Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13722
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Da igualdade de direitos ao direito à diferença: interfaces no cotidiano de uma escola plural
metadata.dc.creator: Almeida, Carmen Lúcia de
metadata.dc.contributor.advisor1: Cicillini, Graça Aparecida
metadata.dc.contributor.referee1: Moreira, Antonio Flavio Barbosa
metadata.dc.contributor.referee2: Marques, Mara Rubia Alves
metadata.dc.description.resumo: As mudanças e inovações educacionais propostas pelo programa político pedagógico da Escola Plural implantado no município de Belo Horizonte a partir de 1994 teve como uma das principais preocupações a incorporação da diversidade cultural dos educandos, como meio de enfrentar o fracasso e o insucesso escolar e instaurar uma escola pública de ensino fundamental, democrática e inclusiva. O presente trabalho teve como objetivo principal compreender e analisar o que os docentes sabem e pensam a respeito de um conhecimento escolar que considere a dimensão da diversidade cultural, tendo como eixo norteador a elaboração e o desenvolvimento do currículo por intermédio dos conceitos de cotidiano, de cultura docente e de cultura da escola. Como ponto de partida, para a investigação, procedi à escolha de uma escola favorável às mudanças propostas pela Escola Plural, na qual pudesse empreender um estudo de caso tendo como objetivos interpretar as percepções dos docentes face ao processo de construção de um currículo democrático para a escola. Na investigação de natureza qualitativa foram utilizados para a produção e análise dos dados o questionário, a entrevista semi-estruturada, a análise dos documentos e a observação participante no cotidiano escolar. Os resultados da pesquisa revelaram que os docentes comumente identificam e explicam as diferenças individuais como diferentes ritmos de aprendizagem, em alguns casos, como déficit cultural, havendo também a preocupação com as diferenças étnico-culturais. Nesse sentido, foi possível verificar que os docentes baseiam-se em teorias difundidas nas décadas de 70, teoria do handicap cultural, na década de 80, o sócioconstrutivismo e, na década de 90, são influenciados pelas questões relacionadas ao multiculturalismo. No contexto geral, os docentes enfrentam os desafios de construção de um espaço de formação docente na escola voltado para o aprendizado e a vivência da diversidade social e cultural por intermédio do processo de discussão da seleção cultural do currículo.
Abstract: The changes and educational innovations proposed by the Plural School pedagogic politic program, which was implanted at Belo Horizonte municipal district, since 1994, it has the incorporation of the main concerns, as way of the face the scholar failure and unsuccessfulness, and to establish a public school of fundamental teaching, democratic and inclusive. This work had as main aim, to understand and to analyze what the teachers know and what they think concerning a scholar knowledge that considers the dimension of the cultural diversity, it having the elaboration and development of the curriculum as the indicator axis, through the concepts of quotidian of teaching culture, and of school culture. As starting-point, for my investigation, I came to the choice of a school, which is a favorable to the proposed changes by the Plural School, in which I could undertake a case study, it having as aims, to interpret the teachers` perceptions of the process to construct a democratic curriculum to the school. In the investigation, of qualitative nature, the questionnaire, the semi-structured interview, the analysis of the documents, and the participant observation were used in the scholar quotidian. The results of the research revealed that the teachers commonly identify and explain the individual differences as different learning rhythms, in some cases, as cultural deficit, also having the concern with the ethnic-cultural differences. Therein, it was possible to verify that the teachers are based on diffused theories in the decades, of the 70s, the theory of the cultural handicap, in the decade of the 80s, the socialconstructivism, and in the decade of the 90s, they are influenced by the issues related to the multi-culturally. In general context, the teachers face the challenges of the construction of a space of teaching formation in the school, faced to the learning, and the experience of the social and cultural diversity, through the process of discussion of the curriculum cultural selection.
Keywords: Diversidade cultural
Currículo
Escola plural
Cultural diversity
Curriculum
Plural school
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: ALMEIDA, Carmen Lúcia de. Da igualdade de direitos ao direito à diferença: interfaces no cotidiano de uma escola plural. 2005. 225 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2005.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13722
Issue Date: 4-Jul-2005
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CLAlmeida1DISSPRT.pdf614.3 kBAdobe PDFView/Open
CLAlmeida2DISSPRT.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open
CLAlmeida3DISSPRT.zip6.87 MBUnknownView/Open
CLAlmeida4DISSPRT.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.