Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13986
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Interpretando "mundos": jogos digitais & aprendizagem histórica
metadata.dc.creator: Santos, Bergston Luan
metadata.dc.contributor.advisor1: Arruda, Eucídio Pimenta
metadata.dc.contributor.referee1: Guimarães, Selva
metadata.dc.contributor.referee2: Alves, Lynn Rosalina Gama
metadata.dc.description.resumo: Um olhar superficial sobre os videogames e a juventude pode, muitas vezes, revelar leituras e conclusões simplistas. Todavia, a presente pesquisa objetivou aprofundar esse olhar e buscou investigar as possibilidades de aprendizagem histórica mediada pelos jogos digitais. Nossa pretensão foi abranger reflexões sobre as possibilidades que os jogos digitais exercem na produção da interpretação feita pelos jogadores, essa interpretação, é apreendida neste trabalho pelo viés da aprendizagem em História, ou seja, interpretação como exercício cognitivo. Para tanto, usamos a abordagem qualitativa. Os instrumentos para coletas de dados usados foram; questionários, observação e entrevistas. Sendo que esses instrumentos nos oportunizaram levantar informações sobre os jovens e suas relações com os videogames. Nesse trabalho, buscamos compreender a juventude para além dos estereótipos socialmente hierarquizados, entendendo-a como fase da vida em si, e não apenas momento intermediário entre a infância e a fase adulta. A respeito da aprendizagem, abordamos esse conceito pela perspectiva histórico-cultural o que nos oportunizou pensar a aprendizagem como produto das relações sociais, de tal forma, sugerimos que aprender faz parte de uma dimensão integral da prática social. A propósito do aprendizado em História empregamos como tese a idéia que essa não é algo inato do ser humano, pelo contrário, entendemos que há necessidade de estímulos externos para se aprender História. Quando abordamos os jogos digitais e aprendizagem compartilhamos da ideia que os videogames não são apenas objetos de passa tempo, ao invés disso, são objetos da cultura e que precisam ser investigados para podermos compreender as relações que mediam junto ao jogador. Por fim, também discutimos neste trabalho sobre a interpretação em História, para essa tarefa, usamos os trabalhos de Ricoeur (2007) e (2011) e Certeau (1982), onde discutimos que a interpretação em História deve ser entendida como integrante das manifestações cognitivas, e essa, são importantes no trabalho de pensar historicamente. Por fim, o trabalho revelou que os jogos digitais de temática histórica são objetos da cultura capazes de mediar situações que levam os jogadores a pensar e interpretar situações e representações que sugerem épocas passadas, assim, a relação temporal foi fator relevante para que os jovens interpretassem sentidos históricos nas imagens mediadas pelo game. No entanto, há necessidade de aprofundar o debate na escola sobre a História e os meios midiáticos a fim de oferecer aos sujeitos operações mentais mais críticas sobre a relação da História com as representações da tela.
Abstract: A cursory look at video games and youth can often prove readings and simplistic conclusions. However, this research aimed to deepen that \"look\" and investigates the possibilities of historical learning mediated by digital games. We intend the possibilities that digital game play in the production of interpretation made by the players was cover, this interpretation is apprehended in this work by learning in history bias, interpretation as a cognitive exercise. To do so, we use a qualitative approach as a tool for data collection was used questionnaires, interviews and observation. Since these instruments were provided an opportunity us gather information on young people and their relationship with video games. In this work we seek to understand the youth beyond the socially hierarchical stereotypes, understanding it as a phase of life itself, not just intermediate moment between childhood and adulthood. Regarding learning, we address this concept by cultural-historical perspective which provided an opportunity to think of learning as a product of social relations thus suggest that learning is part of an integral dimension of social practice. The purpose of learning history as a thesis employ the idea that this is not something innate in the human being, on the contrary, we believe there is need for external stimuli to learn history. When discussing digital games and learning shared the idea that video games are not just objects of time passes, instead, are objects of culture and need to be investigated in order to better understand the relationships that mediate with the player. Finally, we also discussed in this paper on the interpretation in history, for this task, we use the work of Ricoeur (2007) and (2011) and de Certeau (1982), where we discuss the interpretation in history must be understood as part of the cognitive manifestations, and that are important in the work of thinking historically. Finally, the study revealed that digital games are objects of historical theme of culture capable of mediating situations that lead players to think and interpret situations and representations that suggest past. However, there is a need to deepen the debate about history in school and from the media in order to offer more critical about the relationship of history to the screen representations of the subjects mental operations.
Keywords: Jogos Digitais
Aprendizagem
História
Interpretação e juventude
Digital games
Learning
History
Interpretation and youth
História - Jogos educativos
Juventude - Estudo e ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: SANTOS, Bergston Luan. Interpretando "mundos": jogos digitais & aprendizagem histórica. 2014. 193 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13986
Issue Date: 14-Mar-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InterpretandoMundosJogos.pdf4.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.