Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14075
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A dimensão ambiental da educação : os conteúdos ambientais em escolas públicas das comunidades carentes
Other Titles: The enviromental dimension of education: the environmental contents of the public s schools in the poor communities
metadata.dc.creator: Fonseca, Valter Machado da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cicillini, Graça Aparecida
metadata.dc.contributor.referee1: Sposito, Maria Encarnação Beltrão
metadata.dc.contributor.referee2: Novais, Gercina Santana
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação vincula-se à linha de pesquisa Saberes e Práticas Educativas, do Programa de Mestrado da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia MG - (FACED/UFU). Seu problema central é verificar como se comportam as práticas docentes com os conteúdos ambientais em escolas públicas das periferias pobres das cidades. Para realizar esta análise, foi escolhida uma escola pública situada num bolsão de pobreza da periferia da cidade de Uberaba (MG). Para este trabalho foram eleitas as disciplinas de Geografia, Biologia e Química, justamente pela proximidade destas disciplinas com o objeto pesquisado. Foi escolhida para a investigação, uma única turma da1ª Série do Ensino Médio. A metodologia utilizada foi: observação direta em sala de aula, aplicação de questionários aos alunos e moradores da comunidade situada na área da escola e entrevistas com os três professores das referidas disciplinas. A fundamentação teórico/conceitual deste trabalho parte da utilização do materialismo histórico, objetivando compreender o ambiente urbano e seus problemas, a partir da análise deste ambiente sob a ótica da desigualdade social e da segregação sócio-espacial, decorrentes do atual modelo de produção econômico: a sociedade capitalista. Para isso foi preponderante um estudo das relações capital/trabalho, do processo de industrialização/urbanização e dos conceitos advindos da relação sociedade/natureza, levando-se em consideração o desenvolvimento do atual modelo de produção econômico, bem como a relação da escola/educação com este modelo, considerando o aspecto ambiental enquanto uma dimensão da educação. A linha teórica utilizada teve por base autores como Karl Marx, Ístvan Mészáros, Antonio Gramsci, Ricardo Antunes, David Harvey, Paulo Freire, Bernard Charlot, Enrique Leff, Henri Lefebvre, Carlos Frederico B. Loureiro, Carlos Walter Porto Gonçalves, Genebaldo Freire Dias, Edgar Morin, Félix Guattari, dentre vários outros pensadores. A pesquisa destacou dados importantes como a defasagem entre as práticas de ensino envolvendo os conteúdos ambientais e a noção sobre os principais conceitos acerca da temática, a existência de um grau satisfatório de percepção ambiental envolvendo alunos (as), professores (as), e moradores (as) da comunidade investigada, além de uma série de problemas dificultadores da prática docente com esses conteúdos, dentre outros fatores. Por fim, verificou-se a necessidade e as possibilidades do trabalho com os conteúdos ambientais, por intermédio da relação dialógica entre a escola e a comunidade, apontando para o desafio de a escola cumprir sua função social e, auxiliar na minimização dos problemas ambientais urbanos.
Abstract: This dissert is linked to the Programa de Mestrado of the Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia MG (FACED/UFU) s research line Knowing and Educative Practices. Its central question is to verify how the docents practices act with the environmental contents of the public schools in the city s poor periphery. To realize this analysis, has been chosen a public school located on a poverty area of the Uberaba (MG) city s periphery. To this work, has been elected the disciplines of Geography, Biology and Chemistry, exactly for the proximity of these disciplines and the researched object. To the inquiry, was chosen only one 1st Year class of the Medium Level. The used methodology was: direct observation in classroom, application of questionnaires to the students and inhabitants of the community situated in the school s area and interviews with the three teachers of the mentioned disciplines. The theoretical/conceptual fundaments of this works are launched to the utilization of the historic materialism, objectifying to comprehend the urban ambient and its problems, from the analysis of this environment under the optic of the social inequalities and the social/space segregation, decurrent of the current model of economic production: the capitalist society. For this was preponderant a study of the relations capital/work, the process of industrialization/urbanization and the concepts that comes from the relation society/nature, taking in consideration the development of the current model of production, as the relation school/education with this model, considering the environmental aspect while a dimension of the education. The used theoretical line was based in authors as Karl Marx, Ístvan Mészáros, Antonio Gramsci, Ricardo Antunes, David Harvey, Paulo Freire, Bernard Charlot, Enrique Leff, Henri Lefebvre, Carlos Frederico B. Loureiro, Carlos Walter Porto Gonçalves, Genebaldo Freire Dias, Edgar Morin, Félix Guattari, and many others thinkers. The research has detected important data like the imbalance between the teaching practices involving the environmental contents and the notion of the thematic primary concepts, the existence of a satisfactory rating of environmental perception involving the investigated community students, teachers and inhabitants, beyond a series of problems of the docent practices with these disciplines, between other factors. Finally, has been verified the necessity and possibilities of the work with the environmental contents, by intermediation of the dialogic relation between the school and the community, pointing to the challenge of the school to fulfill its social function and to assist the minimization of the urban environmental problems.
Keywords: Práticas docentes
Conteúdos ambientais
Capitalism
Education
Docent practices
Environmental contents
Educação ambiental
Capitalismo
Prática de ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: FONSECA, Valter Machado da. The enviromental dimension of education: the environmental contents of the public s schools in the poor communities. 2007. 182 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/14075
Issue Date: 9-Aug-2007
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VMFonsecaDISPRT.pdf729.77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.