Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14865
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Proposição de Metodologia para Acreditação de Ferramentas Destruidoras de Partes de Colunas Utilizadas em Poços de Petróleo
Other Titles: Proposition of Methodology for Accreditation of Destruction Tools of Column Parts Used in Oil Wells
metadata.dc.creator: Moraes, Rafael da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Vilarinho, Louriel Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Ferraresi, Valtair Antonio
metadata.dc.contributor.referee2: Alfaro, Sadek Crisóstomo Absi
metadata.dc.description.resumo: As operações de exploração e produção de óleo e gás mobilizam somas gigantescas de recursos econômicos e humanos e, portanto, requerem uma grande margem de sucesso. Após ser analisada a viabilidade de exploração de um poço quanto à possível quantidade de petróleo armazenada, se dá início a perfuração. Entretanto, mesmo que inicialmente um poço possa ser altamente viável, ele pode sofrer certos imprevistos que o inviabiliza após certo tempo. Para retomar a operação é necessário realizar a operação de destruição, que visa a desobstrução do poço. Esta operação conta com a utilização de ferramentas especiais, geralmente, de carbonetos de tungstênio, denominadas de ferramentas destruidoras. Dados os altos custos envolvidos, passa a ser essencial que esta ferramenta cumpra com suas funções, ou seja, que ela não falhe e desobstrua o poço. Neste contexto, é de suma importância a garantia da qualidade da fabricação desta ferramenta, que é um processo de brasagem de uma vareta que contém carboneto de tungstênio em uma matriz de alpaca (liga de Cu-Zn-Ni). Desta forma, este trabalho objetiva propor uma avaliação do desempenho e realizar a acreditação de ferramentas destruidoras de partes de colunas utilizadas em poços de petróleo, através da avaliação da matéria-prima (consumíveis), do processo de fabricação e do produto resultante. Para isto foram utilizadas rotinas computacionais, ensaios gravimétricos, de impacto e simulativos. Os resultados mostraram que o processamento e análise de imagens para avaliação de consumíveis se mostraram eficazes. A gravimetria se mostrou adequada para distinguir a porcentagem de massa do carboneto de tungstênio e da alpaca do consumível. O ensaio de impacto de Izod modificado se mostrou eficiente para analisar o tipo de fratura e o local da fratura do depósito brasado. O ensaio simulativo evidenciou a seleção de granulometria e rotação mais apropriada para ser utilizada na operação de destruição em poços de petróleo.
Abstract: Exploration and production of oil and gas mobilize large sums of economic and human resources and, therefore, require a reasonable success perspective. Once an oil-well exploration is analyzed and its viability is demonstrated, the drilling starts. However, even the oil well is initially viable; it can suffer odds events that could stop the exploration. Then, in order to restore the oil production, it is necessary to proceed to the destruction operation, which aims to clean up the well. This operation requires special tools, normally with tungsten carbides, so-called destruction tools. Due to the high costs involved in oil exploration, it is essential that these tools fulfill their functions, i.e., they do not fail and clean up the oil well. Within this context, it is important to assure the quality of manufacturing the destruction tools, which is carried out by brazing process of a stick made of tungsten carbide in a alpaca matrix (alloy of Cu-Zn-Ni). Therefore, this work aims to propose a methodology for accreditation of destruction tools of column parts used in oil wells, through the assessment of consumables, manufacturing process (brazing) and the final tool (simulative test). Computational routines were developed, as well as gravimetric, impact and simulative tests. The results showed that image processing and analyses are effective in the consumable assessment. Gravimetry showed capable of distinguish mass percentage of tungsten carbide and alpaca in the stick (consumable). The modified Izod impact test is a suitable approach for analyzing the fracture shape and local of the brazed deposit. The simulative test highlighted the carbide granulometry and tool rotation that is more appropriated for using during the destruction operation of oil wells.
Keywords: Petróleo
Brasagem
Ferramentas destruidoras
Carbonetos de tungstênio
Oil
Brazing
Destruction tools
Tungsten carbides
Crushed carbides
Ferramentas abrasivas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica
Citation: MORAES, Rafael da Silva. Proposition of Methodology for Accreditation of Destruction Tools of Column Parts Used in Oil Wells. 2010. 203 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14865
Issue Date: 22-Oct-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Rafael p1.pdf10.3 MBAdobe PDFView/Open
Diss Rafael p2.pdf10.26 MBAdobe PDFView/Open
Diss Rafael p3.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.