Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13790
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Por entre tramas e fios : o estresse e o bem-estar de professoras em uma escola pública de Uberlândia-MG
metadata.dc.creator: Paula, Andréia Cristina Rezende Rodrigues de
metadata.dc.contributor.advisor1: Naves, Marisa Lomônaco de Paula
metadata.dc.contributor.referee1: Cunha, Myrtes Dias da
metadata.dc.contributor.referee2: Lapo, Flavinês Rebolo
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem como objetivo analisar o estresse e o bem-estar entre professoras de uma escola pública municipal da cidade de Uberlândia-MG. Por considerar que o momento atual é marcado por mudanças sociais, políticas e culturais paradoxais e, ainda, levando em conta que muitos professores vivem em meio a situações de mal-estar, provocadoras de estresse cumulativo, esse estudo procura compreender o bem-estar docente. Intenciona-se evidenciar o fato de que, apesar do mal-estar docente e das adversidades que recaem sobre a educação e o ensino, os professores resistem, persistindo na profissão e encontrando nela satisfação, gozo e prazer na realização de um trabalho. Para o descortinamento de uma trama tecida de muitos fios , os sujeitos e os cenários da investigação foram considerados como sistemas vivos, complexos e inacabados, justificando o desenvolvimento de uma pesquisa qualitativa no cotidiano escolar. O acesso aos acontecimentos e às práticas que evidenciam as vivências de bem-estar, situações de estresse e de mal-estar docente, tornou-se possível, por meio de observações sistemáticas, descrições e notas de campo realizadas ao longo do ano de 2008, bem como por meio de entrevistas reflexivas, desenvolvidas com cinco professoras que, apesar do mal-estar, não sucumbiram ao desalento. A análise dos dados coletados na convivência no espaço-tempo da escola, junto às professoras e às suas práticas, possibilitaram a compreensão de que os problemas que elas enfrentam e as possibilidades que encontram para o enfrentamento desses não são somente individuais. Além disso, muitas professoras não conseguem refletir e perceber que suas experiências não se encerram dentro da escola ou da sala de aula. O estresse e o bem- estar docentes têm também componentes sociais, éticos e políticos, e seus efeitos corrosivos são minimizados ou superados por modos muito peculiares de resistência (modos resilientes de ser e viver). Colocam, portanto, em evidência os sujeitos desta pesquisa como construtores de uma história, a um só tempo, coletiva e individual, aptos a fazerem escolhas, criarem sentidos, transformarem e deixarem-se transformar e, no desenrolar da tensão própria da vida cotidiana, se conformarem ou resistirem, constituindo-se como professores.
Abstract: This research aims to analyze the stress and the welfare among teachers in a municipal public school of the city of Uberlândia-MG. Considering that the current moment is marked by social, political and cultural paradoxical changes, and also taking into account that many teachers live in the midst of situations of unease, of provocative cumulative stress, this study seeks to understand the welfare of teachers. It is intended to highlight the fact that despite the discomfort of the teachers and of the adversity falling on education and teaching, teachers resist, persisting in their profession and finding satisfaction, enjoyment and pleasure in the realization of a work. To uncover a "plot woven of many threads" the subjects and scenarios of the investigation were regarded as living systems, complex and unfinished, justifying the development of a qualitative research in everyday school life. The access to events and practices that highlight the experiences of welfare, conditions of stress and teacher discomfort, became possible, by means of systematic observations, descriptions and notes of field performed in the year 2008, and through reflexive interviews conducted with five female teachers who, despite the malaise, did not succumb to disappointment. The analysis of data collected in coexistence in space-time routine of school, with the teachers and their practices allowed the understanding that the problems that they face and the opportunities that are to face these are not just individuals. Moreover, many teachers cannot manage to reflect and realize that their experiences do not finish within the school or the classroom. Teachers` stress and welfare have also social, ethical and political components, and its corrosion effects are minimized or surpassed by means of very peculiar resistance (resilient ways to be and live). Therefore, they highlight the people subject of this research as builders of a story, at one time, collective and individual, able to make choices, create senses, transform and let them be transformed back, in the flow of each one`s own tension of everyday life, they are able to comply or resist, constituting themselves as teachers.
Keywords: Bem-estar docente
Estresse
Mal-estar
Cotidiano escolar
Professoras
Teachers` welfare
Academic stress
Malaise
Daily school
Teachers
Professores - Stress ocupacional
Stress (Psicologia)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: PAULA, Andréia Cristina Rezende Rodrigues de. Por entre tramas e fios : o estresse e o bem-estar de professoras em uma escola pública de Uberlândia-MG. 2009. 132 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13790
Issue Date: 3-Jul-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis.pdf769.6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.