Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13720
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Educação para a indústria: a FIEMG, a formação humana e o nacional desenvolvimentismo (1951 1961)
Author: Santos, Jane Maria dos
First Advisor: Lucena, Carlos Alberto
First member of the Committee: Previtalli, Fabiane Santana
Second member of the Committee: Bezerra Neto, Luiz
Summary: A presente dissertação objetiva problematizar as estratégias, propostas e projetos educacionais formulados e desenvolvidos pelo empresariado mineiro associado à FIEMG no nacional desenvolvimentismo, mediante a emergente necessidade da educação para a indústria, ou capacitação de força de trabalho. Logo, num contexto de intensa transformação econômica e de consolidação capitalismo tardio e dependente no Brasil, por meio de um projeto de modernização conservadora, o empresariado industrial mineiro começou a adquirir destaque perante as demais classes produtoras do Estado. Para isso, tornou-se necessário problematizar as relações entre a economia, o Estado e a educação por meio de um movimento e de possíveis articulações entre os marcos e acontecimentos históricos regionais, nacionais e mundiais essenciais para o entendimento dos objetivos da pesquisa em sua totalidade. Foi possível depreender que tantos as economias brasileira e mineira, quanto a articulação dos empresários e a própria fundação da FIEMG estiveram em consonância como o movimento de expansão do capitalismo vigente desde 1930. Movimento este que acompanhado de um discurso futurista baseado na industrialização que viera na contramão da percepção do estado de Minas Gerais enquanto essencialmente agrícola. Até que, no auge do processo de industrialização no Brasil, principalmente na década de 1950 período marcante para o país de modo suscitar diversas mudanças cujos desdobramentos se fazem presentes, embora com novas configurações, até os dias atuais, a FIEMG e seus respectivos órgãos e instituições promotoras do ensino industrial também atingiram o ápice de sua atuação. Tais reflexões estão fundamentadas nas fontes primárias disponibilizados para pesquisa no Centro de Memória da FIEMG, que por seu turno, viabilizaram a identificação dos diferentes projetos educacionais voltados para os trabalhadores pertencentes à estrutura industrial mineira, apresentando uma educação de cunho fordista e taylorista, tanto para as massas, quanto para as elites, mas ambas voltadas para o favorecimento do processo de industrialização e para a implantação do capitalismo tardio e excludente em Minas Gerais e no Brasil.
Abstract: This thesis aims to question the strategies, proposals and educational projects formulated and implemented by businessmen associated with mining FIEMG in national development through the emerging need of education for industry, or training of the workforce. So, in a context of intense economic transformation and consolidation of late capitalism and dependent in Brazil, through a project to modernise conservative, the entrepreneurial mining industry began to acquire prominence to the other classes of producing state. To do this it was necessary to question the relationship between the economy, the state and education through a dialectical movement between landmarks and historical events regional, national and global essential to the understanding of the goals of the search in its entirety. It was apparent that many economies in Brazilian mining, as the articulation of entrepreneurs and the very foundation of FIEMG were in line as the movement of expansion of capitalism in force since 1930. Movement that this together with a futuristic speech based on the industrialization that viera in oposition the perception of the state of Minas Gerais while essentially agricultural. Until, at the height of the process of industrialization in Brazil, mainly in the 1950 - marked period for the country so many changes raise whose developments are present, but with new settings, until the present day, FIEMG and their bodies and institutions promoting the education industry also reached the apex of their actions. Such thoughts are grounded in primary sources available for research at the Centre of Memory of FIEMG, which in turn, allowed the identification of the various educational projects aimed to workers belonging to the industrial structure mining, presenting an education, embossing fordist and taylorist for both the masses, and for the elites, but both directed to the favoring of the process of industrialization and for the deployment of late capitalism and exclusionary in Minas Gerais in Brazil.
Keywords: FIEMG
Ensino industrial
Nacional desenvolvimentismo
Formação humana
Industrial education
National development
Training human
Ensino profissional - Minas Gerais - História
Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: SANTOS, Jane Maria dos. Educação para a indústria: a FIEMG, a formação humana e o nacional desenvolvimentismo (1951 1961). 2008. 231 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13720
Date of defense: 6-Mar-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jane.pdf9.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.