysis of the process of destruction of the aura of the arts described in its assay the work of art in the age of its reproducibility technique de1936. Moving away itself of cult order this emancipated art affirms its value of exposition and provokes a new aesthetic perception, of nature collective and not syntonized with the requirements of the society of masses for the processes of urbanization and industrialization. Living in a born in the kingdom time where the barbarity of the war and the totalitarianism politician, Walter Benjamin looks for to print, in its analysis, perspective dialectic in the direction to excite a revolutionary intervention of the masses politicized by means of the cinema and the epic theater and of the widely reproduced art of vanguard. Objective, still, to demonstrate to the prevalence of the aesthetical of the politics anchored in the strong interference of the media in the social life and politics of the democratic societies of market capitalism, characterizing itself for a true aesthetical of the life.
Keywords: Estetização
Política
Arte
Emancipação
Walter Benjamin
Aesthetic
Politics
Art
Emancipation
Benjamin, Walter, 1892-1940 - Crítica e interpretação
Filosofia alemã - Séc. XX
Estética
Arte - Filosofia
Ciência política - Filosofia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Filosofia
Citation: VIEIRA, Gabriel do Nascimento. O conceito de estetização da política em Walter Benjamin : a mídia e o estado em tempos de barbárie. 2009. 95 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15526
Issue Date: 10-Jul-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriel.pdf770.69 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.