Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14349
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Um framework de realidade virtual e aumentada para apoio a sistemas de reabilitação
metadata.dc.creator: Nogueira, Kenedy Lopes
metadata.dc.contributor.advisor1: Lamounier Júnior, Edgard Afonso
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Soares, Alcimar Barbosa
metadata.dc.contributor.referee1: Andrade, Adriano de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Cardoso, Alexandre
metadata.dc.contributor.referee3: Zorzal, Ezequiel Roberto
metadata.dc.contributor.referee4: Kelner, Judith
metadata.dc.description.resumo: A presença da computação no cotidiano da humanidade é um fato que está se tornando cada vez mais comum. Na área da saúde, a computação vem revolucionando também: tomografias computadorizadas, exames cada vez mais precisos etc. Este fato pode também ser observado em reabilitação humana, onde a computação tem auxiliado através de técnologias de visualização de dados como Realidade Virtual e Realidade Aumentada. Mas, esse ritmo acelerado de evolução necessita de validação cientifica e desperta ainda a necessidade de flexionar a troca de parte do sistema quando este se torna obsoleto, uma vez que o suporte as tecnologias tem se tornado cada vez menores. Esta tese propõe uma Framework de visualização de dados que utiliza Realidade Virtual e Realidade Aumentada, permitindo a conexão dos mesmos de forma individual ou simultânea a sistemas de simulação. A arquitetura separa e encapsula as funcionalidades em interfaces distintas e independentes que se comunicam por meio de eventos transmitidos por redes. Este arranjo permite a troca ou conexão de uma nova interface, de acordo com a necessidade, ou a atualização do sistema. Para validar a arquitetura, forão construidos prototipos de simuladores na area da Engenharia Biomédica, onde a combinação de interfaces de visualização e interfaces de aquisição foram implementadas e avaliadas, estudos demonstraram a possibilidade de interfaces diferentes para o mesmo tratamento, permitindo o usuario utilizar uma ou mais dependento de fatores adaptativos e ergonomicos. Estes prototipos foram testados por uma equipe multidisciplinar fisioterapeutas, engenheiros a fim de validar a proposta de criar uma arquitetura de apoio a criação de ambientes de simulação que permitisse a troca dos modulos de visualização, após varios testes relacionados sobre egonomia e eficiencia da ferramenta, pode-se afirmar que realmente dependo do grau de limitação de um paciente a troca da interface gráfica promove mais conforto sem comprometer o funcionamento do simulador. Esta arquitetura como desenvolvida mostrou-se uma inovação sendo a mesma registrada.
Abstract: The presence of computing in mankind\'s daily life is a fact that is becoming increasingly common. In health care, computing is revolutionizing also: CT scans, tests more precise etc. This can also be observed in human rehabilitation, where computing has helped through data visualization technologies like Virtual Reality and Augmented Reality. However, the rapid pace of developments require scientific validation and still raises the need to flex the exchange of the system when it becomes stale, since the support technologies have become increasingly smaller. This thesis proposes a Framework view data using Virtual Reality and Augmented Reality, allowing the connection of the same individual or simultaneous simulation systems. The architecture separates and encapsulates the functionality into separate and independent interfaces that communicate through events transmitted by networks. This arrangement allows the exchange or connection of a new interface, as needed, or update the system. To validate the architecture, forão built prototypes simulators in the area of Biomedical Engineering, where the combination of display interfaces and acquisition interfaces were implemented and evaluated, studies have shown the possibility of different interfaces for the same treatment, allowing the User to use one or dependento more adaptive and ergonomic factors. These prototypes were tested by a multidisciplinary team physiotherapists, engineers to validate the proposal to create a support architecture to create simulation environments that allow the exchange of display modules, after several tests related on egonomia and tool efficiency, can If assert that really depend on the degree of limitation of a patient to change the graphical interface promotes more comfort without compromising the operation of the simulator. This architecture as developed proved to be an innovation being the same registered.
Keywords: Ambientes de reabilitação
Framework
Virtual reality
Augmented reality
Environments for rehabilitation
Framework
Engenharia biomédica
Realidade virtual
Realidade aumentada
Reabilitação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica
Citation: NOGUEIRA, Kenedy Lopes. Um framework de realidade virtual e aumentada para apoio a sistemas de reabilitação. 2014. 132 f. Tese (Doutorado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14349
Issue Date: 28-Nov-2014
Appears in Collections:TESE - Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FrameworkRealidadeVirtual.pdf12.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.