Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14216
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Planejamento urbano e de transportes baseado em cenário de mobilidade sustentável: o caso de Uberlândia, MG
Alternate title (s): Urban planning and transportation based on sustainable mobility scenario: the case of Uberlândia, MG
Author: Pereira, Thiago Silva
First Advisor: Sorratini, José Aparecido
First member of the Committee: Lazzarini, Camilla Miguel Carrara
Second member of the Committee: Silva, Ary Ferreira da
Summary: Este trabalho utilizou o Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS), calculado para a cidade de Uberlândia, MG, em 2011, baseado em 9 domínios, 37 temas e 87 indicadores, que estabelece uma medida da qualidade da mobilidade urbana por meio de um valor normalizado, que varia entre zero e um. O valor encontrado para Uberlândia foi de 0,69 e, quanto mais próximo de um, melhores e mais sustentáveis são as condições de mobilidade da população. Os 87 indicadores foram analisados por especialistas em mobilidade urbana, que apontaram prazos para melhorias de indicadores com baixa avaliação, que compreenderam períodos correspondentes a mandatos municipais: de quatro anos, oito anos ou mais de oito anos. Também foram apontados os custos para melhorias e o risco político, em níveis baixo, médio e alto, para melhorar os indicadores. Com base na avaliação dos especialistas foi possível aplicar um método de planejamento por meio da avaliação de um cenário em um horizonte de tempo de oito anos, com a finalidade de obter alternativas para adaptar a cidade ao conceito de mobilidade sustentável. O cenário proposto foi os novos loteamentos deveriam, obrigatoriamente, ser criados com os conceitos de mobilidade e geração de viagens sustentáveis , em que os especialistas avaliaram como se comportaria o escore de cada indicador em cinco situações: pioraria muito, pioraria, seria mantido, melhoria ou melhoraria muito. O objetivo da aplicação do cenário foi verificar o impacto gerado no IMUS por diferentes taxas de geração de viagens, ditas viagens sustentáveis. Também foi feito um levantamento das restrições legais para a implantação de Polos Geradores de Viagens (PGV) na cidade e um levantamento das taxas de geração de viagens observadas em alguns PGV, tanto para os modos motorizados como para os não motorizados. Espera-se que o resultado deste trabalho possa auxiliar os técnicos e gestores municipais no cumprimento da Lei Federal no 12.587, de 03 de janeiro de 2012, que a cidade possa atender a sua população em seus desejos de mobilidade e que esses desejos sejam alcançados por meio de viagens sustentáveis.
Abstract: This study applied the Index of Sustainable Urban Mobility (I_SUM) developed for the city of Uberlândia, MG, in 2011, based on 9 areas, 37 themes and 87 indicators, establishing a measure of the quality of urban mobility through a normalized value between zero and one. The value found for Uberlandia was 0.69, and the closer to one the better and more sustainable are the mobility conditions of the population. The 87 indicators were analyzed by experts in urban mobility, which pointed deadlines for improvement of indicators with low valuation, corresponding to periods of municipal mandates: four years, eight years or more than eight years. Costs for improvements and political risk measured into low, medium and high levels, also were appointed to improve the indicators. Based on the evaluation of experts it was possible to apply a method of planning through evaluation of a scenario in a time horizon of eight years, in order to obtain alternatives to adapt the city to the concept of sustainable mobility. The proposed scenario was \"the new house developments should necessarily be created with the concepts of mobility and generation of sustainable trips\" in which experts assessed how the score indicator would behave in five situations: much worse, worse, would be maintained, improved or much improved. The objective of the application of the scenario was to verify the impact generated into I_SUM by different trip generation rates, called sustainable trips. It was also made a survey of the legal restrictions on the deployment of Trip Generation Hubs (TGH) in the city and a survey of trip generation rates observed in some TGH for both motorized as well nonmotorized modes. It is expected that the result of this work can help technicians and municipal managers in enforcing the Brazilian Federal Law n. 12.587, in order to the city fulfill the population desire for mobility and that this desire is achieved through sustainable trips.
Keywords: Mobilidade sustentável
Viagens sustentáveis
IMUS
Uberlândia
Sustainable mobility
Sustainable Trips
I_SUM
Mobilidade residencial
Transporte urbano - Uberlândia
Planejamento urbano
Area (s) of CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Engenharias
Program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil
Quote: PEREIRA, Thiago Silva. Urban planning and transportation based on sustainable mobility scenario: the case of Uberlândia, MG. 2015. 80 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14216
Date of defense: 27-Mar-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PlanejamentoUrbanoTransportesBaseado.pdf3.1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.