Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13895
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Práticas avaliativas formativas no contexto da periferia : Limites e possibilidades
metadata.dc.creator: Martins, Cláudia Rodrigues de Camargo
metadata.dc.contributor.advisor1: Mendes, Olenir Maria
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Maria Vieira
metadata.dc.contributor.referee2: Boas, Benigna Maria de Freitas Villas
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem por objetivo central discutir as concepções de avaliação, presentes em escolas inseridas num contexto social excludente, e identificar as práticas avaliativas formativas, bem como, os limites e possibilidades de se utilizar a avaliação como um dos meios de garantia da aprendizagem significativa para os discentes das classes populares. No que se refere às produções científicas educacionais acerca dos processos avaliativos, uma das problemáticas mais discutidas e investigadas é a que se reporta à avaliação formativa. Pesquisadores dessa temática, tais como: Fernandes (2009), Freitas (2007), Hadji (2001), Luckesi (2002), Villas Boas (2002, 2008) e outros vêm desenvolvendo estudos ao longo dos anos que apontam os efeitos nocivos da avaliação mal sucedida, e também, a necessidade de se colocar as práticas avaliativas em função das aprendizagens. Em conformidade com a modalidade de pesquisa qualitativa e, de acordo com os questionamentos que nos induziram a este estudo, esta pesquisa se constituiu nas seguintes etapas: análise das condições de vida da população residente em alguns bairros periféricos da cidade de Uberlândia-MG; mapeamento sobre o que constava nos Projetos Político Pedagógicos sobre avaliação formativa, em escolas municipais inseridas em contexto de exclusão social, cujo objetivo foi selecionar a escola que apresentasse maiores indícios e/ou indicações de avaliação formativa conforme os documentos; e por fim, elaboração, aplicação e análise do questionário aplicado entre os (as) professores (as) da escola eleita. Fizeram ainda parte deste estudo, a observação e a análise sobre o trabalho docente de uma professora, no primeiro semestre do ano de 2011. Os estudos empreendidos nesta pesquisa nos mostraram que, em face da conjuntura escolar, da realidade social dos alunos, das limitações impostas pelos preceitos do sistema capitalista, da própria organização do trabalho escolar, dentre outros importantes aspectos que impactam na atuação docente, as práticas avaliativas formativas não se cumpriram integralmente na sala de aula observada. O que constatamos foram ações isoladas de uma professora tentando insistentemente fazer com que seus alunos aprendessem e não apenas memorizassem informações.
Abstract: This paper aims to discuss the concepts of assessment, present in schools inside a social exclusion, and to identify the formative assessment practices, as well the limits and possibilities of using assessment as a means of ensuring meaningful learning for students of popular classes. With regard to educational scientific productions about the evaluation process, one of the issues most discussed and investigated is the one that relates to the formative evaluation. Researchers of this theme, such as: Fernandes (2009), Freitas (2007), Hadji (2001), Luckesi (2002), Villas Boas (2002, 2008) and others have been developing over the years studies that show the harmful effects of unsuccessful assessment, and also the need to place the evaluation practices in accordance with the learning. In accordance with the method of qualitative research and, according to the questions that led us to this study, this research consisted of the following steps: analysis of living conditions of the population in some suburbs of the city of Uberlândia, MG; mapping on what appeared in the Pedagogical Political Projects on formative assessment, in public schools entered in the context of social exclusion, whose goal was to select the school that presented more evidence and/or indications of formative assessment according to the documents; and finally, elaboration, application and analysis of the questionnaire applied among the teacher(s) of the elected school. Also was part in this study, observation and analysis on the teaching work of a professor in the first half of 2011.Studies conducted in this research showed that, in view of the school situation, the social reality of the students, the limitations imposed by the precepts of the capitalist system, the very organization of school work, among other important aspects that impact on teaching practice, the formative assessment practices were not fully met in the classroom observed. What we found were isolated actions of a teacher trying persistently make their students learn and not just memorize information.
Keywords: Avaliação
Avaliação formativa
Educação popular
Evaluation
Formative evaluation
Popular education
Avaliação educacional
Educação Aspectos sociais
Prática de ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: MARTINS, Cláudia Rodrigues de Camargo. Práticas avaliativas formativas no contexto da periferia : Limites e possibilidades. 2012. 146 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13895
Issue Date: 29-Aug-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.