Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14552
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Aplicação do tempo-frequência para a análise de sinais de eletroencefalográficos (EEG) no contexto de pacientes sob protocolo de morte encefálica
metadata.dc.creator: Macedo, Dhainner Rocha
metadata.dc.contributor.advisor1: Destro Filho, João Batista
metadata.dc.contributor.referee1: Yamanaka, Keiji
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Maria Auxiliadora
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho apresenta uma análise quantitativa dos sinais de exames de Eletroencefalografia comparando pacientes normais e pacientes em estado de coma, a partir de análises visuais das amplitudes pelo Neurologista. O estudo comparou dois grupos distintos, sendo um grupo formado por pacientes em estado de coma sob protocolo de morte encefálica e outro composto por pacientes normais. Foi analisado e comparado dados gerados por um software desenvolvido na plataforma MATLAB. Estes dados foram Frequências de Pico, Frequências Medianas, Média, Desvio Padrão e Índice Modular, que se relaciona à bilateralidade, ou seja, o quanto os pontos equidistantes no couro cabeludo representado pela posição dos eletrodos estão em mesma frequência. Pode-se comprovar que pacientes em estado de coma apresentam médias de frequências medianas (11,89 Hz) menores tanto em relação aos canais quanto às épocas, quando comparado aos pacientes normais (30,69 Hz). Além disso, com relação à análise de bilateralidade a partir do cálculo do Índice Modular derivado da média da frequência mediana e da media do Desvio padrão, os pacientes em estado de coma (4.72 Hz) também apresentaram média menor do que os pacientes normais (13,67 Hz), ou seja, os pacientes em coma apresentaram maior bilateralidade. Portanto, pode-se cogitar a aplicação desta ferramenta para auxiliar no diagnóstico de morte encefálica, sendo assim uma ferramenta a mais de auxílio aos profissionais de saúde.
Abstract: This work proposes the quantitative analysis of electroencephalographic (EEG) signals, comparing normal subjects to patients in coma state under brain death protocol, by means of a software platform developed in MATLAB. This analysis involved peak frequencies, median frequencies, average, standard deviation and modular index. This last one relates to the bilaterality, i.e. how equidistant electrodes are on the same frequency. Results outlined that patients in coma present lower average median frequency (11.89 Hz), when compared to normal subjects (30.69 Hz). Moreover, with regard the analysis of bilaterality based on modular index, patients in coma also presented lower average standard deviation of the average median frequency (4.72 Hz) than the normal individuals (13 , 67 Hz), e.g., comatose patients presented higher bilaterality. Therefore, results suggests the possibility of applying these quantifications as biomarkers of brain death.
Keywords: Processamento de sinais
Eletroencefalografia
Morte cerebral
Electroencephalographic
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica
Citation: MACEDO, Dhainner Rocha. Aplicação do tempo-frequência para a análise de sinais de eletroencefalográficos (EEG) no contexto de pacientes sob protocolo de morte encefálica. 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14552
Issue Date: 29-Jul-2013
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AplicacaoTempoFrequencia.pdf4.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.