Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13959
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Crianças maravilhosas: brincadeiras, imaginação e culturas de infâncias numa turma do terceiro ano do Ensino Fundamental de uma escola pública
Author: Balduino, Grazielle Eloísa
First Advisor: Cunha, Myrtes Dias da
First member of the Committee: Aleixo, Fernando Manoel
Second member of the Committee: Tavares, Maria Tereza Goudard
Summary: A presente pesquisa foi produzida com as crianças de uma turma de 3º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal da cidade de Uberlândia, Minas Gerais, durante o ano de 2013. Essa instituição localiza-se numa região periférica da cidade considerada pela prefeitura e policia militar um bairro com índice considerável de violência e tráfico de drogas. Na presente investigação buscamos conhecer e compreender ações das crianças, suas brincadeiras, seus sentimentos, suas necessidades e possibilidades no espaço-tempo da escola questionando a posição dessa instituição de que essa turma era \"fraca\" e que tinha dificuldades para aprender; porém, os modos de ser e agir dessas crianças dizia-nos sobre suas culturas infantis. As culturas das infâncias são produzidas, (re)produzidas e compartilhadas nas relações das crianças entre elas e com os adultos na rotina escolar; especificamente no espaço da escola, as crianças tornam-se membros tanto de suas culturas de pares quanto das culturas dos adultos. Como chegar até as crianças e conhecer suas culturas infantis? De que maneira é possível promover encontros entre adultos e crianças, de tal maneira que possamos conhecê-las melhor? Em que medida brincadeiras e atividades infantis promovidas no espaço-tempo escolar constroem e expressam as culturas infantis? Essas indagações foram norteadoras do processo de construção da presente investigação que se constituiu como uma pesquisa qualitativa, que privilegiou o diálogo e uma convivência intensa com as crianças como meio por meio do qual pudemos confirmar que elas são sujeitos de cultura de muitas formas surpreendentes. Construímos durante o ano letivo de 2013, junto com as crianças, atividades lúdicas que expressaram um processo de parceria, amizade e alegria. O recreio se mostrou o espaço-tempo mais rico da produção infantil; a ausência da professora regente também se mostrou importante como condição para que as crianças se sentissem mais livres para agirem guiadas por seus interesses.
Abstract: The present research was produced with the children of a group of third grade of elementary school in a school Hall in the city of Uberlandia, Minas Gerais, during the year of 2013. This institution is located in a peripheral region of the city considered by the city and military police a neighborhood with considerable content of violence and drug trafficking. In this research we seek to know and understand children s actions, their feelings, their needs and possibilities in space-time of the school questioned the position of this institution that this class was weak and had difficulty in learning; however, the ways of being and acting of these kids informed us about children s cultures. Cultures of childhoods are produced, (re) produced and shared between them and with the adults in the school routine; specifically within the school, the children become members both of their cultures as cultures pairs of adults. How to reach the kids? That way you can promote encounters between adults and children, in such a way that we can get to know them better? The extent to which games and children s activities promoted in space-school time build and express the children s cultures? These questions were the guiding of the construction process of this investigation that presents itself as a qualitative research, which has opted for dialogue and an intense interaction with the children as a means through which we were able to confirm that they are subjects of culture in many surprising ways. Built during the school year 2013, along with kids, playful activities that expressed a process of partnership and friendship. The playground proved the space time richer children s production; the absence of Professor Regent also proved important as a condition for children to feel more free to act guided by their interests.
Keywords: Culturas infantis
Crianças
Cotidiano escolar
Brincadeiras
Imaginação
Children s cultures
Kids
School everyday
Jokes
Imagination
Brincadeiras - aspectos educacionais
Educação de crianças
Ensino Fundamental - brincadeiras
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: BALDUINO, Grazielle Eloísa. Crianças maravilhosas: brincadeiras, imaginação e culturas de infâncias numa turma do terceiro ano do Ensino Fundamental de uma escola pública. 2014. 270 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13959
Date of defense: 28-Feb-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CriancasMaravilhosasBrincadeiras.pdf10.63 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.