Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14100
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação da lesão nervosa periférica por meio da eletromiografia de superfície
metadata.dc.creator: Luiz, Luiza Maire David
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Alcimar Barbosa
metadata.dc.description.resumo: As lesões Nervosas Periféricas (LNP) interferem e prejudicam a capacidade funcional do paciente. A interrupção na continuidade da estrutura dos nervos periféricos resulta no bloqueio da propagação dos impulsos nervosos, afetando as aptidões motoras, sensitivas e provocando uma desorganização das atividades funcionais.A regeneração pós-traumática é complexa e o indivíduo pode permanecer com sequelas (LUNDBORG; ROSÉN, 2007). O objetivo do trabalho é apontar possíveis diferenciações nas características da musculatura após a LNP. Participaram efetivamente dessa pesquisa 24 voluntários, divididos em dois grupos, um grupo dos voluntários Com Lesão (GCL) (n = 4) e um grupo dos voluntários Sem Lesão (GSL), subdivididos em dois grupos GSL de Homens (n = 10) e o GSL de Mulheres (n = 10). Os voluntários com lesão passaram por uma avaliação de testes clínicos fisioterapêuticos. Os 24 voluntários passaram pela avaliação de EMG de superfície, que consistia na tarefa de extensão de punho, avalianado o trabalho dos músculos Extensor Radial do Carpo e Extensor Ulnar do Carpo, tracionando uma célula de carga. Do EMG, foram extraídas três características: RMS, Frequência Média (FM) e Frequência Mediana (FMD). Mediante a comparação das avaliações clínicas qualitativas de força, a análise quantitativa com a célula de carga foi consideravelmente eficaz por apresentar diferença na comparação do membro lesionado apresentando menor resultante de força. Na avaliação entre os voluntários com lesão as variáveis extraídas do sinal EMG não foi possível observar uma caracterização de acordo com o tempo de lesão. Na análise estatística no grupo Sem Lesão, a comparação entre o membro dominante versus o membro não dominante não obteve diferença significativa. De acordo com a comparação do GCL e GSL os voluntários com lesão apresentaram uma tendência de maiores valores de frequência, mas nas análises estatísticas não houve diferença significativa entre os grupos. Maiores valores de FM e FMD podem indicar um predomínio de fibras do tipo II, ocasionada pela cross reinervação pós LNP. Fatores genéticos, demanda funcional e a variações individuais também podem alterar o recrutamento muscular(FUGL‐MEYER et al., 1982). No entanto estes achados que não apresentam diferenciação nas comparações da atividade mioelétrica o que pode indicar que tais voluntários pós LNP tenham adquirido boa recuperação em razão ao sucesso do tratamento.
Abstract: Peripheral Nerve lesions (LNP) interfere and impair the capacity of the patient. The break in the continuity of the structure of peripheral nerves results in blocking the propagation of nerve impulses, affecting motor skills, sensory and causing a disruption of activities functional.A posttraumatic regeneration is complex and the individual can stay with sequelae (Rosén and Lundborg 2007). The objective is to point out possible differences in muscle characteristics after the LNP. Participated effectively this research 24 volunteers, divided into two groups, one group of volunteers With Injury (GCL) (n = 4) and a group of volunteers No Injury (GSL), divided into two GSL groups of men (n = 10) and the GSL Women (n = 10). Volunteers with injury underwent an assessment of physical therapy clinical trials. The 24 volunteers spent the EMG evaluation surface, which consisted of wrist extension task, analysing the activite of muscles Extension Radial Carpal and Extension Ulnar Carpal, pulling a load cell. It was extracted three characteristics from EMG signal: RMS, Medium Frequency (FM) and Median Frequency (FMD). By comparing the qualitative clinical evaluations strength, the quantitative analysis with the load cell was considerably effective for presenting difference in comparison of the injured limb having lower resultant force. In the evaluation of the volunteers with injury variables extracted from the EMG signal was not possible to observe a characterization according to the time of injury. In the statistical analysis the No Injury group, the comparison between the dominant member versus non-dominant limb there has been no difference. According to the comparison of the GCL and GSL volunteers with lesions showed a trend towards higher frequency values, but the statistical analysis there was no significant difference between groups. Biggest FM and FMD values may indicate a predominance of type II fibers, caused by cross post reinnervation, genetic factors, functional demands and individual variations can also change muscle recruitment (Fugl-Meyer, ERIKSSON et al. 1982). However these findings that show no difference in comparisons of myoelectric activity which may indicate that these post LNP volunteers have acquired good recovery due to successful treatment.
Keywords: Eletromiografia
Nervos periféricos
Lesão nervosa periférica
Nervo radial
Eletromiografia de superfície
Peripheral nerve injury
Radial nerve and surface electromyography
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Biomédica
Citation: LUIZ, Luiza Maire David. Avaliação da lesão nervosa periférica por meio da eletromiografia de superfície. 2015. 94 f. Dissertação (Mestrado em Engenharias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14100
Issue Date: 14-Aug-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoLesaoNervosa.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.