Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15262
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Extração de compostos bioativos de folhas de Vernonia amygdalina Delile utilizando dióxido de carbono em condições supercríticas
metadata.dc.creator: Costa, Fabíola Medeiros da
metadata.dc.contributor.advisor1: Watanabe, érika Ohta
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Hori, Carla Eponina
metadata.dc.contributor.referee1: Ferreira, Juliana de Souza
metadata.dc.contributor.referee2: Ávila Neto, Cícero Naves de
metadata.dc.contributor.referee3: Giufrida, Willyan Machado
metadata.dc.description.resumo: A espécie Vernonia amygdalina Delile é conhecida por várias sinonímias populares nas regiões brasileiras como: boldo, boldo-bahiano, boldo-goiano, alumã, figatil, heparém e árvore-do-pinguço. Ela está associada ao tratamento e ao controle de mais de vinte doenças e como paliativo na medicina popular. Além de ser utilizada na medicina humana, está associada também à medicina veterinária e zoofarmacognósia. Considerando as doenças que são rotineiramente tratadas com a planta, pode-se verificar a utilização das folhas contra doenças do trato gastrointestinal, tais como diarreia, constipação, dor de estômago, vermes intestinais e infecções bacterianas. A aplicação da tecnologia supercrítica para a extração de compostos bioativos desta espécie pode ser atrativa, devido à baixa temperatura de operação e alta pureza dos extratos. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o rendimento global de extração e a atividade antioxidante e identificar os constituintes fitoquímicos dos extratos obtidos com CO2 pressurizado de Vernonia amygdalina Delile sob variação dos parâmetros pressão, temperatura e tempo de pré-extração e compará-los com os extratos obtidos pelo método convencional Soxhlet, com os solventes hexano, diclorometano e etanol. A extração supercrítica ocorreu nas temperaturas de 40, 50 e 60 °C e em pressões 100, 150, 200 e 250 bar. Os extratos supercríticos da planta apresentaram o rendimento global de 0,78% a 1,48% para o tempo de pré-extração de 30 min, já para 60 min foi de 0,71% a 1,39%. A condição de extração que favoreceu o maior rendimento para as folhas secas foi de 60 °C e 250,0 bar (1,48% para o tempo de pré-extração de 30 min e 1,39% para o tempo de 60 min). Foi possível identificar alguns componentes majoritários na espécie como: o ácido palmítico (10,02 19,01%), fitol (4,63 11,82%), ácido 9,12-octadecadienóico (9,84 20,49%), ácido α-linolênico (10,89 28,04%) e ácido octadecanóico (2,37 15,20%). No entanto, não foi possível identificar vários componentes que apresentaram composições elevadas, em relação ao percentual em área, pois alguns componentes que estão presentes nas folhas da espécie encontram-se em fase de pesquisa. Além disso, testes de atividade antioxidante mostraram que o material testado apresentou baixo poder antioxidante exibindo valores de CE50 entre 622,62 a 937,88 μg/mL. Sendo assim, a extração supercrítica se mostrou como um método promissor para a obtenção de compostos bioativos da Vernonia amygdalina Delile utilizados para desenvolvimento de medicamentos a base de produtos naturais, em virtude das várias vantagens, tais como: não deixa resíduos no extrato, não poluente, inodoro.
Abstract: The species Vernonia amygdalina Delile is known in the Brazilian regions as boldo, boldo-bahiano, boldo-goiano, alumã, figatil, heparém e árvore-do-pinguço. It is used in folk medicine for the treatment and control of over twenty diseases. Besides being used in human medicine, it is also associated with veterinary and zoofarmacognosy medicine. Considering the diseases that are routinely treated with the plant, it can be verified the use of the leaves against diseases of the gastrointestinal system such as diarrhea, constipation, stomach pain, intestinal worms and bacterial infections. The application of supercritical fluid technology for the extraction of bioactive compounds of this type may be attractive due to the low operating temperature and extracts of high purity. In this context, the aim of this study was to evaluate the overall efficiency of extraction, antioxidant activity and identify the phytochemical constituents of the extracts obtained with pressurized CO2 from Vernonia amygdalina Delile under variation of the parameters pressure, temperature and pre-extraction time and compare them with the extracts obtained by the conventional method Soxhlet using hexane, dichloromethane and ethanol. The supercritical extraction occurred at temperatures of 40, 50 and 60 °C and at pressures of 100, 150, 200, 250 bar. Tests of antioxidant activity were performed. The supercritical extracts of the plant showed the overall yield of 0.78% to 1.48% for 30 min of pre-extraction time, and 0.71% to 1.39% for 60 min. The extraction condition which favors the highest yield for the dry leaves was 60 °C and 250.0 bar. It was possible to identify some major components in species such as palmitic acid, phytol, 9,12-octadecadienoic acid, α-linolenic acid and octadecanoic acid. However, it was not possible to identify various components with high concentration in relation to percentage of area, so many components that are present in the leaves of the species still are in research phase. Furthermore, the material tested showed low antioxidant exhibiting EC50 values ranging from 622.62 to 937.88 μg/mL. Thus, the supercritical extraction tends to be a better method than the extraction to obtain bioactive compounds from Vernonia amygdalina Delile used to develop drugs based on natural products, because of several advantages, such as non-polluting, odorless and leaving no residue in the extract, among others.
Keywords: Vernonia Amygdalina Delile
Extração supercrítica
Atividade antioxidante
Supercritical extraction
Antioxidant activity
Boldo
Extração (Química)
Compostos bioativos
Antioxidantes
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Química
Citation: COSTA, Fabíola Medeiros da. Extração de compostos bioativos de folhas de Vernonia amygdalina Delile utilizando dióxido de carbono em condições supercríticas. 2015. 94 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15262
Issue Date: 30-Jul-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ExtracaoCompostosBioativos.pdf2.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.