Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14084
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: A relação entre diversificação e diferenciação institucional nas políticas de gestão da educação superior nos anos de 1995 a 2006
Author: Pires, Aparecida Carneiro
First Advisor: Rodrigues, Marilúcia de Menezes
First member of the Committee: Oliveira, João Ferreira de
Summary: Esta pesquisa insere-se na Linha de Pesquisa: Políticas Públicas e Gestão em Educação, do Programa de Pós - Graduação em Educação, da Universidade Federal de Uberlândia. Tem por objetivo principal discutir as políticas para a educação superior brasileira no período de 1996 a 2006, ou seja, a primeira década a partir da LDB 9394/96. É uma pesquisa bibliográfica e documental, apoiando-se em autores (as) que discutem a questão da diversificação e diferenciação institucional numa perspectiva crítica. Foi feito um estudo, tendo em vista o sentido da problematização dos posicionamentos dos órgãos civis CRUB, ANDES e ANDIFES e dos órgãos oficiais CNE, MEC e MARE , dos posicionamentos dos órgãos civis - CRUB, ANDES e ANDIFES - e dos órgãos oficiais - CNE, MEC e MARE - acerca do processo de diversificação e diferenciação institucional na esfera da educação superior, especialmente de suas propostas diante do avanço da discussão sobre a aprovação da Reforma da Educação Superior em nosso país. Um dos conceitos fundamentais que permeia este estudo refere-se à mercantilização da educação superior em conexão com as transformações contemporâneas do capitalismo, o qual compreendemos como sendo uma peça chave para a análise do significado histórico da educação superior na atualidade nas esferas pública e privada. A pesquisa nos permitiu chegar a algumas sínteses como a de que os órgãos oficiais pesquisados (CNE, MARE e MEC) através da aprovação de leis, contribuem para com a diversificação e diferenciação institucional, isto é, para com a expansão da educação superior, uma vez que seguem os ditames dos organismos internacionais multilaterais, os quais frisam a necessidade de ampliar o sistema de educação superior privado em detrimento do público. Outro resultado encontrado é que dos posicionamentos acerca do binômio diversificação e diferenciação institucional dos órgãos civis: CRUB, ANDES e ANDIFES, a ANDES é a entidade que mais possui documentos contrários a mercantilização da educação superior. Encontramos documentos do CRUB e ANDIFES, mas não com críticas explícitas à expansão da educação superior em nosso país.
Abstract: This research is in The Public and Management Policy Research on Education of the Post- Graduate Education Program of the Federal University of Uberlândia. It aims to discuss the public policies for Brazilian university education from 1996 to 2006 (i.e. the first ten years from the approbation of the LDB 94/96.) It is a documentary and bibliographical research project supported by authors that argue the question of the diversification and institutional differentiation from a critical perspective. A study of the positioning of civil bodies - CRUB, ANDES and ANDIFES - and official bodies - CNE, MEC and MARE - was made concerning the process of diversification and institutional differentiation within the sphere of university education, especially its proposals in the light of the headway made in the discussion regarding the University Education Reform in our country. One of the fundamental concepts employed in the completion of the research refers to the commercialization of university education. This is linked to the contemporary transformations of capitalism, which we understand as being a key element in the analysis of the historic significance of the current university education in the public and private spheres. The research allowed us, for example, to reach the conclusion that the official research bodies (CNE, MARE and MEC), through the passing of laws, contribute to the diversification and institutional differentiation. That is, stopping the expansion of the university education which follows the rules of the international multilateral organizations, which highlight the necessity to expand the private university education system to the detriment of the public sector (the governmental university education). Another result mentioned the positioning in relation to the binomial diversification and institutional differentiation of the civil bodies CRUB, ANDES and ANDIFES. The ANDES is the entity which possesses the most documents that take a stance against the commercialization of university education. We found documents from CRUB and ANDIFES, but these do not clearly state criticisms of the expansion of university education in our country.
Keywords: Educação superior
Diversificação - Diferenciação institucional
Mercantilização
Universidades e faculdades particulares - Brasil - Avaliação
Reforma de ensino - Brasil
Políticas públicas - Brasil
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: PIRES, Aparecida Carneiro. A relação entre diversificação e diferenciação institucional nas políticas de gestão da educação superior nos anos de 1995 a 2006. 2007. 152 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14084
Date of defense: 18-Feb-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aparecida.pdf834.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.