Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14623
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Análise dos efeitos da fadiga muscular no sinal eletromiográfico de superfície em contrações dinâmicas do bíceps braquial
metadata.dc.creator: Linhares, Nicolai Diniz
metadata.dc.contributor.advisor1: Andrade, Adriano de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Pereira, Adriano Alves
metadata.dc.contributor.referee2: Cavalheiro, Guilherme Lopes
metadata.dc.description.resumo: A fadiga muscular pode ser causada por diversos fatores, e o mais comum deles e o exercício físico. Isso faz com que esse sinal de estresse muscular faça parte da vida de atletas. No entanto, esse fenômeno pode indicar a ocorrência de lesões, doenças neuro-musculares e está ligado à saúde geral do indivíduo, bem como com a alimentação. Determinar o nível de fadiga de um músculo ou de um indivíduo em geral não é simples, pois vários aspectos subjetivos estão envolvidos, incluindo questões psicológicas e hormonais, e talvez não seja possível a determinação de um método universal de quanticação da fadiga muscular. O sinal eletromiográfico (EMG) é conhecido e estudado por refletir o estado da musculatura que o gerou. A eletromiografia é uma ferramenta importante para a avaliação da saúde muscular e conta com diversos estudos e avanços tanto no entendimento de sua formação quanto na sua interpretação. Assim, de antemão, espera-se que a fadiga muscular, que afeta o comportamento natural dos músculos, afete também o sinal eletromiográfico. Nesse trabalho, procurou-se entender, por meio do estudo de diferentes características do sinal EMG, como a ação da fadiga se manifesta no sinal. Na literatura, vários estudos analisam as contrações isométricas, assim decidiu-se por fazer uma avaliação de contrações dinâmicas, as quais são mais naturais no cotidiano. Por uma questão de simplicidade, o músculo escolhido foi o bíceps braquial. Esse músculo foi estimulado por um exercício de rosca em banco scott, um exercício conhecido por isolar bem o músculo trabalhado, de forma que o levantamento do peso é quase todo feito por ação do bíceps. Coletas piloto foram realizadas, nas quais o sinal EMG dos dois bíceps foi registrado em conjunto com a medida de força aplicada na barra. Para a análise dos sinais EMG, três pacotes de software foram desenvolvidos. Um deles foi um programa para controle do eletromiógrafo e registro dos sinais em arquivos texto com cabecalho. Para esse desenvolvimento, utilizou-se C Sharp e .NET. Uma biblioteca para processamento de sinais biológicos foi desenvolvida em Matlab, na qual encontram-se funções de filtragem, detecção de atividade muscular e extração de características tais como amplitude, frequência, entropia e estacionaridade. Por fim, desenvolveu-se um programa para análise de características que usa a biblioteca mencionada e também aplica o algortimo de mapas auto-organizáveis de Kohonnen. Esse programa também foi desenvolvido em Matlab. Todos os programas criados sâo de código aberto e estão disponíveis para download na plataforma GitHub. Uma analise temporal das características foi realizada de forma a agrupar os resultados das características extraídas dos sinais dos 21 voluntários. Essa análise mostrou que a amplitude do sinal aumentou com o avanço da fadiga muscular enquanto a frequência dos sinais se deslocou para esquerda no espectro. Isso indica que as frequências principais diminuiram. Essas tendências para amplitude e frequência são as mesmas registradas na literatura. O estudo mostrou ainda que a entropia diminui com a progressão da fadiga. Duas características de estacionaridade indicaram diminuição, no entanto foram influenciadas pela amplitude. Uma terceira característica, indepentende da amplitude, mostrou que não há alteração signicativa na estacionaridade. A tentativa de agrupamento dos dados com o algortimo de Kohonnen foi frustrada, ja que gerou resultados inconclusivos. Concluiu-se que as características de amplitude, frequência e entropia estão relacionadas com a fadiga muscular. Assim acredita-se ser possível desenvolver, em estudos futuros, um classificador de sinais EMG que faca inferência do nível de fadiga baseado nessas características.
Abstract: The muscle fatigue can be caused by multiple factors, and the most common one is bodywork. As a result, the muscle stress signal becomes part of atlets life. However, this phenom may show injuries incident, neuromuscular diseases, and it is related to the general human being health, as well as with its nutrition. To determine the fatigue level from a muscle or from a person is not that simple, because multiple subjective factors are envolved, including psychological and hormonal matters, thus maybe is not possible to determine an universal method for quantification of muscle fatigue. The electromyographic signal (EMG) is well known and studied for reflecting the musculature condition from which it was generated. The electromyography is an important tool for the health muscle assessment, and counts on various studies and advances in its formation and interpretation understanding.Thus, it is expected that the muscle fatigue that affects the natural muscle behavior, affects also the EMG signal. This work aims to understand how the fatigue action appears in the signal, through the study of different EMG signal characteristics. From literature, several studies analyzed isometric contractions, thus it was decided to make a dynamic contractions evaluation, which are more natural in the daily life. For the sake of simplicity, the biceps braquii was chosen. This muscle was estimulated by a scott biceps curl exercise, an exercise known to well isolate the working muscle, so that the weight lifting is almost all done by the biceps action. Pilot trial was done, collecting EMG signals from both biceps braquii, and also measuring the force applied to the bar. For the EMG signal analysis, three software packages were developed. One of them was a programm for the electromyographer control, and for the signals record- ing in text files without header. For this development were used C Sharp and .NET. One library for signals processing was developed using Matlab, including fil- ter functions, muscle activity detection and features extraction, such as amplitude, frequency, entropy, and stationarity. Finally, was developed a programm for feature analysis that uses the previous mentioned library, and that also applies the Kohonen algorithm of self-organizing maps.This programm was also developed using Matlab. All created programms are open source, and they are available for download on GitHub platform. A temporal analysis of the features was performed in order to cluster the results of the features extracted from the signals of 21 volunteers. This analysis showed that signal s amplitude increases as the fatigue occurs while there is a spectral shift for the left. This shift indicates that the main frequencies have decreased. The trends observed for amplitude and frequency are the same reported in the literature. The results also show decreasing in the entropy as effect of the fatigue progres- sion. Two stationarity features indicate decreasing in the stationarity, these were influenced by the amplitude raise, though. A third stationarity feature, which is not dependent on amplitude, show that there is not significant modification on the stationarity. The data clustering attempt using the Kohonen algorithm was frustrated, gener- ating inconclusive results. It can be concluded that the features related to amplitude, frequency and entropy are somehow related to the muscular fatigue. So that it is possible, during future work, the development of a fatigue classifier based on these features.
Keywords: Musculos
Eletromiografia
Tensão muscular
Processamento de sinais
Fadiga muscular
Bíceps braquial
Sinal eletromiográfico
Contração dinâmica
Processamento de sinais
Muscle fatigue
Biceps braquii
Electromyographic signal
Dynamic contraction
Signal processing
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica
Citation: LINHARES, Nicolai Diniz. Análise dos efeitos da fadiga muscular no sinal eletromiográfico de superfície em contrações dinâmicas do bíceps braquial. 2015. 141 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14623
Issue Date: 27-Feb-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseEfeitosFadiga.pdf5.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.