Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13672
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A gênese, a constituição e a implementação da Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia 1954 a 1978
metadata.dc.creator: Alves, Aluísio José
metadata.dc.contributor.advisor1: Inácio Filho, Geraldo
metadata.dc.contributor.referee1: Guimarães, Selva
metadata.dc.contributor.referee2: Rodrigues, Elaine
metadata.dc.contributor.referee3: Afonso, José Antônio Martin Moreno
metadata.dc.contributor.referee4: Gatti, Giseli Cristina do Vale
metadata.dc.description.resumo: Esta tese tem por objetivo principal a identificação da gênese, da constituição e da implementação da Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia (EMECIU). Faz parte das atividades de pesquisa do Núcleo de História e Historiografia da Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Inscreve-se no âmbito da História das instituições educacionais. O método de investigação inclui pesquisa bibliográfica, documental e uso de depoimentos orais de pessoas que vivenciaram partes da história abordada. O recorte temporal, de 1954 a 1978, refere-se aos primeiros indícios encontrados na arqueologia documental que sugere a apresentação pública da ideia da criação de uma escola de medicina no município de Uberlândia até o término do chamado processo de federalização, concluído em 1978, daquela instituição que funcionava como escola particular para formação de médicos. A fundamentação teórica aproxima-se do conceito de representações coletivas, trazido por Roger Chartier o qual foi distendido pelo autor desta tese em duas novas apreensões: tática discursiva projetiva e tática discursiva conciliadora. O resultado desta pesquisa destaca que havia um projeto das classes mandatárias para a cidade de Uberlândia, uma determinação para a ampliação de todos os campos possíveis para engendrar e apoiar o crescimento da indústria, do comércio, da educação superior, enfim, de todos os segmentos produtivos da sociedade local. Mirando nessa mesma perspectiva a aproximação recíproca entre os médicos empenhados em criar a Escola de Medicina e os líderes políticos que passaram a repercutir as representações coletivas dos médicos são, efetivamente, indícios de um projeto maior engendrado pelas forças políticas uberlandenses com o objetivo de construção de uma cidade modernizada e produtivamente vigorosa para sair do desconhecimento e anonimato para o restante do país. A gênese da Escola de Medicina de Uberlândia estava fortemente ligada ao projeto de cidade que estava em curso por ocasião das cruzadas em favor da criação da Universidade de Uberlândia, sendo a instituição universitária uma das mais valiosas representações para a sociedade local. A Escola de Medicina, aparentemente, veio também nessa mesma esteira.
Abstract: This work\'s main aim is to identify the School of Medicine and Surgery\'s (EMECIU) origin, formation and implementation. It represents a part of the works in survey of the Federal University of Uberlândia\'s History and Historiography of Education. It takes part in the field of History of educational institutions. The investigation method includes bibliographical research, documentary research, and uses the oral evidence of people who experienced parts of these particular moment in History. According to documental archeology, the period from 1954 to 1978 presents the first signs that suggest the public presentation of the creation of a Medical School in Uberlândia until the end of the federalization process of that institution in 1978, which used to work as a Private Medical School. The theorectical fundamentation approaches to the concept of collective representations given by Roger Chartier which was expanded by the author of this work into two new perceptions: projective discursive tactics and conciliatory discursive tactics. The survey\'s result highlights that there was a project of predominant classes for Uberlândia, which determined the ampliation of as many fields as possible in order to dream up and support the industry growth as well as business and higher education growth, and also the development of all the productive segments of the local society. Aiming at the same perspective, the reciprocal approximation between doctors who strived to start the Medical School and the political leaders who started to reverberate the collective representations of the doctors are, in fact, signs of a bigger project dreamed up by Uberlândia\'s political forces with the aim of building a modernized and productivally vigorous city so it could leave its anonymous position in the country. The beginning of Uberlândia\'s Medical School was strongly connected to the current city project during the riots pro the foundation of the University of Uberlândia, considerating the higher education institution as one of the most valuable representations for the local society. Apparentely, the Medical School also came because of the same reasons.
Keywords: História da educação
História das instituições educacionais
História da educação médica
Uberlândia
History of education
History of educational institutions
History of medical education
Educação médica - Uberlândia
Medicina - História - Uberlândia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: ALVES, Aluísio José. A gênese, a constituição e a implementação da Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia 1954 a 1978. 2013. 136 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13672
Issue Date: 30-Aug-2013
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeneseConstituicaoImplementacao.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.