Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15101
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Biotratamento de efluente contaminado por hidrocarbonetos de petróleo
metadata.dc.creator: Vieira, Patrícia Angélica
metadata.dc.contributor.advisor1: Cardoso, Vicelma Luiz
metadata.dc.contributor.advisor-co1: França, Francisca Pessoa de
metadata.dc.contributor.referee1: Resende, Miriam Maria de
metadata.dc.contributor.referee2: Nishiyama, Luiz
metadata.dc.contributor.referee3: Xavier, Alcina Maria Fonseca
metadata.dc.contributor.referee4: Mei, Lúcia Helena Innocentini
metadata.dc.contributor.referee5: Oliveira, Fernando Jorge Santos de
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho avaliou a capacidade de biodegradação aeróbia de hidrocarbonetos presentes em efluente contaminado por óleo diesel e gasolina, empregando culturas puras (Pseudomonas aeruginosa ATCC 10145, Pseudomonas aeruginosa ATCC 9027, Pseudomonas aeruginosa PATC) e mista (C1). Após a adaptação destas culturas ao efluente contaminado (com correção das concentrações de nitrogênio e fósforo) foi realizada a cinética de biodegradação, durante 42 dias de processo. Os resultados da cinética mostraram, que as culturas C1 e as Pseudomonas aeruginosa ATCC 10145 apresentaram maior potencial de biodegradação em relação à resposta remoção de TPH. Visando reduzir os custos operacionais foi realizada a substituição de extrato de levedo por levedura cervejeira residual autolizada (LCA) para as duas culturas selecionadas e os resultados mostraram, que a substituição não proporcionou prejuízos na remoção de TPH. Visando otimizar e verificar a influência das variáveis concentrações de nitrogênio, fósforo e inóculo, na resposta remoção de TPH, foi empregado um planejamento composto central (PCC), utilizando a cultura C1. As concentrações de nutrientes e inóculo otimizadas proporcionaram remoções de TPH de 71,5%, após 3 dias de processo de decomposição. Nesta mesma condição, os resultados cromatográficos mostraram as seguintes frações percentuais de remoção de degradação dos hidrocarbonetos identificados: 87,1 para as parafinas, 77,7 para as isoparafinas, 78,6 para as olefinas, 38,4 para os naftênicos e 71,7 para os aromáticos. Posteriormente, foi realizado o segundo planejamento composto central (PCC), visando otimizar e verificar a influência do intervalo de aeração e do nível de agitação na resposta remoção de TPH. As condições otimizadas proporcionaram remoções de TPH de 75,9%, após 3 dias de processo. Os resultados cromatográficos mostraram os seguintes valores percentuais de degradações das classes de hidrocarbonetos identificados: 91,8 para as parafinas, 83,3 para as isoparafinas, 80,9 para as olefinas, 39,3 para os naftênicos e 80,9 para os aromáticos. Na última etapa do trabalho foi realizado o estudo comparativo do processo de biodegradação do efluente contaminado sob as condições com aeração constante (AC), sem aeração (SA) e aeração intermitente (AI). Os resultados mostraram, que a condição AI apresentou os melhores resultados de remoções de TPH, durante os 22 dias de processo, seguido da condição AC e SA. Para a condição AI foi verificado ao final de 22 dias de processo uma remoção de TPH de 90%. Os resultados cromatográficos ao final do processo mostraram os seguintes valores percentuais de degradação dos hidrocarbonetos identificados: 99,6 para as parafinas, 94 para as isoparafinas, 95,4 para as olefinas, 70,8 para os naftênicos e 83,4 para os aromáticos. Podese observar, por meio dos resultados obtidos, que este trabalho conseguiu proporcionar uma evolução no aumento da remoção de TPH, após a otimização das condições operacionais de processo, empregando a cultura mista. Esta evolução, muitas vezes, não é verificada em diversos trabalhos científicos devido, a erros cometidos durante a etapa de adaptação das culturas ao efluente contaminado. Pois, esta etapa é crucial para a seleção dos microrganismos mais resistentes e com maior capacidade metabólica em biodegradar os contaminantes. Por isto, é necessário estabelecer com critério as condições operacionais desta etapa, que será responsável pela sustentação para os estudos subseqüentes.
Abstract: The present work evaluated the capacity of biodegradation of hydrocarbons present in contaminated effluent for diesel oil and gasoline, using pures (Pseudomonas aeruginosa ATCC 10145, Pseudomonas aeruginosa ATCC 9027, Pseudomonas aeruginosa PATC) and mixed cultures (C1). After the adaptation of these cultures in contaminated effluent (with correction in the phosphorous and nitrogen concentrations) was accomplished the biodegradation kinetic, during 42 days of process. The results of the kinetics showed, that the cultures C1 and the Pseudomonas aeruginosa ATCC 10145 showed higher biodegradation potential in relation to the answer TPH removal. Aiming to reduce the operational costs was accomplished the substitution of yeast extract for autolyzed brewery yeast (ABY) for the two selected cultures and the results showed, that the substituition didn't provide damages in the TPH removal. Aiming to optimize and to verify the influence of the variables nitrogen, phosphorous and inoculum concentrations in the answer TPH removal, a central composite design was used (CCD), employing the culture C1. The optimized nutrients and inoculum concentrations provided TPH removals of 71,5%, after 3 days of process. In this same condition, the results chromatographic showed the following values of degradation of the identified hydrocarbons, in %: 87,1 for the paraffinics, 77,7 for the isoparaffinics, 78,6 for the olefinics, 38,4 for the naftenics and 71,7 for the aromatics. Later, the second central composite design (CCD) was accomplished, aiming to optimize and to verify the influence of the aeration interval and the agitation level in the answer TPH removal. The optimized conditions provided TPH removal of 75,9%, after 3 days of process. And the chromatographic results showed the following results of degradations of the classes of identified hydrocarbons, in % of : 91,8 for the paraffinics, 83,3 for the isoparaffinics, 80,9 for the olefinics, 39,3 for the naftenics and 80,9 for the aromatics. In the last stage of the work was accomplished the comparative study of the process of biodegradation of the contaminated effluent under the conditions with constant aeration (CA), without aeration (WA) and intermittent aeration (IA). The results showed, that the condition IA presented the best results of TPH removals, during 22 days of process, following by the condition CA and WA. For the condition IA was verified at the end of 22 days of process a TPH removal of 90%. And the results chromatographic after the 22 days of process, showed the following values of degradation of the identified hydrocarbons, in % of: 99,6 for the paraffinics, 94 for the isoparaffinics, 95,4 for the olefinics, 70,8 for the naftenics and 83,4 for the aromatics. Through the obtained results can be observed, that this work got to provide an evolution in the increase of the TPH removal, after the optimization of the process operational conditions, using the mixed culture. This evolution, often, it is not verified in several scientific works, because of the mistakes committed during the adaptation stage of the cultures to the contaminated effluent. After all, this stage is crucial for the selection of the most resistant microorganisms and with larger metabolic capacity to biodegradate the pollutants. For this, is necessary to establish with criterion the operational conditions of this stage, that it will be responsible for the sustentation for the subsequent studies.
Keywords: Biodegradação
Combustíveis diesel
Gasolina
Biodegradação de gasolina e óleo diesel
Cultura mista
Hidrocarbonetos totais de petróleo
Aeração intermitente
Biodegradation of gasoline and diesel oil
mixed culture
Total petroleum hydrocarbons
Intermittent aeration
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Química
Citation: VIEIRA, Patrícia Angélica. Biotratamento de efluente contaminado por hidrocarbonetos de petróleo. 2008. 164 f. Tese (Doutorado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15101
Issue Date: 26-Feb-2008
Appears in Collections:TESE - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
patricia.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.