Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15160
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Aproveitamento de efluente gorduroso gerado por abatedouro e frigorífico para produção de biossurfactante
metadata.dc.creator: Borges, Wesley da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Resende, Miriam Maria de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Cardoso, Vicelma Luiz
metadata.dc.contributor.referee1: Vieira, Patrícia Angélica
metadata.dc.contributor.referee2: Coutinho Filho, Ubirajara
metadata.dc.contributor.referee3: Servulo, Eliana Flavia Camporese
metadata.dc.description.resumo: Os surfactantes produzidos por micro-organismos apresentam as mesmas características dos surfactantes sintéticos, sendo capazes de reduzir a tensão superficial em soluções aquosas e em misturas de hidrocarbonetos Neste trabalho estudou-se a produção de biossurfactante por fermentação de gorduras provenientes de flotadores de estação de tratamento de efluentes de abatedouros de aves e suínos, contendo 19,48 g/L de gordura e 0,2 g/L de nitrogênio. Avaliou-se a produção de raminolipídeo empregando duas linhagens de Pseudomonas aeruginosa (ATCC 9027 e 10145) em relação às variáveis de processo: concentração de efluente gorduroso, concentração de nitrogênio, pela adição de nitrato de amônio, e concentração de levedura cervejeira autolisada residual, aplicando um planejamento fatorial (PF) e um planejamento composto central (PCC). Os experimentos ocorreram em um reator batelada, modelo B. Braun International com volume útil de 1,5 L para fermentações em 48 horas com nível de aeração de 0,5 vvm, velocidade de agitação de 550 rpm e concentração inicial do micro-organismo de 1,0 ± 0,2 g/L de células. Os resultados do PF mostraram que a linhagem Pseudomonas aeruginosa ATCC 10145 apresentou-se como a mais eficiente para produzir biossurfactante em relação à ATCC 9027, pois nas mesmas condições das variáveis de processo, a linhagem ATCC 10145 conseguiu produzir 0,94 g/L a mais de raminose e reduzir em 0,8 dina/cm a tensão superficial do meio em relação ao resultado obtido pela ATCC 9027. Além disso, a linhagem ATCC 10145 apresentou índice de emulsificação de 100% e crescimento celular 1,17 g/L a mais que ATCC 9027, apresentando um produção do raminolipídeo parcialmente associada ao crescimento celular, com o melhor tempo de fermentação de 48 horas. Com a linhagem escolhida pelo PF, fez-se uma otimização dos resultados em um PCC. As variáveis utilizadas no PCC foram: concentração de efluente, concentração de nitrato de amônio e concentração de levedura cervejeira autolisada residual. Na otimização dos resultados, a melhor concentração de efluente para a produção do biossurfactante com Pseudomonas aeruginosa ATCC 10145 foi de 60 g/L, com concentração de levedura cervejeira autolisada residual de 15 g/L, sem a adição de nitrato de amônio como fonte de nitrogênio, alcançando 3,84g/L de raminose e 100% de índice de emulsificação.
Keywords: Biossurfactante
Efluente gorduroso
Raminose
Biosurfactant
Fatty effluent
Rhamnose
Agentes ativos de superficies
Controle de processos químicos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Química
Citation: BORGES, Wesley da Silva. Aproveitamento de efluente gorduroso gerado por abatedouro e frigorífico para produção de biossurfactante. 2011. 125 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15160
Issue Date: 9-Feb-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Wesley.pdf2.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.